2% dos curitibanos saíram às ruas hoje pelo golpe contra Dilma

10982427_663874227049860_4109141719116026998_n 11053364_663874143716535_9929510028423209_n Manifestação contra Dilma no Centro de Curitiba - Aniele Nascimento (1)-U10400388498R0H-U10722107472FdF-1024x576@GP-Web-Capa 10930122_10154006807914572_3083049485541535494_n 10646733_752121541574651_3837368664158580028_n 1601216_10154006738574572_9195152231829224907_n

Atualizado às 23h30

A cidade de Curitiba, capital do Estado do Paraná, e a sua região metropolitana, atualmente tem população de aproximadamente 3.500.000 habitantes.

Hoje (15) saíram às ruas no máximo 80 mil moradores de Curitiba e região metropolitana.

Ou seja, apenas pouco mais de 2% dos curitibanos e moradores da RM saíram às ruas hoje pelo golpe ou Impeachment inconstitucional contra a presidenta Dilma Rousseff (PT).

98% dos curitibanos e moradores da RM, ou seja, mais de 3,4 milhões de pessoas na região aproveitaram o domingo depois de uma semana de trabalho em suas casas e parques.

E o mais claro foi o caráter elitista dos presentes na manifestação entre a praça Santos Andrade e a Boca Maldita. na maioria uma elite financeira branca, de milionários, ricos e da classe-média-alta. O maior movimento foi dos bairros Ecoville, Champagnat, Batel e Jardim Social para o centro, em carros de luxo de mais de R$ 200 mil e motos esportivas e da marca Harley Davidson.

Há denúncias de que os empresários mais milionários da cidade patrocinaram o ato golpista, com dinheiro para carros de som durante a semana para divulgação do ato e para o próprio ato, panfletos caríssimos de alta qualidade e outdoors por toda a cidade, camisetas em séria com palavras golpistas contra a presidenta e ofensivas contra Lula, inclusive fazendo alusão à deficiência do ex-presidente.

Anúncios

Ministério Público quer o fim de dinheiro público para a Marcha para Jesus

marcha22-470x313

Beto Richa adora se aproveitar de eventos religiosos que gastam milhares de reais de dinheiro público

 

O Ministério Público do Paraná, por meio do competente  promotor Paulo Ovídio dos Santos Lima, recomendou que o município de Curitiba pare de repassar dinheiro público de católicos, evangélicos, ateus, judeus, islâmicos, religiosos afro-brasileiros do Candamblé e Umbanda, etc., para o evento anual Marcha para Jesus.

De forma acertada, o Ministério Público entende que a Constituição de 1988 determina que o Brasil é um Estado laico, e que seria vedado o repasse de recursos públicos para qualquer evento religioso.

O Ministério Público foi provocado por oito associações civis ou movimentos que denunciaram o repasse de verbas públicas para o proselitismo religioso, como a Marcha da Maconha, o Partido Pirata, a Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos, entre outros representantes da sociedade civil organizada.

Em 2013 o evento recebeu R$ 115 mil por meio de emendas dos vereadores da bancada evangélica ao orçamento municipal.

Misturar religião com política e dinheiro público é um absurdo. O Blog do Tarso defende a liberdade religiosa, mas sem benefícios públicos.

PT de Curitiba reafirma apoio à gestão do prefeito Gustavo Fruet (PDT)

executivaPT1911

Veja a Resolução do Partido dos Trabalhadores (PT) de Curitiba aprovada na reunião da executiva de ontem (19).

Resolução Política do Partido dos Trabalhadores – PT Curitiba

Findo o processo eleitoral, no qual a vitória da Presidenta Dilma, ainda que com dificuldades impostas pelos adversários apoiados pela direita e por grupos conservadores capitaneados pela mídia, pelo grande capital e seus aliados internacionais, significou a vitória do povo brasileiro.

O Partido dos Trabalhadores inicia seu debate de avaliação sobre as eleições de 2014 e o novo quadro político que emergiu no Brasil e em Curitiba.

Os resultados que obtivemos das eleições majoritárias e proporcionais no Brasil, no Paraná e em especial em nossa cidade, nos transmitiram um recado claro das urnas importantes para construirmos uma estratégia e uma nova forma de organização, sobretudo da necessidade de retomada do diálogo com os movimentos sociais e as forças vivas da sociedade que ajudaram a construir um governo democrático e popular.

