Alvaro Dias sobre Beto Richa: Paraná vai mal, não tomou posse, incompetência e desonestidade

Há pouco tempo, entre 2011 e 2012, o senador Alvaro Dias (PSDB) disse que o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), faz o Paraná ir mal, que parece que Beto não tomou posse, e que o Paraná não pode ser submetido a incompetência e desonestidade.

Se Alvaro Dias mentiu não pode ser reeleito.

Se Alvaro Dias falou a verdade o Beto Richa não pode ser reeleito.

Captura de Tela 2014-09-23 às 16.38.29

Beto Richa, Álvaro Dias e Aécio Neves possuem militantes falsos no twitter

Por Rennan Martins

Diretamente de Brasília, exclusivo para o Blog do Tarso

Navegando pelo twitter é possível encontrar perfis, falsos e verdadeiros, promovendo as mais diversas causas, defendendo e atacando ideias. No cenário da corrida eleitoral, alguns candidatos contam com a potência de suas propostas e discurso, outros, desprovidos de habilidade, acabam recorrendo a militantes falsos.

Esse é o caso dos candidatos do PSDB, Beto Richa, Álvaro Dias e Aécio Neves. Em uma rápida análise, encontra-se diversos perfis que se mostram falsos, os ditos robôs. Comecemos pelo perfil @lucivalin, com primeira participação datada do dia 1 de setembro.

Untitled1

Reparem que não há imagem de fundo nem descrição de perfil, algo pouco comum em usuários reais que acessam o Twitter com regularidade. Dos perfis que @lucivalin segue, os últimos três são ligados ao tucanato. Analisando o conteúdo dos tweets, só se acha propagandas positivas de Beto Richa, Aécio Neves e Álvaro Dias e ataques a oposicionistas, principalmente os ligados ao PT.

Passemos para outro usuário que constantemente interage com @lucivalin, @catrinalopess, que iniciou as atividades no dia 18 de agosto. Examinemos o print:

Untitled2

Como podem constatar, também não há capa nem descrição, e todo conteúdo divulgado por Catrina Lopes, coincidentemente, promove a imagem dos tucanos. No momento da análise, as últimas 10 participações deste perfil se limitaram a retuitar conteúdo de contas pró Beto Richa, como a @Beto45Digital.

Passemos agora a conta registrada como @Marcelino1559. Segue o print:

Untitled3

Mais uma vez, não há capa nem descrição, e outra vez o perfil iniciou atividades nas proximidades das eleições, mais precisamente no dia 20 de agosto. Os conteúdos divulgados por Cleber Marcelino são todos favoráveis a Beto Richa, Aécio Neves e Álvaro Dias, sendo as últimas dez participações se referindo a Beto ou a Aécio.

É realmente muito intrigante a atividade destes perfis, todos eles parecem obcecados por política, todos tem predileção pelos candidatos do PSDB, todos se registraram na rede há poucos dias do 5 de outubro.

Finalizando, fiquem com prints de alguns dos seguidores de @lucivalin, também muito parecidos com os perfis aqui estudados.

Untitled6 Untitled5 Untitled4

PS: Reparem que a mesma foto é usada nos perfis de @catrinalopess e @1RobertaSonho.

Justiça nega direito de resposta a Álvaro Dias

images|cms-image-000389031

A Justiça Eleitoral negou direito de resposta ao candidato Álvaro Dias (PSDB) no horário eleitoral de Ricardo Gomyde (PC do B), que disputa cadeira no Senado pela Coligação “Paraná Olhando Pra Frente”.

O candidato à reeleição entrou com representação contra propaganda veiculada na TV no dia 05 de setembro, onde ele é criticado por ter se posicionado contra o programa de profissionalização do Governo Federal intitulado “Pronatec”.

Em sua decisão, o juiz auxiliar Guido José Döbeli assinala que não verificou a presença de afirmação inverídica, julgando a representação improcedente. “Pelo exposto, julgo extinta a representação, sem resolução do mérito, no que tange a qualquer forma de irregularidade da propaganda como a utilização de montagem e trucagem e, no que tange ao pedido de direito de resposta, julgo improcedente a presente Representação e indefiro o pedido de direito de resposta, ante não caracterização de afirmação sabidamente inverídica.”

