Aldir Blanc chama Bato Racha de mentiroso

20130505184607761084o

No O Globo de ontem

“O cenário pornopolítico foi dominado pelo massacre dos professores no Paraná. Depois do “prendo e arrebento”, temos Bato Racha, vulgo Beto 9.9 em violência na escala Richa. Bato Racha levou nove dias para se arrepender, e com a frase mais — desculpem, não há outra palavra — escrota que pode brotar da boca de um covarde: “Machucou mais a mim…” O perdigoto não agradou, Racha deu ré e agora aprova de novo a pancadaria sanguinolenta, balas na cara, bombas, pitbulls… Foi um tremendo rasgo na Cortina de Penas do bom-mocismo tucano. Eles são aquilo mesmo. Bato Racha mandou fitas para jornalistas comprovarem a ação de “elementos infiltrados” no protesto. Ninguém encontrou um único agente provocador. Bato Racha é também um deslavado mentiroso.”

Aldir Blanc (compositor)

Anúncios

Um comentário sobre “Aldir Blanc chama Bato Racha de mentiroso

  1. ôi, Violin. Pelas minhas contas, o Joaquim José da Silva Xavier-TIRADENTES- é simplesmente santo, uma das raras personagens reais que conscientemente imolou sua vida no sacrifício e pleito da emancipação de um país. Ele é mais que um patriota, maior que um herói; o primeiro desta lista organizada por você. Mas falemos de memória, esta faculdade que distingue-nos dos animais, mas, parece, foi substituída por uma síndrome do dano, uma moléstia generalizada a que foi acometida a maioria da população BRASIL. Garanto-lhe que se fosse levada a plenário, votada e sancionada uma lei delimitando o tempo, um mandato, para também dptds e senadores, haveria uma votação em massa para o tiririca, que bem o merece por ser pelo menos inofensivo, embora improcedente Ocorre que esta desmemoriação tem repetido vereadores, parlamentares, governos estaduais, que fizeram dos cargos um feudo, onde, aos poucos, acomodaram amigos e parentes, deixando um lastro financeiro para a família maior que muitas pequenas empresas e comércios. Mas, se o fizessem deixando uma trajetória limpa e pertinente aos esforços de um bom diplomata, isto seria um porcão medicamentosa tonificante para avaliar boas lembranças, e um antivírus desfibrador do ímpeto e mau intencionamento de seculares gangues de betos rixas. Abraços meus ao amigo da Elis Regina e mestre de todos nós, o MEMORÁVEL Aldir Blanc.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s