O objetivo da direção partidária converge para a necessidade de se assegurar um processo de discussão democrático, aberto, plural e militante.

A Comissão Executiva referendada pelo Diretório Municipal, tem a responsabilidade diante do quadro que se apresenta, de convidar todas as instâncias partidárias (setoriais, direções zonais, bancada parlamentar); as tendências organizadas, as correntes de opinião, simpatizantes e a militância em geral para se engajar nesse processo de reflexão; de organização e de ação do Partido dos Trabalhadores de Curitiba no próximo período.

Neste sentido, comprometidos que somos com a gestão Gustavo Fruet, da qual o PT é parte importante na aliança política e programática, assegurada nas propostas que integram o Programa de Governo da gestão municipal, que ajudamos a construir e que apontou, entre vários objetivos estratégicos, importantes ações de colocar Curitiba nos trilhos da dignidade social, do crescimento econômico e da responsabilidade ambiental.

Assegurar a população acesso às políticas públicas e serviços, garantindo qualidade de vida e inclusão social nas áreas de educação, saúde, segurança, habitação, assistência social, cultura, esporte e lazer, mobilidade urbana entre outras áreas, alinhadas às políticas do governo federal, é principio da qual não abrimos mão.

O PT sempre defendeu um modelo de gestão que possa incorporar a participação popular e o controle social como ferramentas na definição, concepção e implementação das políticas públicas. Assim como na definição da aplicação, controle e fiscalização da gestão e dos recursos públicos. Nesse sentido reconhecemos o esforço da atual administração municipal na aplicação destas ferramentas através de várias secretarias, sobretudo pelas áreas em que a gestão se faz pelos companheiros e companheiras do PT.

Entendendo que nossa tarefa reside na defesa da sociedade, na fiscalização do Executivo e na proposição de políticas públicas. O Partido dos Trabalhadores, por meio de sua direção, se coloca como parceiro do Prefeito num diálogo que nos permita subsidiar nossa militância, dirigentes e diversos setores da sociedade sobre a atuação da atual gestão, tal como levar aos administradores as demandas populares.

Tendo em vista as considerações acima, a Comissão Executiva do PT de Curitiba reunida nesta data, decide que:

  1. O PT continuará defendendo e apoiando as realizações positivas apresentadas pela administração municipal;

  2. O PT continuará sendo oposição ao governo estadual reeleito, fiscalizando e cobrando os compromissos de campanha principalmente aqueles que tem reflexo direto na vida da população de Curitiba;

  3. O PT se engajará firmemente na mobilização social para apoiar as iniciativas da Presidenta Dilma e da direção nacional do Partido para a realização de uma profunda reforma política, bem como a democratização da mídia.

  4. O PT dialogará com os movimentos sociais, com a sociedade curitibana e com as forças políticas progressistas sobre os projetos que forem benéficos para a nossa população.

  5. A Comissão Executiva Municipal mobilizará o PT Curitiba para um processo de balanço político sobre o resultado eleitoral e de elaboração de ações para os próximos anos através do planejamento estratégico.

  6. Criar setoriais de cultura, entre outros, que se constituam em proposta de organizar o conjunto do partido

  7. Criar fóruns permanentes de discussão nas zonais do partido afim de possibilitar o conhecimento e acompanhamentos das ações que vem sendo executadas pelas secretarias e órgãos da prefeitura, sobretudo aqueles administrados pelos companheiros do partido.

Curitiba 19 de novembro de 2013

Comissão Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores.

 

Curitiba tem dois cursos de especialização em Direito Administrativo

Anúncio Bacellar 2012 27,5x8cm.ai

A capital do Paraná conta com dois cursos de pós-graduação lato sensu em Direito Administrativo, no Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar e na Universidade Positivo.

No Instituto Bacellar o curso tem tópicos especiais em Direito Municipal e terá início em 09 de março de 2015, com aulas nas segundas e quartas-feiras à noite. A coordenação-geral é da Professora Regina Maria Macedo Nery Ferrari, a coordenação executiva de Daniel Wunder Hachem e a coordenação metodológica de Andrea Roloff Lopes. O autor do Blog do Tarso, o advogado e professor de Direito Administrativo Tarso Cabral Violin, em alguns anos profere palestras ou aulas no curso, sobre Terceiro Setor e as Parcerias com a Administração Pública, Improbidade Administrativa e Serviços Públicos.

