Em ano eleitoral Gazeta do Povo publica 55% de editoriais contrários à Dilma e poupa Beto Richa

tn_625_490_paixao_26114

Jornal Gazeta do Povo faz campanha sistemática contra a presidenta Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente Lula e o Partido dos Trabalhadores, com seu cartunista Paixão, editoriais e manchetes

O Blog do Tarso fez uma pesquisa detalhada em todas as 119 edições do jornal paranaense Gazeta do Povo de 2014, entre os meses de janeiro e abril. Fica comprovado que em pleno ano eleitoral, o jornal faz uma campanha rigorosa contra a reeleição da presidenta da Brasil, Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores. Ao mesmo tempo a Gazeta poupa o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB).

Foi realizada uma verificação pormenorizada das manchetes do jornal, dos editoriais e das charges principais da página 2 do jornal.

Entre os editoriais da Gazeta do Povo nos quatro primeiros meses de 2014, 55% (65 no total) foram contrários à presidenta Dilma, ao ex-presidente Lula (PT), ao próprio PT ou à Copa do Mundo. Como a Copa do Mundo foi trazida pelo ex-presidente Lula para o Brasil, algumas críticas à Copa foram consideradas pelo Blog como depreciações contra o próprio governo federal. Além disso vários editorais ainda são contrários à esquerda e com pensamentos conservadores e reacionários.

Ainda mais grave são as charges especiais na página dois do jornal, espaço nobre do jornal. São as charges que todos que leem ou mesmo folheiam rapidamente o jornal são visualizadas. Simplesmente 69% (82 no total) das charges da Gazeta do Povo atacaram Dilma, Lula, o PT ou a Copa do Mundo, de forma a prejudicar a imagem do governo federal. Em casos excepcionais há charges com sátiras a outras autoridades, partidos ou temas. A grande maioria dessas charges são do cartunista Paixão, e excepcionalmente do Benett. Note-se que o Blog do Tarso tem uma simpatia especial pelas charges e tirinhas do Bennet, de muita qualidade, criatividade e na maioria de vezes justiça com om satirizado. Já não se pode dizer o mesmo do Paixão, que infelizmente faz uma oposição sistemática contra o PT e Dilma, sem ficar claro se a mando do patrão ou por vontade própria. Em mais de uma charge ele chega a fazer campanha para Eduardo Campos (PSB) e Marina Silva (PSB, ex-PT, ex-PV, ex-Rede), pré-candidatos à presidência e vice. E o mais grave: NENHUMA sátira contra o governador tucano Beto Richa.

Sobre as manchetes do jornal, das notícias principais na Gazeta no ano de 2014, 40% (total de 48) foram contrárias à presidenta Dilma, ao PT, à Lula ou à Copa do Mundo. Apenas 10% (total de 12) das manchetes faziam alguma alusão negativa ao governo de Beto Richa e apenas 5% (total de 5) das manchetes foram contrárias ao governo do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT). Nesse último caso, com uma justificativa maior, pelo prefeito ainda estar no primeiro terço do mandato. As demais manchetes criticaram o Congresso Nacional (Senado e Câmara dos Deputados), a Assembleia Legislativa do Paraná, o Tribunal de Justiça do Paraná ou o Tribunal de Contas do Estado, mas em número bastante reduzido.

Mesmo em situações graves, o governo Beto Richa foi poupado, como quando da denúncia de corrupção contra o seu irmão Pepe Richa ou quando o governador escolheu um médico como secretário de segurança. Nesse caso, o jornal apenas falou que Richa escolheu um “legista”. O fato é que quando cita o nome de Richa nas manchetes, nunca em sentido negativo.

Mesmo em situações em que o jornal poderia criticar o ex-governador Jaime Lerner (ex-PFL) ou Beto Richa, como no caso do pedágio, o panfleto inclui críticas aos senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT), prováveis adversários de Beto em outubro. Note-se que Lerner criou os altíssimos pedágios no Paraná e Beto, além de ter votado como deputado estadual a favor do pedágio, em seu atual governo aceita de forma passiva o que exigem as concessionárias.

Vários editoriais e manchetes elogiam o governo Beto Richa, o que é raro para outras autoridades. Em um raro momento, um editorial diz que Dilma está correta, mas quase se desculpando com o leitor por não critica-la.

A Gazeta do Povo sempre tratou mais da política estadual e municipal, mas nos últimos anos vem se especializando em críticas ao governo federal. O governo estadual de Roberto Requião (PMDB), entre 2003 e 2010, também foi bastante criticado pelo jornal, provavelmente por ele ter cortado qualquer verba publicitária para a Gazeta. As críticas não ocorrem contra o atual governador, considerado por muitos como o pior governador do paraná de todos os tempos. Beto Richa gasta milhões com propaganda e publicidade oficial na Gazeta.

Informo que os jornais e revistas brasileiros não são serviços públicos, como são as TVs e rádios. Os jornais e revistas tem total liberdade de publicar o que bem entenderem, de apoiar quem bem entenderem, de criticar quem eles quiserem. O que não é possível aceitar é o discurso inverídico de que esses jornais e revistas são imparciais, independentes. NÃO SÃO! O mesmo se aplica para a revista Veja, Época, os jornais Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo, a Rede Globo, entre outros meios de comunicação.

O que se pede é que sejam mais sinceros com seus leitores. O povo paranaense deve saber que o que está lendo é propaganda política, e não uma verdade universal.

Vejam que com esse texto não se critica os jornalistas e colunistas da Gazeta do Povo. A maioria é composta por profissionais competentes. O problema é que a manchete quem decide é a direção do jornal, assim como a charge principal. E o editorial é elaborado pela alta cúpula da Gazeta.

Com o presente texto o Blog do Tarso continua exercendo seu papel de Ombudsman informal da Gazeta do Povo, já que infelizmente o jornal não tem esse cargo oficialmente.

Estamos de olho!

Tarso Cabral Violin – advogado, professor de Direito Administrativo, mestre e doutorando pela UFPR, é o autor do Blog do Tarso

Captura de Tela 2014-04-30 às 22.52.06

Enquanto as manchetes com letras garrafais da Gazeta do Povo atacam a presidenta Dilma, nenhuma manchete em 2014 critica e cita diretamente o nome do governador Beto Richa

Anúncios

6 comentários sobre “Em ano eleitoral Gazeta do Povo publica 55% de editoriais contrários à Dilma e poupa Beto Richa

  1. Porém neste blog 100% das matérias são favoráveis à Dilma e à Gleise e contrários ao Beto Richa. Viva a liberdade de expressão, para situacionistas e oposicionistas! Esse blog lê quem quer e a Gazeta compra quem quer!

    Curtir

  2. Pingback: Cancelei minha assinatura da Gazeta do Povo | Blog do Tarso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s