Tag Archives: Beto Richa

Governo Beto Richa extermina CPI da Corrupção que o investigaria

24 mar

10348389_10203026442495508_7543195796337254038_n

A bancada de deputados estaduais que apoiam o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), enterrou a tentativa da oposição de abrir uma CPI para investigar o esquema de corrupção que envolve auditores da Delegacia da Receita Estadual de Londrina.

Os espertos e subservientes deputados que apoiam Richa entraram com pedido de CPI de cinco temas de menor importância, para travar a CPI da Corrupção.

O deputado Felipe Francischini (Solidariedade), filho do secretário de segurança de Richa, Fernando Francischini (delegado federal e deputado federal licenciado) pediu para criar CPI da explosão dos caixas eletrônicos. Um perfeito pateta.

Fernando Scanavaca (PDT) pediu CPI para ocupação funciária de Pontal do Paraná, a cantora gospel Mara Lima (PSDB) pediu duas CPIs, a de maus tratos contra os animais e as mulheres, e Ricardo Arruda (PSC, partido de Ratinho Junior), que investigar a cobrança ilegal de taxas de corretagem na construção civil.

O líder do governo Richa, Luiz Claudio Romanelli (PMDB), foi enfático contra a investigação da corrupção: “não aprovaremos a instalação dessa CPI, que tem fins políticos”.

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB, mesmo partido de Richa), entende que as cinco CPIs inúteis não foram uma manobra para barrar as investigações de corrupção no governo: “eu acho que não. São todos temas bem atinentes a questões da sociedade”.

Apenas os seis deputados da oposição Tadeu Veneri, Professor Lemos e Péricles de Mello, do PT, e Requião Filho, Anibelli Neto e Nereu Moura, do PMDB, mais Marcio Pacheco (PPL) e Tercílio Turini (PPS) assinaram pela criação da CPI da Corrupção na Receita.

No Paraná o mar de lama da corrupção é jogado para debaixo do tapete.

Primo preso tem ligações financeiras com o governador Beto Richa

23 mar

organograma_abi_richa

A empresa ligada a Luiz Abi Antoun, primo do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), preso há uma semana, doou R$ 100 mil a Richa na campanha pela reeleição em 2014. O primo de Richa é acusado pelo Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de liderar uma quadrilha dentro do governo do estado.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral do Paraná o dinheiro doado a Richa saiu da Alumpar Alumínios, de Londrina, empresa pertence à GV Alumínios e à KLM Brasil. A KLM Brasil, de Cambé, tem como sócios os dois filhos de Luiz Abi: Kouthar e Nemer Abi Antoun, sendo que Nemer é representado pela mãe, Eloiza Fernandes Pinheiro Abi Antoun. Luiz Abi era sócio da empresa quando ela foi criada em 1990, e deixou de sê-lo em 2012.

Luiz Abi em 2008 já havia doado R$ 2 mil a Richa na disputa pela Prefeitura de Curitiba. Alem disso, Abi foi nomeado para o gabinete de Richa em 1.º de fevereiro de 2001, quando Richa era vice-prefeito de Cassio Taniguchi (DEM).

Informações do Blog do Esmael e da Gazeta do Povo.

Beto UnderWood e o Castelo de Cartas

21 mar

house

Acabei de assistir a série completa “House of Cards”,  que conta a história do político Frank Underwood (Kevin Spacey). São 39 episódios em três temporadas (2013-2015) disponíveis no Netflix que mostram um político neoliberal, corrupto, assassino, mentiroso e manipulador, que não se dava bem com o pai e depois de dar o “golpe do baú”, se transforma em deputado, vice-presidente e presidente dos Estados Unidos da América. Com muito financiamento empresarial de campanha, relação de amor (troca de favores) e ódio (censura) com a mídia, traições conjugais e benesses para investidores privados. Mesmo pertencente ao Partido Democrata, tem uma atuação e ideologia mais parecida com a do Partido Republicano.

Tudo muito parecido com o que acontece no estado do Paraná, atualmente, com o governo Beto Richa (PSDB). Não estou chamando o governador de homicida, claro, mas as relações pouco transparentes com empresas privadas e várias outras similitudes com a série estadunidense fazem com que lembremos, em vários momentos, do governo estadual paranaense.

Preso primo de Beto Richa suspeito de corrupção no governo do Paraná

16 mar

images|cms-image-000423570

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco, órgão que se destina a investigação e combate ao crime organizado e controle externo da atividade policial, promovendo as ações penais pertinentes, composto por membros do Ministério Público do Estado do Paraná, Polícia Civil e Polícia Militar (Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado do Paraná) e Secretaria de Fazenda, prendeu hoje (16), em Curitiba, no Hotel Mabu, o primo do governador Beto Richa (PSDB), o empresário Luiz Abi.

Abi, ainda mais milionário do que a família Vieira Richa, é acusado de extorsão e formação de quadrilha, motivada por suposta fraude no Departamento de Transporte Oficial – DETO.

O Gaeco investiga um esquema que causou prejuízo de até R$ 500 milhões à Receita Estadual do Paraná. Há suspeita de conluio com empresários no pagamento de impostos, o que foi descoberto a partir de investigação sobre pedofilia, que mistura sexo e extorsão, e que envolve outros funcionários do fisco estadual.

