Requião supera ataque virtual com origem na Rússia e anuncia bala de prata pelo Facebook

requiao-1

Em vez de vazar documentos e informações para a imprensa como faz Beto Richa, Requião teve acesso a laudos periciais que comprovam o uso da máquina pública por Beto Richa e denuncia na Polícia Federal.

O senador Roberto Requião, candidato ao governo do Paraná pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), revelou na noite desta segunda-feira, em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, que teve acesso a documentos e fotos comprometedoras do atual governador Beto Richa. Mas, ao contrário do que seu principal adversário fez na semana passada, Requião vai enviar cópias para o próprio Richa e protocolar os originais em uma denúncia na Polícia Federal.

Na semana passada, aliados políticos do governador Beto Richa e dissidentes do PMDB espalharam documentos da vida pessoal do senador Roberto Requião. “Há quatro anos foram surrupiados documentos da minha mulher. Eles faziam parte do inventário do pai da minha mulher que estava em um cofre do Palácio Iguaçu. Eles dizem que encontraram os documentos no Canguri, a casa oficial do estado. Mas foram roubados, por gente a serviço do Beto Richa. É uma infâmia absoluta”, afirmou.

Requião ainda considerou a possibilidade de os documentos terem sido encontrados. “A atitude honesta esperada seria a devolução dos papeis à minha família. A má intenção e a canalhice de quem roubou os documentos ficam comprovadas. E eles repassaram as informações criminosamente para blogueiros”, contou.

Segundo o senador, laudos apontam que esses documentos foram divulgados a partir da casa do atual governador Beto Richa, da casa do governo e de empresas públicas. “Esses sites estão hospedados em um endereço em nome do Beto Richa, no site oficial do Beto Richa. E não é só isso: Celepar, Palácio Iguaçu, Copel e também da casa do Beto Richa. Usando o IP da sua casa? Que pouca vergonha, menino!”, criticou. A perícia foi feita pelo perito criminal e especialista em crimes eletrônicos Wanderson Moreira Castilho.

Mesmo assim, com todos esses documentos em mãos, Requião preferiu enviar tudo à Polícia Federal, pedindo uma investigação sigilosa. “É uma denúncia das malandragens, inclusive, sem autoria nenhuma, em documentos, jornais, panfletos divulgados no Paraná inteiro. Matérias apócrifas saíram do Palácio do Governo. Eu poderia hoje mostrar também fotos comprometedoras do Carlos Alberto Richa, mas não vou fazê-lo. Vou enviar para a Polícia Federal para verificar a origem e legitimidade e devolvê-las a ele”, disse.

Orlando Pessuti – O medo era tanto sobre a tão falada “bala de prata” que os adversários políticos forçaram uma série de situações, não só revelando documentos pessoais do senador, mas também colocando no horário eleitoral de Beto Richa o ex-governador Orlando Pessuti, que foi vice de Requião entre 2002 e 2010. “Não vote em Requião. É isso mesmo: não vote em Requião”, disse categoricamente Pessuti. Sobre essa atitude desesperada nas vésperas das eleições, Requião rebateu: “A bala de prata fez meus adversários confessarem que divulgaram os documentos da minha família, também fez desentocar o gato do esconderijo, puxar o rato pelo rabo e ver a cara feia dele. A bala de prata é revelar o que é a política safada”, criticou.

Censura eleitoral e virtual – Requião aproveitou o horário no Facebook para desabafar sobre sua insatisfação com a Justiça Eleitoral. “Eles dão direito de resposta em cima de uma matéria da Gazeta do Povo de uma afirmação feita pelo presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários. E justo no dia em que eu anunciei a bala de prata ainda mutilaram a miséria de tempo que tenho na televisão”, disse. Requião ainda complementou: “Repito essa afirmação e tenho certeza que ela é verdadeira: o PCC comemorou aniversário dentro da Penitenciária de Piraquara com a autorização da direção com bolos, salgadinhos e refrigerantes”, lembrou.

Como o programa eleitoral é reduzido, com apenas dois minutos e 56 segundos, Requião deixou para fazer a revelação da tão falada “bala de prata” na #TV15, canal de comunicação que ele usa desde o início da campanha eleitoral para conversar com seus eleitores (www.requiaopmdb.com.br/tv15). Em poucos segundos, o site foi derrubado do ar. Para contornar a situação, Requião anunciou que faria o anúncio ao vivo pelo blog do colunista Esmael Moraes. Novo ataque virtual tirou o site do ar. Segundo o setor de tecnologia da Informação da campanha de Requião, esse foi um dos maiores ataques de internet já feitos no Brasil. Foram 150 mil ataques simultâneos, sendo 15 servidores hospedados na Rússia. “Quem são esses bandidos que procuram censurar nosso programa, cortar a nossa voz? Isso deve ter custado milhões”, questionou Requião, finalizando o vídeo transmitindo pelo Facebook.

Veja o vídeo:

Anúncios

5 comentários sobre “Requião supera ataque virtual com origem na Rússia e anuncia bala de prata pelo Facebook

  1. Pingback: Requião supera ataque virtual com origem na Rússia e anuncia bala de prata pelo Facebook | MANHAS & MANHÃS
  2. Pingback: Beto Richa continua ficha limpa graças a Rossoni | MANHAS & MANHÃS
  3. Requião correu de medo, fez coco no dedo. Criou toda uma expectativa e mijou nas calças. Lamentável um Senador da Republica, com mais de 70 anos, fazer o que fez. Vai para Brasília concluir o mandato e depois com a Verba de Representação ( APOSENTADORIA PARA O POVO TROUXA !!!) de Governador + Aposentadoria de Senador, encosta o saco no sofá e não encha mais o saco. Chega !!!!

    Curtir

  4. Bala de prata? Não seria “peido de véia”? Que impacto essa bobagem toda vai ter na eleição? Nenhuma! Ninguém mais aguenta o pai do Ferreirinha.

    Curtir

  5. “um dos maiores ataques……” Faça-me o favor Sr. Tarso. Ou é muita má-fé ou falta de conhecimento. Fico na segunda opção.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s