Na UP, no Campus Ecoville, o curso é de Direito Administrativo e Administração Pública e é voltado para operadores do Direito mas também administradores e servidores públicos, nas segundas e quartas-feiras à noite. O coordenador é o Prof. Dr. Fernando Borges Mânica. Nesse curso Tarso Cabral Violin leciona sobre o Terceiro Setor e as Parcerias com a Administração Pública e algumas vezes sobre agentes públicos.

Os dios cursos contam com grandes juristas do Direito Público do Paraná e do Brasil.

Amanhã (sexta) Dilma em Curitiba ao meio-dia

caminhada_com_dilma_em_curitiba

A presidenta Dilma Rousseff (PT) estará amanhã (17, sexta-feira) em Curitiba, às 12h, em caminhada pela Rua XV com concentração na Praça Santos Andrade, na frente do Prédio Histórico da UFPR, com a presença dos senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT).

Dilma sexta-feira em Curitiba

dilma_no_parana2

A presidenta Dilma Rousseff (PT) visitará o Paraná em atividade de campanha marcada para esta sexta-feira (17) em Curitiba. Será uma caminhada pelo calçadão da Rua XV de Novembro, no Centro da cidade.

A concentração está marcada para as 11 horas da manhã, na Praça Santos Andrade, em frente ao Prédio Histórico da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Confirme presença, convide os amigos, compartilhe o evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/1497651120504438/

Requião já vence Beto Richa no 2º turno em Curitiba e Região Metropolitana

requiao_gleisi

Requião e Gleisi votam em Dilma no Paraná

A última pesquisa Datafolha aponta queda na diferença entre Beto Richa (PSDB) e Roberto Requião (PMDB) de 20 para 15 pontos no segundo turno. Beto tinha 53% e caiu para 51% e Requião tinha 33% e subiu para 36%.

Mas uma das informações mais importantes da pesquisa é que em Curitiba e em sua região metropolitana Requião já está ganhando de Beto também no 2º turno. Requião subiu muito de 35% para 43% e Beto caiu de 44% para 42%.

A tendência é que a rejeição a Beto de Curitiba e RMC, que o conhece muito bem, e sabe o quanto ruim ele é, se espalhe por todo o estado até o dia das eleições.

Hoje Requião é o favorito para ser o próximo governador do Paraná.

Veja a pesquisa completa clicando aqui.

Copa do Mundo vai aumentar em 35% o turismo em Curitiba nos próximos anos

Captura de Tela 2014-07-14 às 17.43.28

Arena da Baixada durante a Copa do Mundo

A Copa do Mundo Fifa do Brasil 2014, considerada a melhor Copa de todos os tempos, a Copa das Copas, em matéria de organização, infra-estrutura, jogos e festas, em Curitiba deve aumentar em 35% o número de turistas estrangeiros nos próximos quatro anos, segundo o Instituto Municipal de Turismo.

Curitiba agora ficou ainda mais conhecida internacionalmente, tem um estádio de primeiro mundo, melhorou muito sua infraestrutura no Aeroporto e no caminho do Aeroporto até Curitiba, e na região central de Curitiba, graças aos governos federal e municipal. Infelizmente o governo estadual não realizou nenhuma obra para a Copa.

Curitiba também ficou famosa por sua organização dentro e fora do estádio.

Parabéns a todos os envolvidos no sucesso do maior evento do Planeta Terra.

Lula brilhou em evento de apoio às candidatas Dilma e Gleisi

10435940_10201592667812037_4152668596220567971_n

Teatro Positivo totalmente lotado com mais de 3 mil militantes e simpatizantes vendo a fala de Dilma. Fotos de Tarso Cabral Violin

10502058_10201592888617557_18619698523126613_n

Crianças com Dilma. Foto de Tarso Cabral Violin

10464310_10201592923138420_1864997591543141592_n

Gleisi falou no Teatro Positivo. Foto de Tarso Cabral Violin

10500468_10201592757094269_4608175839483495966_n

10414902_10201592985059968_9050744877271845709_n

Lula foi o mais animado. Foto de Tarso Cabral Violin

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Partido dos Trabalhadores), considerado o melhor presidente do Brasil de todos os tempos, esteve ontem (03) em Curitiba para apoiar a reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT), a eleição de Gleisi Hoffmann (PT) para governadora do Paraná (vice Haroldo Ferreira do PDT) e Ricardo Gomyde (PCdoB) para o Senado Federal.

