Governo Beto Richa, por meio da Copel, está emprestando R$ 24,7 milhões para as obras na Arena. Sindicato entrará com Ação Civil Pública

O SINDENEL – Sindicato dos Eletricitários de Curitiba entrará com uma Ação Civil Pública contra o empréstimo que a Copel esta efetivando no valor de R$24,7 milhões para aplicação na Arena da Baixada do Clube Atlético Paranaense a fundo perdido. Os sindicalistas entendem que devem impedir a doação de dinheiro público para uso no setor privado, pois, segundo eles, não atende o interesse coletivo da sociedade.

Um comentário sobre “Governo Beto Richa, por meio da Copel, está emprestando R$ 24,7 milhões para as obras na Arena. Sindicato entrará com Ação Civil Pública

  1. Como copeliana aposentada, considero um tapa na cara, de todos os paranaenses. Concordaria, plenamente, se fosse para sanar as mazelas do estado, no tocante a saúde, educação e segurança. Mas uma obra que nada trará de benefício à população, apenas para a empáfia da realização de uns míseros jogos, é repugnante. Muito mais, para a conclusão de um estádio, cujos idealizadores não tiveram competência para concluir. É a velha história: quem não tem competência, não se estabelece. Este é o puro caso aqui referido. Pior que isto é fazer feriado nos jogos que aqui serão realizados. Eita país, estado e cidades ricos, hein?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s