A assessoria jurídica da Coligação “Paraná Olhando Pra Frente” destaca que o candidato Álvaro Dias tanto se posicionou contra o Pronatec que há link específico em seu site intitulado “Adin contra medida provisória” que se refere a MP 548/2011. Além disso, notícias e documentos comprovam a intervenção judicial capitaneada pelo candidato para barrar recursos do Pronatec.

“A propaganda está estritamente dentro do que permite o bom debate político no que tange a críticas a oposição veemente de Álvaro Dias em relação a programas e projetos do Governo Federal”, explica o coordenador jurídico da coligação Paraná Olhando pra Frente, Luiz Fernando Pereira.

Confira a íntegra da decisão: Continuar lendo

Senador Alvaro Dias tem 64%. Você vai deixar ele se reeleger novamente?

alvaro-dias59171

A pesquisa Ibope de hoje mostra Alvaro Dias (PSDB) com 64% das intenções de voto para o Senado no Paraná, Ricardo Gomyde (PCdoB) 4%, Marcelo Almeida (PMDB) 2%, Luiz Barbara (PTC) e Professor Piva (PSOL) têm 1% cada, Adilson Senador da Família (PRTB), Castagna (PSTU) e Mauri Viana (PRP), somaram, juntos, 1%, brancos e nulos 12% e não sabe ou não respondeu 15%.

Datafolha Senado: Alvaro Dias em 1º, Gomyde em 2º, Marcelo Almeida em 3º e Piva em 4º

Senador-Alvaro-Dias-PSDB-PRFoto-Roberto-Stuckert-Filho

Na Pesquisa Datafolha para o Senado divulgada hoje o senador Álvaro Dias (PSDB) tem 57% das intenções de voto, Ricardo Gomyde (PCdoB) 4%, Marcelo Almeida (PMDB) e Professor Piva (PSOL) 3% cada, Mauri Viana (PRP) 2%, Adilson Senador da Família (PRTB) e Luiz Barbara (PTC) 1% cada e Castagna (PSTU) não pontuou. Branco/nulo/nenhum 10% e não sabe 19%.

Pesquisa realizada entre os dias 12 e 14 de agosto, com 1.226 eleitores em 46 municípios do Paraná, com margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%, e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) sob o número 00014/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00358/2014.

O PT errou ao não indicar o deputado Doutor Rosinha como candidato ao senado, mas Gomyde, Almeida ou Piva têm totais condições de vencerem o Alvaro. Quem dos três despontar mais nas pesquisas, provavelmente receberá o voto útil dos paranaenses desgostosos com Dias que está no Senado desde 1983, com pequenas interrupções.

Dias ainda será prejudicado com as péssimas campanhas de Beto Richa e Aécio Neves, que estão em baixa.

Estudantes protestam contra tucanos no Paraná

BessaDSC_2998

Estudantes da Unicentro encaminharam com exclusividade para o Blog do Tarso e para o Blog do Esmael Morais um vídeo que mostra uma manifestação contra o senador Alvaro Dias (PSDB-PR), que falou sobre ética na Universidade:

Em Umuarama o governador Beto Richa (PSDB) foi questionado pelo estudante de agronomia Luan Ferro no campus da UEM:

Os dois tucanos vão ter sérias dificuldades na tentativa de reeleição em outubro. Beto Richa dificilmente ganha dos senadores Roberto Requião (PMDB) ou Gleisi Hoffmann (PT), e Alvaro Dias não ganha de Orlando Pessuti (PMDB) ou qualquer outro candidato do PMDB, PT, PSD, PP ou PDT.

Os dois vídeos estão disponíveis no Youtube do Blog do Esmael.

