Acabou: Vox Populi mostra vitória de Dilma já no 1º turno

Captura de Tela 2014-09-23 às 22.10.37

O Vox Populi divulgou hoje (23) que Dilma Rousseff (PT) subiu 4 pontos e já tem 40% das intenções de voto, Marina Silva (tanto faz o partido) caiu 5 pontos e tem 22%, Aécio Neves (PSDB) subiu 5 pontos e tem 17%.

Mesmo se tivesse 2º turno Dilma ganharia fácil com 46% e Marina apenas 39%.

Dilma está na frente em todas as regiões do país: Sudeste 37%, 30%, 20%; Sul: 37%, 23%, 19%; Nordeste: 55%, 22%, 8%; Centro-Oeste/Norte: 44% Dilma, 23% Aécio e 20% Marina.

Foram 2.000 entrevistas entre sábado (20) e domingo (21), em 147 cidades, com margem de erro de 2,2 pontos percentuais, com nível de confiança de 95%, registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-00733/2014.

Captura de Tela 2014-09-23 às 22.10.55

Anúncios

Ibope: tendência é de Dilma se reeleger ainda no 1º turno

Captura de Tela 2014-09-23 às 21.16.20

O Ibope divulgou hoje (23) pesquisa que mostra tendência da presidenta Dilma Rousseff (PT) vencer ainda no primeiro turno. Dilma subiu dois pontos e tem 38%, Marina Silva (PSB) caiu um ponto e tem 29%, Aécio Neves (PSDB) não saiu dos 19%.

No segundo turno Dilma subiu 1 ponto e já alcançou Marina, que caiu dois pontos, e as duas tem 41%.

Na espontânea Dilma tem 33%, Marina 23% e Aécio 15%.

A expectativa de vitória é 52% para Dilma, apenas 26% para Marina e 10% Aécio.

Ouvidos 3.010 eleitores em 206 municípios entre os dias 20 e 22 de setembro, com margem de erro de dois pontos percentuais com nível de confiança de 95%, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00755/2014.

Marina Silva passa por Curitiba quase desapercebida

_DSC7866_tulio

Marina Silva (PSB, ex-PT, ex-PV, futura Rede Sustentabilidade) passou hoje quase desapercebida por Curitiba, junto com seu vice Beto Albuquerque. As únicas três notícias:

1. Ogier Buchi (PRP), que já foi Collor e agora é Marina, um dos candidatos ao governo que apoiam ela, não apareceu.

2. Tulio Bandeira (PTC), advogado que já foi preso e responde a 30 inquéritos, foi o candidato ao governo que apareceu no pouco prestigiado e quase vazio evento.

3. Marina reafirmou que vai dar independência ao Banco Central, o que na prática dá de vez o poder da economia brasileira aos bancos, principalmente privados, como Itaú (seu principal financiador), Santander, Bradesco, HSBC, entre outros.

_DSC7258_tulio

Existe o petismo? Dalmo de Abreu Dallari

ju331pg07b

Um texto do maior jurista do Direito Constitucional brasileiro, Dalmo de Abreu Dallari, publicado em 1986, mas mais atual do que nunca. O Professor Dalmo sempre votou no PT, Lula e Dilma.

Existe o petismo?

Uma coisa é certa: o petismo existe e o Partido dos Trabalhadores é o seu profeta. Mas a partir daí explodem muitas dúvidas, que andam nas cabeças dos próprios petistas e que se colocam com a mesma agressividade que caracteriza a militância petista. Na realidade, o próprio relacionamento entre o PT e o petismo é apaixonado e agressivo, sem que fique bem claro se foi o petismo quem criou o PT ou se o contrário é que é verdadeiro, se é possível ser petista sem estar no PT ou se alguém pode pertencer ao PT sem ser petista. E tudo o que cerca essas questões e envolve as conseqüências que podem resultar das respostas é discutido com grande carga de afetividade pelos protagonistas.

Cada um quer ser mais autenticamente petista do que o outro, todos defendem ardorosamente seus pontos de vista a respeito do significado do petismo, da natureza do PT e de seu verdadeiro papel neste momento da vida brasileira. O fato é que todos “sentem” que são petistas e querem fazer do PT o veículo de suas idéias.