O evento foi no Teatro Positivo, dentro da Universidade Positivo, e contou com mais de 3 mil militantes e simpatizantes do PT e dos partidos de apoio à Gleisi, o PDT, o PCdoB, o PTN e o PRB.

Dilma fez agradeceu pela eficiência de Gleisi enquanto foi sua Ministra-Chefe da Casa Civil; disse que nunca deixou de repassar as verbas do Paraná e informou sobre todos os recursos públicos que repassou ao estado, desmentindo o governador Beto Richa (PSDB).

A presidenta informou, por exemplo, que o estado recebe muito dinheiro do Bolsa Família e muitos médicos do programa Mais Médicos.

O governo federal investiu muito no Paraná desde 2003, como os R$ 47 bilhões dos PACs 1 e 2: “O Paraná nunca foi discriminado pelo governo federal. Para mim, os interesses do povo estão acima das questões partidárias”.

Falou sobre os avanços na educação, que os adversários andam espalhando mentiras, e propôs que os apoiadores de sua candidatura falem a verdade.

Criticou o governo FHC (PSDB, de 1995-2002), informando que os tucanos no governo federal produziram recessão, desemprego, redução da renda dos trabalhadores, dilapidação do patrimônio com a venda de patrimônio público com preço baixo. Disse que os tucanos não são maus, mas se submeteram ao ideário anti-popular do FMI.

Falou que governar exige coragem, e que o seu governo tem um lado, o lado do povo brasileiro, dos 36 milhões que foram resgatados da extrema pobreza, por causa do bolsa família e do programa Brasil sem miséria; dos 42 milhões de brasileiros que acenderam para a classe média, com a valorização do salário mínimo, aumento de carteira assinada e aumento real de renda, o que se criou um mercado interno no Brasil.

Informou que o Pronatec foi criado para os jovens conseguirem um bom emprego; que os microempreendedores, junto com os pequenos empresários, se beneficiaram do Simples; para o sonho da casa própria seu governo e de Lula contrataram 3, 75 bilhões casas.

Disse que o seu lado é o lado de 50 milhões de brasileiros que passaram a ter atendimento de saúde com regularidade.

Governou sem ódio, sem discriminação, sem ressentimento, e que governar é fazer escolhas, com uma transformação pacífica. Para ela o Brasil mudou, e vai continuar mudando para melhor: “a partir das bases que criamos com crescimento e distribuição de renda, faremos mais mudança; e mudar fazendo o povo ser protagonista”.

Para Dilma o fim da miséria é só o começo e falou que a Petrobras chegou a produzir nesta semana em torno de 500 mil barris diários extraídos do pré-sal.

Tratou do sucesso da “Copa das Copas”, defendeu a reforma política e informou que “nunca fomos engavetadores de processo, não deixamos nada para baixo do tapete, criamos a Lei de Acesso à Informação, Portal da Transparência, independência da Polícia Federal, Comissão da Verdade, e sempre combatemos a corrupção”.

Falou bonito a la Lula:

“O filho do pedreiro pode ser doutor,

A empregada doméstica tem todos os direitos trabalhistas,

A costureira pode viajar de avião,

Uma faxineira pode ter casa própria!”

Defendeu a implementação das cotas, da proteção à mulher vítima da violência, e que o Brasil não tem lugar para a volta ao passado, o país deve ser forte e otimista. Em tempos de Copa e torcida verde amarela ela desejou sorte no jogo decisivo de hoje entre Brasil e Colômbia.

Disse que aqueles que têm complexo de vira-latas no Brasil foram silenciados com o sucesso da Copa.

Disse que vai sempre fazer um esforço para a verdade: “Vamos debater, vamos confrontar projetos, discutir sem ódio e com muita argumentação, quem tem a força do povo ao seu lado não teme nada e a ninguém”.

Para ela aqui no Paraná há a melhor candidatura possível, tanto no governo, senado e vice.

“Quando dizemos a verdade ninguém nos segura, vamos combater o pessimismo”.

Antes de encerrar pediu um minuto de silêncio por todos aqueles que foram feridos e perderam a vida com a queda de um viaduto em Belo Horizonte.

Depois foi a vez de Gleisi falar, que disse que não quer o passado, não quer um governo que mergulhou o Paraná no caos.

Lula disse que “Se em 2002 tivemos que vencer a esperança, hoje devemos vencer o ódio”, que quem precisa de Estado não é o rico e sim o pobre, e que o Choque de Gestão significa desemprego e diminuição de salário. Disse que os tucanos falam que vão fazer mas não fizeram quando estavam no poder, que o Fies levou milhões de estudantes para a universidade e que “nesse país ninguém vai deixar de estudar porque não nasceu em berço de ouro”, e “mais do que ganhar a eleição, vocês devem trabalhar para politizar a sociedade”.

Veja o vídeo de quando Lula falou sobre corrupção, clique aqui.

Secretaria Municipal do Abastecimento de Curitiba quer terceirizar Armazéns da Família

armazeminterna2911

Do Sismuc

Proposta de terceirização nos armazéns vai na contramão da melhoria do atendimento

A Secretaria Municipal do Abastecimento (Smab) convocou os trabalhadores de Armazéns da Família hoje (segunda, 14), em pleno dia de folga, para apresentação de proposta considerada uma forma aberta de terceirização do atendimento em caixa (PDVs) nos armazéns. Continuar lendo

Veja a decisão do TCE-PR que manda Curitiba diminuir tarifa técnica do transporte coletivo

Captura de Tela 2014-01-31 às 12.22.56

Decisão cautelar do Conselheiro Nestor Baptista do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, que determina a prefeitura de Curitiba e a Urbs diminuírem a tarifa técnica do transporte coletivo da cidade. Clique aqui

 

Salamuni diz que a eleição para Ouvidor de Curitiba será em fevereiro de 2014

1522109_715942748430087_1263084478_n

O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Paulo Salamuni, que está moralizando a Câmara Municipal, informou neste domingo no programa Jogo do Poder Paraná do advogado Luiz Carlos da Rocha que a eleição para Ouvidor de Curitiba será em fevereiro de 2014.

Primeiro será formada uma lista tríplice com a escolha de três vereadores, três secretários municipais e três representantes da sociedade civil organizada, como por exemplo a OAB/PR.

Depois serão os vereadores que escolherão o primeiro ouvidor eleito de Curitiba, que terá mandato de dois anos, prorrogável por mais dois.

Sou candidato e conto cada vez mais com o apoio de professores, advogados, juristas, jornalistas, políticos, estudantes e políticos.

Gleisi é chamada de “governadora” em evento de Lula e Dilma em Curitiba

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.21.45

No evento de ontem em Pinhas, região metropolitana de Curitiba, a presidenta Dilma Rousseff (PT) mostrou o que foi feito de bom nos últimos dez anos. Foto de Tarso Cabral Violin

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.20.36

Duas mil pessoas acompanharam o evento. A imprensa, que foi bastante criticada no evento, estava presente. Foto de Tarso Cabral Violin

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.20.08

Lula disse que a oposição é muito fraca, e quem faz oposição é a velha mídia, que faz papel de Partido Político, ao invés de informar. Foto de Tarso Cabral Violin

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.19.38

Duas mil pessoas fizeram coro para a Ministra Gleisi Hoffmann (PT): “governadora, governadora”. Ela vai concorrer contra o atual governador Beto Richa (PSDB). O outro candidato será o senador Roberto Requião (PMDB). Foto de Tarso Cabral Violin

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.19.03

Lula tem o dom da oratória. Foto de Tarso Cabral Violin

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.17.29

Lula fez até pose para a foto. Foto de Tarso Cabral Violin

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.18.09

Gleisi falou como ministra, mas todos já a tratam como pré-candidata ao governo do Paraná. Foto de Tarso Cabral Violin

Captura de Tela 2013-06-14 às 01.21.09 Captura de Tela 2013-06-14 às 01.18.34

Lula em Curitiba dia 13 de junho

Vitório Sorotiuk, o falecido Pedro Chaves (de chapéu), Lula, Ivo Pugnaloni, Edésio Passos, Jairo Graminho e Manoel Izaías de Santana, também falecido, na caminhada pela Boca Maldita em 1982.

