II Encontro de Blogs, Redes Sociais e Cultura Digital do Paraná #2ParanáBlogs

181190_470158899710696_1745500670_n

O 2º ParanáBlogs acontecerá entre os dias 12 e 14 de abril de 2013, na nova sede do Sismuc, em Curitiba. Já confirmaram presença:

Leonardo Boff

Maria Fro

Marcos Lula

Vito Gianotti

 

Anúncios

Pessuti abraça governo Beto Richa e receberá salário de R$ 30 mil na Sanepar

5079822481_4579fd8f07_z

O ex-deputado estadual, ex-vice governador e governador por um reduzido período em 2010, Orlando Pessuti (PMDB), após fazer campanha contra Roberto Requião para a presidência do PMDB do Paraná em apoio ao deputado federal Osmar Serraglio, abraçou o governo neoliberal de Beto Richa (PSDB). Será o presidente da Sanepar – Companhia de Saneamento do Paraná, com salário de aproximadamente R$ 30 mil. Ocupava cargo no governo social da presidenta Dilma Rousseff (PT) e foi para um governo neoliberal.

Com isso, além de ganhar o salário polpudo, quer ser o candidato ao senado em 2014, na chapa de Beto Richa.

É impressionante. Como pode um dos deputados mais aguerridos contra a privatização da Copel, que Beto Richa apoiava, agora aderir com tanto amor ao governo de Carlos Alberto? Sua pequena gestão como governador recebeu críticas de Beto Richa. Como pode? Ideologia?

Por favor 2014, chega logo!

Beto Richa investe quase metade do que Requião em infraestrutura escolar

info_desaceleracao_210113

Nos dois anos do governo Beto Richa (PSDB) foi investido na infraestrutura escolar pela Secretaria de Estado da Educação – Seed bem menos do que a média dos valores aplicados no governo de Roberto Requião (PMDB), segundo a Gazeta do Povo.

Beto Richa investiu R$ 70,3 milhões por ano e Requião, entre 2007 e 2010, investiu na média anual R$ 130,1 milhões.

Por favor 2014, chega logo!

Charge: ICI – Instituto Caixa-Preta de Informática

ici

 

A partir de hoje o Blog do Tarso vai contar com a charges do cartunista Lucas Fier. A estreia é sobre o ICI – Instituto Curitiba de Informática, uma associação privada que recebe milhões da prefeitura de Curitiba, mas não respeita a Lei de Acesso à Informação e não divulga os valores recebidos da prefeitura, o dinheiro que repassa para empresas privadas, o salário de seus dirigentes, entre outras informações de interesse público. O prefeito Gustavo Fruet (PDT) está tentando assumir o poder no ICI, já que foi eleito de forma democrática com a promessa de deixar o ICI mais transparente.

 

Mirian Gonçalves: “Situação da prefeitura me surpreendeu muito”

André Rodrigues/ Gazeta do Povo

Foto de André Rodrigues/ Gazeta do Povo

Mirian Gonçalves (PT), vice-prefeita de Curitiba

Por ANDERSON GONÇALVES na Gazeta do Povo de hoje

Não se pode negar que Mirian Gon­çalves fez história ao tomar posse no dia 1.º de janeiro. Além de ser a primeira mulher a ocupar o cargo de vice-prefeita de Curitiba, garantiu ao PT uma participação inédita na administração da cidade. Passada a euforia da conquista, a advogada, que pela primeira vez ocupa um cargo eletivo, se deparou com a realidade que a aguardava na prefeitura. “A falta de organização e o atendimento estão muito piores do que eu imaginava”, avalia Mirian, que também ocupa o cargo de secretária municipal do Trabalho.

Nos primeiros dias da nova gestão, ela conta que tem atuado principalmente na ligação entre as várias secretarias e o prefeito Gustavo Fruet (PDT). Como principal representante petista na nova gestão, garante que o partido tem participado diretamente do planejamento do governo e rechaça as pressões sofridas à frente do Executivo. “Pressão existe, mas existe o ‘não’ também”, afirma. Acompanhe a entrevista concedida pela vice-prefeita à Gazeta do Povo: Continuar lendo

Corinthians se prepara para contar com mais de um bilhão de torcedores

zizao_corinthians_afp.jpg_95

A atuação do jogador chinês do Corinthians, o atacante Zizao, em sua estreia como titular do timão, repercutiu em toda a imprensa da China. Zizao foi o responsável pela assistência no gol de Giovani, no empate de 1 a 1 com o Paulista, pelo Paulistão.

O melhor time do mundo se prepara para que os quase um bilhão e quatrocentos mil chineses torçam para o Bicampeão Mundial de Clubes pela FIFA (2000 e 2012). Vai faltar camisa.

Ética e política: a luta política concreta no Brasil de hoje – Tarso Genro

tarso_genro

No Carta Maior

Um dos debates morais, de influência direta na política, que se trava aqui no Brasil no momento, está aberto pelo moralismo udenista, tanto promovido pela extrema esquerda anti-Lula, como pelo conglomerado demo-tucano. Trata-se da questão relacionada com a política de alianças, ou seja, a demonização do PT pela sua“abertura” na política de alianças. O artigo é de Tarso Genro.

Tarso Genro (*)

Creio que é hora de um debate no interior da esquerda pensante, que remonta ao amanhecer das ideias socialistas emergentes depois das primeiras revoluções do século XX, tanto no campo socialista propriamente dito, como na experiência socialdemocrata moderna. É um debate sobre as complexas relações e interações entre ética, moral e política. Continuar lendo

Neoliberalismo e gozo – Agostinho Ramalho Marques Neto

Noticia6583F3213

NEOLIBERALISMO E GOZO* Agostinho Ramalho Marques Neto**

Gostaria de colocar, inicialmente, que, para mim, os “tempos sombrios” de que fala o tema deste Congresso têm a ver com a globalização neoliberal. Que “sombras” o neoliberalismo projeta sobre o campo do Direito? E como abordar essa questão dentro de uma perspectiva interdisciplinar que inclua indagações a partir do campo da Psicanálise – e, mais especificamente, a partir de uma referência à noção de Lei?

O termo neoliberalismo contém tanto uma idéia de ruptura quanto uma idéia de continuidade. Trata-se de um “liberalismo”, como o nome indica – e aí temos o elemento de continuidade. Mas esse liberalismo é “novo”, como aponta o prefixo neo – e aí temos a indicação de uma ruptura. Mas em que consiste essa continuidade? Qual o liberalismo “anterior”, cujo nome e cujos traços (alguns, pelo menos) teriam sobrevivido no novo liberalismo? E qual a natureza da “ruptura” que se teria operado nessa passagem? Em suma, qual a “novidade” que o neoliberalismo traz? Continuar lendo