Essa “convergência na divergência”, que é problema para os petistas, é problema ainda maior para os que são contra o PT. Um dado significativo é que ninguém se limita a ser contra, pois, assim conto o petismo é uma paixão, o antipetismo é igualmente apaixonado. Mas como o PT é uma presença marcante, parecendo onipresente, ao mesmo tempo que a cada passo e em cada circunstância surge com uma aparência diferente, é extremamente difícil combatê-lo. E o que se tem visto é que as acusações, denúncias, armadilhas e agressões de muitas espécies, que são utilizadas com o propósito de enfraquecê-lo, acabam tendo efeito contrário, parecendo que o petismo se fortalece quando agredido.

Dalmo Dallari

Jornal Leia, agosto de 1986

pt

Alvaro Dias sobre Beto Richa: Paraná vai mal, não tomou posse, incompetência e desonestidade

Há pouco tempo, entre 2011 e 2012, o senador Alvaro Dias (PSDB) disse que o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), faz o Paraná ir mal, que parece que Beto não tomou posse, e que o Paraná não pode ser submetido a incompetência e desonestidade.

Se Alvaro Dias mentiu não pode ser reeleito.

Se Alvaro Dias falou a verdade o Beto Richa não pode ser reeleito.

Captura de Tela 2014-09-23 às 16.38.29

Identificado suposto assassino de Hiago

388315_126070757504867_1321912459_n

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) identificou os rapazes que participaram da confusão que culminou na morte a facadas de Hiago Augusto Jatobá de Camargo, 21 anos, na noite da última sexta-feira (19), na Praça da Ucrânia, Bigorrilho, em Curitiba.

Segundo delegado Dirceu Schactae, responsável pela Investigação, o autor das facadas foi Edrian Soarge de Menezes, 31 anos, conhecido popularmente como “Punk”. Guilherme Dranczuk, 27 anos, e Francisco Graboski Neto, 26 anos, também participaram da confusão e seguem sendo procurados pela polícia.

Conforme Schactae, os autores são frequentadores da praça, onde se reúnem para consumir bebidas alcoólicas e drogas. “No dia do crime, estavam bebendo e reclamaram das propagandas dos candidatos, pois alegaram detestar políticos. Porém, num primeiro momento foi tudo acalmado”, contou o delegado.

Na sequência, a vítima envolveu-se com uma pessoa de idade, que chutou o cavalete com propaganda, tendo a vítima derrubado tal pessoa, o que gerou uma aglomeração. “Diante disto, os autores dizendo em defesa da pessoa de idade partiram para cima da vítima, que correu mas foi alcançada”, contou Schactae, destacando que os homens o agrediram e desferiram golpes com arma branca, o que ocasionou sua morte. “Cada qual vai responder pelos seus atos na participação no crime. Será representado pelas prisões dos mesmos”, destacou o delegado.

Durante a investigação desta morte, foi preso Felipe Eron Alois dos Santos, 26 anos. Ele acompanhou tudo, mas até o momento não há comprovação de sua participação no crime. “Ele foi preso por ser evadido da Colônia Penal Agrícola (CPA), onde cumpria pena por roubo”, explicou o delegado.

Veja mais notícias sobre o tema:

Discurso de ódio contra o PT e a política mata militante do partido em Curitiba

Colaborador do PT morto por ódio ao partido era cantor de músicas com mensagens de paz e esperança

Velha mídia silencia sobre assassinato de colaborador do PT por raiva ao partido, à política e aos cavaletes

Mãe de colaborador do PT assassinado relata que foi devido ao ódio à política

10711027_917460321616753_3991983441673769991_n

Praça da Ucrânia. Fotos de Iris Cavalcanti

1908087_917461384949980_566556183154906606_n

rádio Banda B entrevistou a mãe de Hiago Augusto Jatoba de Camargo, colaborador do PT que foi morto por causa do discurso de ódio contra o partido, a política e os cavaletes. Marcilene Jatoba disse que o filho foi assassinado por um jovem que tinha chutado os cavaletes das candidatas ao governo do Paraná, Gleisi Hoffmann, e Dilma Rousseff, que ele tinha colocado na praça da Ucrânia, no Champagnat/Bigorrilho, bairro nobre de Curitiba. Lembrou que o jovem era cantor de rapper (movimento Hip Hop) e sonhava gravar um CD.