Abi é o todo poderoso no governo Richa, é o homem do dinheiro, que aparece pouco mas tem muito poder no governo estadual, mesmo não fazendo parte formalmente dele.

Richa diz que Paraná está em situação sólida e que paranaenses precisam se sacrificar

16 mar

Captura de Tela 2015-03-10 às 22.53.03

Em texto escrito por seu assessor, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), diz hoje em artigo na Folha de S. Paulo que o Estado está em situação “sólida”, que “todos precisam dar a sua cota de sacrifício – inclusive os servidores públicos”, e que o que o Paraná precisa agora é de “trabalho e serenidade”.

A verdade: o Paraná está quebrado e não consegue nem pagar o terço das férias de dezembro de 2014, ele tem fama de trabalhar pouco e fazer academia e bronzeamento artificial durante a tarde, aumentou o número de comissionados nas empresas estatais, tem a remuneração mais alta entre os governadores do país e tem como secretário um indivídio que está sendo processado na Justiça por corrupção e é réu confesso ao ter devolvido dinheiro público depois de denunciado o esquema.

Milhares de manifestantes rumaram para o Palácio Iguaçu contra Beto Richa (PSDB)

15 mar
Captura de Tela 2015-03-15 às 18.18.39

Imagem já do final do protesto contra o tucano Richa

Após o ato no centro de Curitiba, milhares de manifestantes descumpriram as ordens dos organizadores conservadores e rumaram para o Palácio Iguaçu contra o governador neoliberal de Beto Richa (PSDB), que quebrou o Paraná. A manifestação teve cobertura ao vivo no Blog do Esmael Morais.

GetAttachment-1

Foto de Rodolfo May/RPC

Foto de Rodolfo May/RPC

Motociclistas de Harley Davidson fazem ato golpista contra Dilma em Curitiba

15 mar

10428487_882847995106836_484703976841058442_n

O governador do Paraná e piloto de Harley Davidson, Beto Richa (PSDB), chamou os paranaenses para o ato golpista de hoje em Curitiba.

E seus amigos motociclistas atenderem o chamado. Empresários ricos com suas motos luxuosas que custam mais de R$ 50 mil estão nas ruas de Curitiba, pedindo o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff (PT).

Blogueiro Fábio Campana que ataca Dilma e defende Richa é suspeito de corrupção

12 mar
beto-richa-fabio-campana-ordem-estadual-do-pinheiro-palacio-iguaçu-politica

Fabio Campana (ao centro) ganhou a Ordem do Pinheiro do governador Beto Richa (PSDB)

Atualizado em 13.03.2015, 11h

O blogueiro, editor da Revista Ideias, diretor da Travessa dos Editores, ex-jornalista da Gazeta do Povo e ex-secretário de comunicação do estado, Fábio Campana, é suspeito de corrupção na Assembleia Legislativa do Paraná.

O Ministério Público do Estado do Paraná apresentou denúncia contra Fábio Campana, o deputado estadual e ex-1º Secretário da AL-PR, Alexandre Curi (PMDB), Abib Miguel e servidores da Assembleia Legislativa do Paraná. A suspeita é que a empresa de Campana venceu entre 2005 e 2009 licitações fraudulentas da Assembleia, para escrever matérias que apenas enalteciam os deputados estaduais, sem trazer informações relevantes para a população. Campana era servidor da Assembleia, o que é ilegal. E havia pouca concorrência nas licitações, inclusive com propostas em licitações na modalidade Convite entregues no mesmo dia e escritas em máquina de escrever. Por que não fizeram licitações na modalidade pregão ou tomada de preços? Todos sabem que Convite é a modalidade mais passível de desvios. Isso tudo, se verdadeiro, configura-se como improbidade administrativa.

Campana é famoso no Paraná por fazer ataques contra a presidenta Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o senador Roberto Requião (PMDB) e o Partido dos Trabalhadores, e elogiar Beto Richa (PSDB), Luciano Ducci (PSB), Ratinho Junior (PSC) e membros do DEM, PP e PSDB.

Até contra o autor do Blog do Tarso, o advogado e professor Tarso Cabral Violin, Campana já divulgou notícias inverídicas, sem nunca conceder o contraditório.

Campana foi agraciado em dezembro de 2014 com a Ordem do Pinheiro pelo governador Richa, honraria máximo do Estado do Paraná concedida aos cidadãos paranaenses e brasileiros que se destacaram em suas áreas.

Campana não faz parte da Associação dos Blogueiros e Ativistas Digitasis do Paraná – ParanáBlogs.

Campana nunca me deu direito de resposta em seu Blog, mas o Blog do Tarso divulga a sua resposta à acusação de corrupção e improbidade administrativa, clique aqui.

Estudantes fazem manifestação contra Beto Richa em Curitiba

12 mar
11036371_10202945915482383_4071014946452080040_n

Estudante com a máscara do governador Beto Richa (PSDB). Foto de Tarso Cabral Violin / Blog do Tarso

 

Estudantes universitários fizeram manifestação hoje contra o governador Beto Richa (PSDB), que segundo eles está precarizando as universidades públicas do Paraná.

A greve das universidades estaduais segue firme no estado.

Professores desmentem Beto Richa

11 mar

A APP-Sindicato dos Professores e Educadores Públicos do Paraná desmente o governador Beto Richa (PSDB), que se utiliza da velha mídia do estado para atacar os professores.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 14.034 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: