2% dos curitibanos saíram às ruas hoje pelo golpe contra Dilma

10982427_663874227049860_4109141719116026998_n 11053364_663874143716535_9929510028423209_n Manifestação contra Dilma no Centro de Curitiba - Aniele Nascimento (1)-U10400388498R0H-U10722107472FdF-1024x576@GP-Web-Capa 10930122_10154006807914572_3083049485541535494_n 10646733_752121541574651_3837368664158580028_n 1601216_10154006738574572_9195152231829224907_n

Atualizado às 23h30

A cidade de Curitiba, capital do Estado do Paraná, e a sua região metropolitana, atualmente tem população de aproximadamente 3.500.000 habitantes.

Hoje (15) saíram às ruas no máximo 80 mil moradores de Curitiba e região metropolitana.

Ou seja, apenas pouco mais de 2% dos curitibanos e moradores da RM saíram às ruas hoje pelo golpe ou Impeachment inconstitucional contra a presidenta Dilma Rousseff (PT).

98% dos curitibanos e moradores da RM, ou seja, mais de 3,4 milhões de pessoas na região aproveitaram o domingo depois de uma semana de trabalho em suas casas e parques.

E o mais claro foi o caráter elitista dos presentes na manifestação entre a praça Santos Andrade e a Boca Maldita. na maioria uma elite financeira branca, de milionários, ricos e da classe-média-alta. O maior movimento foi dos bairros Ecoville, Champagnat, Batel e Jardim Social para o centro, em carros de luxo de mais de R$ 200 mil e motos esportivas e da marca Harley Davidson.

Há denúncias de que os empresários mais milionários da cidade patrocinaram o ato golpista, com dinheiro para carros de som durante a semana para divulgação do ato e para o próprio ato, panfletos caríssimos de alta qualidade e outdoors por toda a cidade, camisetas em séria com palavras golpistas contra a presidenta e ofensivas contra Lula, inclusive fazendo alusão à deficiência do ex-presidente.

Anúncios

8 comentários sobre “2% dos curitibanos saíram às ruas hoje pelo golpe contra Dilma

    • Gabriel!!! nem metade disso saiu na sexta!!! ainda temos que levar em conta que alguns foram contratados para estarem lá sexta feira!!!

      Curtir

      • Hahahahahahahahahahah, coitado do Tiko Kusma!!! No domingo o monte de bosta da classe A, saíram as ruas de graça??? As camisetas amarelas, faixas contra a DILMA, panfletos apocrifos, etc… Quem bancou tudo isso tiko kusma tucano do DEMO???KKKKKKKKKKKKKKKKK, BANDO DE OTARIOS!!Quem é o governador do paraná otarios??? Respondo; É DO PSDB!!! Ñ DO PT!!! CORJA DE MALAS SEM ALÇA!!

        Curtir

  1. Recebi o IPVA do Beto Richa…Como é que pode o carro ficou 1 ano mais velho e o IPVA aumentou 40% de um ano para o outro? LADRÃO…

    Falar em ladroagem, a partir de abril BETO RICHA e O SEU SECRETÁRIO IMPORTADO derrubaram o
    Decreto n. 1.980 de 21.12.2007 do governador Roberto Requião,
    no seu artigo Art. 96 inciso I: diferido o pagamento do imposto nas saídas internas entre contribuintes e nas operações de importação, por contribuinte, de mercadorias, na proporção de:33,33% do valor do imposto, na hipótese da alíquota ser 18..

    ISTO REPRESENTA QUE VÁRIOS PRODUTOS E INSUMOS DESTINADOS A INDÚSTRIA PARANAENSE FICARÃO MAIS CAROS. Isso em época de recessão e diminuição da oferta de emprego significa arder no bolso do paranaense, significa demissão, decréscimo de renda, aumento da miséria, menos feijão e arroz na mesa do trabalhador. O Requião baixou esse decreto porque na época ficava mais atraente para a indústria se abastecer de insumos fora do estado, gerando emprego por lá e fazendo os paranaenses perderam oportunidades.
    É criminoso, pois Beto Richa tira tudo de bom que restava para o povo do Paraná, declara-se literalmente inimigo do povo….

    Curtir

  2. Não sei o que é pior, ler as asneiras que o Tarso posta ou os comentários dos petistas que insistem que a coisa está a mil maravilhas!!!

    Curtir

  3. Prezado Tarso: mesmo se o número fosse ainda menor, creio que a pior estratégia para o governo seria menosprezar o 15/03. O tamanho do protesto, sem dúvida, frustrou a oposição. Mais que isso, as vaias ao Paulinho da FARSA sindical e ao maluco Bolsonaro colocaram por terra a ideia desses oportunistas de fazer dos protestos um grande trampolim. Deixo aqui uma modesta sugestão ao governo Dilma. É hora de mostrar humildade, de dar o devido reconhecimento à mobilização popular de hoje e de – imediatamente – chamar ao diálogo as lideranças que organizaram esses protestos. Se essas lideranças não quiserem o diálogo, ficará muito ruim para eles. Perderão credibilidade perante os que atenderam ao chamamento para os protestos de hoje. Por outro lado, aceitando ou não, para o governo o convite ao diálogo será, de qualquer forma, positivo. Para a rede globo e para os demais interessados no golpismo, o combustível utilizado é a tensão, o fomento à raiva e ao ódio. Se o governo buscar humildemente o diálogo e a construção de alternativas para o que – em tese – incomoda os que protestam, que discurso restará aos golpistas? Que tal o governo apresentar a essas lideranças os projetos para combater a corrupção e para estabelecer o fim do promíscuo financiamento privado de campanhas? Caro Tarso, todo bom estrategista jamais pode esquecer a máxima: “é do veneno que se extrai o antídoto”. É a hora de a postura de mãe da Presidenta Dilma se impor. Nada de menosprezo aos insatisfeitos, nada de enfrentamento. É hora de conversar olho no olho, hora de estender a mão e hora de reconhecer a existência do outro. É hora de ser inteligente, e de deixar os que incitam ao golpe de queixo caído.

    Curtir

  4. E vejam bem a direita fez uma passeata contra o Beto no final que tinha mais gente de direita contra a direita do que a passeata da esquerda.
    kkkkkkkkk fracassados.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s