As pessoas que estavam com Hiago relataram que “ele estava trabalhando de cabo eleitoral na Praça da Ucrânia e um elemento chegou chutando o cavalete, dizendo que não era lugar de política. Meu filho gritou e pediu para ele sair e, nessa hora, o rapaz disse que voltaria. Um pouco depois, armado com uma faca, ele voltou com outros dois rapazes”. “Pessoas tentaram intervir, mas meu filho já estava com o ferimento nas costas. Ele chegou a sentar e dizer que estava bem, mas algumas horas depois eu o vi morto na maca da Unidade de Saúde do Campo Comprido”.

A mãe também descreveu que o filho era simpatizante da candidata do PT ao governo, Gleisi Hoffmann, e agradeceu o apoio por parte da legenda. “O pessoal do partido me deu toda a assistência, desde a hora que eu cheguei no pronto socorro e vi meu filho morto até o funeral. O Hiago foi tratado com dignidade por eles”.

Veja mais notícias sobre o tema:

Discurso de ódio contra o PT e a política mata militante do partido em Curitiba

Colaborador do PT morto por ódio ao partido era cantor de músicas com mensagens de paz e esperança

Velha mídia silencia sobre assassinato de colaborador do PT por raiva ao partido, à política e aos cavaletes

Suposto assassino do colaborador do PT em Curitiba foi preso

Dilma passa Marina e agora vence tanto no 1º quanto 2º turno

Dilma e Lula estarão hoje, 19h, no Teatro Positivo, em Curitiba

Dilma e Lula

A pesquisa Confederação Nacional do Transporte – CNT/MDA divulgada hoje (23) mostra que a presidenta Dilma Rousseff (PT) passou Marina Silva (PSB, ex-PT, ex-PV, futura Rede Sustentabilidade) e ganha tanto no 1º quanto no 2º turno.

Dilma passou de 38,1% para 36%, Marina despencou de 33,5% para 27,4% e Aécio Neves (PSDB) subiu de 14,7% para 17,6%.

No segundo turno Dilma tinha 42,7% e agora tem 42% e Marina despencou de 45,5% para 41%. Contra Aécio a presidenta Dilma também ganha, era 47,5% a 33,7% e agora 45,5% a 36,5%.

A rejeição a Marina subiu de 31% para 38,7%. A rejeição a Dilma foi de 41,7% para 43,9%, e de Aécio oscilou de 43,5% para 43,2%.

A pesquisa entrevistou 2002 eleitores em 137 municípios de 25 estados entre 20 e 21 de setembro, com registro na Justiça Eleitoral com o número BR-00753/2014, com margem de erro de 2,2 pontos.

Suposto assassino do colaborador do PT em Curitiba foi preso

PC3D

O suposto assassino de Hiago Augusto Jatoba de Camargo, que foi morto por causa do discurso de ódio contra o PT, a política e os cavaletes, foi preso pela Polícia Civil. Em instantes mais informações.

O discurso do ódio contra o PT, contra a política e contra os cavaletes vem sendo realizado por Marina Silva (PSB, ex-PT, ex-PV, futura Rede Sustentabilidade), por Aécio Neves (PSDB), por Beto Richa (PSDB) e pela velha mídia como a revista Veja, TV Globo, rádio BandNews, entre outros meios de comunicação.

Hiago era cantor e militante do movimento Hip Hop, tinha o nome artístico Hiago 100 Caos e cantava músicas com mensagens de paz e esperança.

Estão sendo organizadas manifestações pela paz e pelo fim do ódio à política.

Infelizmente a velha mídia não está divulgando o assassinato, porque ela é a culpada pelo ódio ao PT, à política e aos cavaletes.

Veja mais notícias sobre o tema:

Discurso de ódio contra o PT e a política mata militante do partido em Curitiba

Colaborador do PT morto por ódio ao partido era cantor de músicas com mensagens de paz e esperança

Velha mídia silencia sobre assassinato de colaborador do PT por raiva ao partido, à política e aos cavaletes