CNJ defende a privatização de presídios. Mas diz que não é privatização. Absurdo!

2 comentários sobre “CNJ defende a privatização de presídios. Mas diz que não é privatização. Absurdo!

  1. As PPPs são uma farsa, algo drástico no setor da segurança pública, visto que, será um caminho horrível para os agentes penitenciários concursados e o pleito por melhorias, bem como uma brecha terrível para que os integrantes do crime organizado possam comandar as próprias prisões através destes consórcios, lavando legalmente seus bens, bem como para certos políticos nojentos desviarem o dinheiro público, isso é terrível e as pessoas não estão enxergando essa sujeirada. Aliás, hoje existe um partido político chamado PMB composto por militares que lutam pela privatizações dos presídios. Por que será? Porque a maioria dos oficiais da Polícia Militar possuem empresas de segurança privada. Com muita propriedade Diogo de Figueiredo já escrevia: Nós temos o poder político que é o poder constitucionalmente reconhecido pelo povo, mas ao lado deste poder existem outras espécies, o poder paralelo, que é subdividido no poder econômico (os empresários financiando as campanhas dos corruptos), no poder militar (o tráfico tentando colocar seus pares no Congresso), no poder religioso (que é a bancada religiosa), e para alguns o poder funcional (em que alguns funcionários do mais alto escalão tentam entrar para a política, não para defender os interesses do povo, mas sim criar mais e mais prerrogativas, algumas absurdas, fora outras coisas absurdas). ESSES SÃO HOJE OS NOSSOS GOVERNANTES, ESSA É A CARA DO BRASIL, DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL – DO NOSSO PAÍS – O PODER PARALELO SENDO RECONHECIDO ERRONEAMENTE POR UM POVO POLITICAMENTE ANALFABETO, VISTO QUE, NÃO SABEM QUE ELES, OS TIRANOS, NÃO LUTAM PELOS INTERESSES DO POVO – PELA SUPREMACIA “PRIMÁRIA” DO INTERESSE PÚBLICO -, MAS SIM POR INTERESSES OBSCUROS QUE GIRAM EM TORNO DA CORRUPÇÃO. E algo deplorável, as PPPs estão colocando vigilantes para exercerem o papel do agente penitenciário concursado e cuidar da segurança pública, violando a LEI DE EXECUÇÃO PENAL (LEP) que dispõe claramente que essa função deve ser exercida por servidores concursados. Que m… de “ESTADO DE DIREITO” É ESTE QUE EU ESTOU VIVENDO E QUE TANTO EU ESTUDEI NA FACULDADE. Isso é um princípio basilar que norteia toda a ordem jurídica, pois um Estado que não respeita suas leis é um Estado governado por tiranos, safados e corruptos que merecem a morte. Os tiranos estão rasgando a LEP, e o Ministério Público nada faz, será que os membros do “Parquet” não leem mais a LEP, será que se esqueceram de que uma de suas funções é a de custos legis. São coisas graves que estão acontecendo. O Ministro da Justiça, ou melhor, “da injustiça”, esteve em reunião com a chamada LIDE visando incentivar os mesmos a participarem das Parcerias Público-Privadas (PPPs). LIDE (maior grupo empresarial do Brasil, e do mesmo só participam os empresários cuja renda não seja inferior a 200 milhões anuais). Por quê? Quais as intenções de pessoas que recebem tais valores anuais em querer participar das PPPs do sistema penitenciário? Só pode ser uma, ou seja, o negócio gira em torno dos “bilhões”, então, dá lucro. O pior de tudo é o governo ter “bilhões” para dar a essas empresas privadas, mas não tem capacidade para fazê-lo por si só. Essa é a questão: Será que não tem mesmo ou já se acostumaram a viver na safadeza, além do que, volto a dizer, estão rasgando todo o arcabouço jurídico que gira em torno do poder de polícia, pois a “sanção” é uma das fases do poder de polícia que é indelegável e está fase não tem como ser desvinculada do serviço penitenciário no que tange a custódia do preso, logo, a custódia do preso é indelegável a qualquer particular. Contudo, como vivemos na República Federativa do Brasil, país da sacanagem em que tudo se torna possível, pois o ilegal vira legal da noite para o dia mesmo existindo uma lei, a LEP, que estabelece que o serviço penitenciário deva ser prestado por servidores concursados e de carreira. Deveria existir pena de morte no Brasil, não para os ladrões de galinha, mas sim para os agentes políticos corruptos que criam milhares de miseráveis e como consequência os ladrões de galinha.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s