Vitório Sorotiuk, o falecido Pedro Chaves (de chapéu), Lula, Ivo Pugnaloni, Edésio Passos, Jairo Graminho e Manoel Izaías de Santana, também falecido, na caminhada pela Boca Maldita em 1982

Curitiba vai sediar no dia 13 de junho o seminário “O Decênio que Mudou o Brasil”, com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O evento é organizado pelo Partido dos Trabalhadores em parceira com o Instituto Lula e a Fundação Perseu Abramo em comemoração aos 10 anos do Governo Democrático e Popular no Brasil. Além de Lula, o seminário vai contar com a presença dos ministros Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo e Gilberto Carvalho e dos presidentes nacional e estadual do partido, Rui Falcão e Enio Verri.

Também participam dirigentes partidários, parlamentares, prefeitos, vices, vereadores, setoriais do PT, centrais sindicais e representantes de governos e partidos aliados. A cerimônia ocorre no Expotrade Convention Center, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, a partir das 19h30.

A expectativa é que mais de 1,5 mil pessoas participem do evento. De acordo com Verri, o seminário é aberto a todos os petistas do Paraná, além de apoiadores e entusiastas dos avanços sociais e econômicos que o país alcançou nos governos Lula e Dilma. “Será um evento histórico para a política do Paraná”, frisou.

Curitiba, que por alguns dias terá a primeira prefeita e primeira petista no Poder, a vice e secretária Mirian Gonçalves, com a viagem de Gustavo Fruet (PDT) para o Japão, será a quarta cidade a receber o seminário “O Decênio que Mudou o Brasil”, depois de Fortaleza, Belo Horizonte e Porto Alegre. A série de 10 eventos trata de diferentes aspectos da gestão petista na presidência da República, debatendo os avanços desta década e aponta os próximos desafios da reforma estrutural do país. Na capital do Paraná, o evento terá a temática “Ciência e Tecnologia”, quando serão apresentados os avanços do governo petista na área por especialistas da Fundação Perseu Abramo.

Suposta envolvida em esquema na Câmara Municipal de Curitiba consegue cargo de comissão na Administração Pública Municipal

Captura de Tela 2013-05-14 às 23.34.13

Em 2012 a jornalista e blogueira Joice Hasselmann denunciou uma possível existência de um esquema na Câmara Municipal de Curitiba, no qual servidores comissionados supostamente devolviam grande parte das suas remunerações para o gabinete do vereador que os contratava, veja o vídeo:

Uma das supostamente envolvidas era a chefe de gabinete do então vereador Algaci Túlio (PMDB), a senhora Mabel Nunes da Silva.

Eis que no dia 07 de maio de 2013 foi emitido um decreto na Prefeitura de Curitiba nomeando a senhora Mabel para um cargo de comissão da Secretaria do Governo Municipal, para trabalhar na Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Como o Blog do Tarso confia na atual gestão, pretende-se apenas saber se a denúncia da Joice foi investigada na Câmara Municipal, para que não sejam levantadas suspeitas na presente nomeação.

Gustavo Fruet compara a imprensa com as redes sociais em importância

gustavo fruet pdt curitiba

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), em texto publicado hoje na Gazeta do Povo, deu parabéns à Curitiba e disse que “a imprensa e as redes sociais são poderosos canais de cobrança e fiscalização”. O prefeito está correto. O controle social, o controle popular sobre a Administração Pública é essencial, e cada vez mais a blogosfera vem desempenhando um papel importante nessa fiscalização e na democratização das mídias.

Será que o prefeito vai participar do 2º Encontro de Blogueir@s do Paraná?

Nazismo em Curitiba? 2ª parte

tn_600_580_saudacao_nazista_praca_tiradentes_2403treze

Após o post Nazismo em Curitiba?, hoje mais uma foto assustadora na Gazeta do Povo. Integralistas reunidos na Praça Tiradentes fazendo uma saudação no estilo nazista. A foto é do dia 19 de novembro de 1937 (Acervo Cid Destefani).

Curitiba evoluiu bastante nas últimas décadas, e já não é mais tão conservadora, retrógrada e de direita.