Tucano Alvaro Dias vai ter dificuldades em se reeleger para senador com irmão Osmar na disputa

 alvaro-dias-e-osmar

Parece que o péssimo governo de Beto Richa (PSDB), as denúncias do mensalão tucano em Minas Gerais e de corrupção nos governos tucanos em São Paulo, e a cada vez menos inviabilizada candidatura de Aécio Neves para presidente vão afetar a eleição para o senado no Paraná.

Osmar Dias (PDT), que será o candidato da presidenta Dilma Rousseff e da pré-candidato ao governo Gleisi Hoffmann (PT) pode vencer o irmão Alvaro Dias (PSDB). Osmar não está na mídia e está perto de Alvaro, que é pavão e está todo dia na TV.

A Paraná Pesquisas/Gazeta do Povo mostra amanhã que o atual senador Alvaro Dias (PSDB) 46%, Osmar Dias (PDT) 33%, André Vargas (PT) 4%, Eduardo Sciarra (PSD) 3% e Sérgio Souza (PMDB) 2%.

Em outra simulação Alvaro tem 45%, Osmar 31%, Orlando Pessuti (PMDB) 4%, Vargas 4% e Sciarra, 3%.

Em outra Alvaro tem 64%, Pessuti 10%, Vargas 6% e Sciarra 4%.

A pergunta que não quer calar: porque na pesquisa não aparecem os nomes do deputado federal Dr. Rosinha (PT) e de Bernardo Pilotto (PSOL)?

Foram entrevistados 1.665 eleitores, entre os dias 12 e 16 de dezembro, em 75 cidades, com margem de erro de 2,5 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Documentário dos 25 anos do “30 de Agosto”

 

A APP-Sindicato acaba de lançar o documentário “30 de Agosto: O dia que a educação jamais vai esquecer” em lembrança dos 25 anos da tragédia ocorrida no dia 30 de agosto de 1988, quando os professores apanharam da Polícia Militar no Centro Cívico de Curitiba, durante a gestão do então governador do Paraná Alvaro Dias (ex-PMDB, atual senador pelo PSDB).

Osmar Dias tem chances reais de vencer Alvaro Dias para o senado em 2014

Captura de Tela 2013-08-19 às 04.48.58O ex-senador Osmar Dias (PDT) tem chances reais de vencer seu irmão, Alvaro Dias (PSDB), para a vaga única do senado nas eleições em 2014. Pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas/Gazeta do Povo informa que Alvaro tem entre 39 e 44%, e Osmar tem entre 30 e 35%.

Alvaro será candidato ao senado, a não ser que Beto Richa (PSDB) desista da reeleição ao governo por causa da crescente rejeição ao seu governo.

Osmar Dias já disse que desta vez pode concorrer contra o irmão, e tem chances reais de vitória. Osmar ainda pode ser o candidato a vice de Gleisi Hoffmann (PT).

Caso Osmar não seja candidato ao senado, um candidato do PT (Jorge Samek, Paulo Bernardo, Dr. Rosinha ou André Vargas) ou PMDB (Sérgio Souza, Orlando Pessuti ou João Arruda) em chapa da presidenta Dilma Rousseff (PT) e dos candidatos ao governo Roberto Requião (PMDB) e Gleisi podem surpreender.

Contra Alvaro pesam a violência contra os professores em seu governo e sua oposição aos programas sociais que mudaram o Brasil nos últimos dez anos. Assim como uma chapa com os desgastados tucanos Beto Richa e Aécio Neves.

A briga vai ser boa em 2014!

Professora Marlei da APP chama professores para o 30 de agosto

Professora Marlei, Presidenta da APP-Sindicato, fala da importância do 30 de Agosto na luta dos professores e professoras, trabalhadores e trabalhadoras das escolas do Paraná. Em 30 de agosto de 1988 o governo Alvaro Dias (então governador pelo PMDB, hoje senador pelo PSDB), bateu nos professores e trabalhadores da educação do estado.

Senador Alvaro Dias gastou R$ 1.463 para vaiar Dilma. Foi o povo que vaiou?

