Moro: “Lava-Jato não vai mudar o Brasil”

Mesa de abertura. Foto de Tarso Cabral Violin

Mesa de abertura. Foto de Tarso Cabral Violin

Hoje (25) teve início o XVI Congresso Paranaense de Direito Administrativo, realizado pelo Instituto Paranaense de Direito Administrativo, na OAB Paraná.

Na abertura o Presidente do IPDA, Edgar Guimarães, e o Prof. Dr. Romeu Felipe Bacellar homenagearam Adilson Abreu Dallari, nome do evento.

Na primeira conferência do evento, com o tema “Crimes contra a Administração Pública”, o Juiz Federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, justificou seus mais de 100 decretos de prisão cautelar na Lava Jato, dizendo que no “mãos limpas” na Itália foi mais de 800. O Juiz confessou que não conhece o Direito Administrativo atual, mas disse que a lei de licitações brasileira tem muita coisa boa. Para ele a legislação penal brasileira é um “belo avião que não voa”, informou que o “mãos limpas” não melhorou a corrupção na Itália e que o Berlusconi surgiu na Itália depois dessa operação. Moro tem dúvidas se o que ele está fazendo na operação vai melhorar o país e acabou não tratando do seu processo na palestra. Entende que a presunção de inocência com quatro instâncias como no Brasil é um desastre. Informou que no caso do Banestado, com diretores que fizeram operações fraudulentas na época do governador Jaime Lerner, não transitou em julgado até hoje, com várias prescrições e com demoras injustificadas no STF. Moro entende que a presunção de inocência, como no direito comparado, deveria ser com relação à prova; que nos EUA e França a regra é a prisão depois da decisão de 1ª Instância; que talvez essa regra para o Brasil seja um exagero, mas defende pelo menos em 2ª instância. Informou que há um número absurdo de processos no STJ e STF; e concluiu pela melhoria das nossas instituições e que nosso sistema deve servir as pessoas: “o sistema deve funcionar, sem demoras”.

Amanhã o evento continua, veja a programação aqui.

Às 14h o 3º Painel, com o tema Administração Pública no Legislativo: Sempre as mesmas promessas e nenhuma transformação, será mediado pelo advogado e professor Tarso Cabral Violin, autor do Blog do Tarso, com os debatedores Eneida Desiree Salgado, Fernando Gustavo Knoerr, Guilherme de Salles Gonçalves e Paulo Ricardo Schier.

Anúncios

5 comentários sobre “Moro: “Lava-Jato não vai mudar o Brasil”

  1. Moro sabe que a Lava Jato, não lava coisa nenhuma. O caminho para\acabar com a corrupção começa antes das eleições quando pretensos candidatos a cargos eletivos se vendem a pseudo empresários.
    Mas ele continua fazendo papel de justiceiro a mando de quem? Será que ele ainda não entendeu que está prejudicando muito o trabalho da Petrobras? Depois não vai aguentar a bomba que lhe vai cair no colo!

    Curtir

  2. o brasil nao vai mudar,vai ficar onde sempre esteve,o que tem que mudar e nossa justica tem que ter criterios carater acao coragem dignidade e respeito,os ladroes do erario publico tem que estar atras das grades,porque isso e dificel,justica fraca e sem coragem,se nao tem coragem nao tem respeito a corrupcao manda e desmanda.tudo pelo dinheiro, dinheiro dos trabalhadores que nao sao respeitados como deviam culpa do nosso judiciario que nao funciona como nos queriamos que foce.mas telves um dia isso possa aconteser um sonho brasileiro.um pais justo.

    Curtir

  3. Ué, mas o Brasil precisa mudar ? Segundo o Tarso, Lula mudou o Brasil, o país está forte e é uma maravilha, não há crise e tá tudo dez….embora com certeza o Tarso viaje nas férias pro exterior, use plano de saúde e escola privada que ninguém é de ferro né ? tá tudo bem mas não vamos arriscar ser tratados no SUS né doutor ?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s