1017053_544129375644315_254285654_n

Curta no Facebook

Conforme fotos divulgadas no próprio Facebook do senador Alvaro Dias (PSDB/PR), ele gastou R$ 1.463,00 por seis ingressos para assistir o jogo do Brasil e Japão. O povo longe do estádio. Quem vaiou a presidenta? Veja o post: Elite vaiou Dilma.

Curta no Facebook

1012354_544148212309098_913082469_n

Alvaro Dias diz que PSDB não foi democrático na escolha por Aécio Neves

Captura de Tela 2013-05-19 às 17.17.33

O senador Alvaro Dias (PSDB/PR) disse que o processo de escolha do senador Aécio Neves (PSDB/MG ou RJ?) como novo presidente do PSDB “não foi muito democrático”.

Além disso, o ex-governador José Serra ainda vai brigar internamente para ser candidato ao cargo de presidente da república em 2014, contra Aécio.

Caso Eduardo Campos (PSB) e Marina Silva (Rede) também sejam candidatos, é perigoso para o PSDB ficar em 3º ou até em 4º na disputa.

Quem será prejudicado é o atual governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), que se fizer dobradinha com Aécio Neves vai perder votos no Estado, pela baixa viabilidade do político mineiro/carioca.

Alvaro Dias diz que PSDB/PR e governo Beto Richa são promíscuos e balcão de negócios

Segundo a Gazeta do Povo de hoje, o senador Alvaro Dias (PSDB) disse que o PSDB do Paraná e o governo Beto Richa (PSDB) viraram um “balcão de negócios”, contra tudo o que ele combate em Brasília, no Senado Federal:

“Eu não posso combater o modelo promíscuo que tem se instalado em Brasília, que é o balcão de negócios para governar, e que foi transplantado para o Paraná.”

Alvaro disse que o governo Beto Richa, após as eleições de 2010, cooptou todos os partidos, o que significou o loteamento do governo:

“Isso aumenta a base de apoio, limita a oposição, e reduz a fiscalização e a crítica. Se gasta em publicidade para passar imagem irreal do governo e quem paga é a população. (…) É esse é o modelo adotado no Paraná que eu não posso compactuar.”

Senador Álvaro Dias (PSDB/PR) pode não se reeleger ao apoiar o golpe no Paraguai

O PSDB apoiou o golpe no Paraguai e o Senador pelo Paraná, Álvaro Dias, virou o embaixador do partido na defesa do presidente golpista. Álvaro Dias garantiu ao presidente Franco o apoio incondicional do PSDB à nova ordem estabelecida em Assunção.

Nas próximas eleições para o Senado em 2014 Álvaro Dias terá dificuldades em se reeleger. Apenas uma vaga será disputada em 2014.

Primeiro vai ter que conseguir que seu irmão Osmar Dias (PDT) não se candidate, o que é difícil, pois como os candidatos ao governo serão Beto Richa (PSDB), Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT), ele não vai querer entrar em bola dividida e tentará voltar ao Senado.

Mesmo se Osmar não for candidato, para Álvaro ser o candidato da direita vai ter que concorrer previamente com o presidente da Assembleia Legislativa Valdir Rossoni (PSDB) e o candidato a vice de Luciano Ducci, Rubens Bueno (PPS).

Mesmo se vencer a disputa interna, vai ter que explicar seu até recente dueto no Senado com o Demóstenes Torres (ex-DEMO).

Vai ter que explicar, sempre, quando como governador em 1988 os professores apanharam da PM no Paraná (veja vídeo abaixo).

Vai ter que explicar porque sempre foi contra os programas sociais dos presidentes Lula e Dilma Rousseff (PT).

E por fim vai ter que explicar a posição golpista de apoio ao ilegítimo impeachment de Fernando Lugo no Paraguai.

Na Boca Maldita já se fala que Álvaro Dias está querendo ser eleito presidente da loja Monalisa em Ciudad del Este.

Um vergonha para quem já foi contra a privatização da Copel e hoje está com essa turma conservadora golpista dos demotucanos.