O discurso do prefeito Gustavo Fruet na transmissão de cargo

538012_3766677939004_2086159706_n

Prefeito Gustavo Fruet na transmissão de cargo na frente da prefeitura de Curitiba. Foto de Tarso Cabral Violin

Fiz o caminho inverso: abri mão do conforto de permanecer no governo, de ter cargos no governo, de envolver-me com negócios com governos ou de comprar concessões de serviços públicos. Optei por recomeçar na rua, com o povo. A prática é melhor e mais firme que a retórica, em especial dos bufões! Continuar lendo

A melhor vereadora de Ponta Grossa, Professora Ana Maria, continua sequestrada

Vereadora Professora Ana Maria no seu juramento da posse ocorrida no dia 1º. Foto de Luciano Mendes / especial para a Gazeta do Povo

Vereadora Professora Ana Maria no seu juramento da posse ocorrida no dia 1º. Foto de Luciano Mendes / especial para a Gazeta do Povo

A vereadora de Ponta Grossa/PR, Ana Maria Branco de Holleben (PT), continua sequestrada. Ana Maria, que é a melhor vereadora da cidade, foi raptada por homens armados, que renderam a vereadora e seguiram em um carro Gol branco.

A vereadora foi reeleita nas eleições de 2012 para o terceiro mandato. Hoje ela tomou posse e deveria ter ido para a Câmara Municipal para participar da eleição da Mesa Diretora, mas não apareceu. O carro da vereadora foi encontrado abandonado e com os pneus furados. O caso está com o Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Grupo Tigre), da Polícia Civil, especializado em resgate de reféns e negociação.

10274_388961251175176_703129384_nO motorista e assessor da vereadora, Idalécio Gouveia, que estava com ela no automóvel, foi rendido e agredido, e a ele foi dito “não precisa fazer nada, daqui há pouco será resolvido”. Suspeita-se que o sequestro ocorreu por motivo político. A eleição na Câmara para a presidência estava bem concorrida. Mais tarde os familiares de Ana Maria receberam uma ligação de um número desconhecido e ela disse que estava bem e não deu detalhes sobre sua localização.

Ana Maria é mãe da advogada Flávia Eliza Holleben Piana e prima do ex-prefeito de Ponta Grossa e deputado estadual pelo PT, Péricles de Holleben Mello. Ela tem uma importante atuação na área cultural.

O caso tem repercussão nacional, no Jornal da Globo, além do noticiário local na RPC/Ponta Grossa.

Todo o apoio do Blog do Tarso para a família e amigos da vereadora.

Captura de Tela 2013-01-02 às 02.50.15

Vereador Pedro Paulo será o líder do prefeito Gustavo Fruet na Câmara Municipal

879.mini

O vereador Pedro Paulo (PT) será o líder do governo do prefeito Gustavo Fruet (PDT-PT-PV) na Câmara Municipal de Curitiba. Ele foi convidado pelo prefeito e aceitou o desafio.

Como Pedro Paulo será o líder do prefeito, provavelmente o PT não ocupará nenhum cargo na mesa diretora da Câmara, que terá a presidência de Paulo Salamuni (PV).

Vereador Paulo Salamuni será o novo presidente da Câmara Municipal de Curitiba

Captura de Tela 2013-01-01 às 22.31.20

O Vereador Paulo Salamuni (PV) será eleito em voto aberto amanhã como novo presidente da Câmara Municipal de Curitiba. Faltam pequenas definições sobre os demais membros da mesa diretora.

Não haverá bate-chapa.

Após importante renovação no poder Executivo de Curitiba, com o novo prefeito Gustavo Fruet (PDT-PT-PV), o Poder Legislativo curitibano também passará por modificações essenciais para a cidade.

Há dez anos Lula e o PT assumiam o poder para mudar o Brasil

Lula_posse_2003_632

posse-de-lula

Há 10 anos Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores, tomava posse como Presidente da República. O primeiro trabalhador que se transformou em presidente. Foi eleito com o discurso da esperança contra o medo, e transformou um Brasil em baixa, com miséria, Administração Pública desestruturada, economia em frangalhos, após uma desastrosa gestão tucana de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em um país com milhões de pessoas que saíram da miséria, milhões de pobres que foram para a classe-média, uma potência econômica, uma nação reconhecida internacionalmente, com o direito de organizar uma Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016, o fim das privatizações e do neoliberalismo, com uma Polícia Federal e um Ministério Público independentes que desestruturaram esquemas criminosos, entre diversas outras melhorias.

Oito anos de Lula e mais dois anos com a presidenta Dilma Rousseff (PT) mudaram o país, para melhor!

Um feliz 20PT!

 

fhc_posse_lula_ae_700

Mesmo se estiver garoando a bicicletada com Gustavo Fruet ocorrerá

O Blog do tarso já está preparado para a bicicletada com Gustavo Fruet

O Blog do Tarso já está preparado para a bicicletada com Gustavo Fruet

O prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), e sua vice Mirian Gonçalves (PT), tomarão posse na Câmara Municipal às 16h. Às 17h, mesmo com garoa, ocorrerá uma bicicletada com Fruet entre a Câmara e a prefeitura de Curitiba, onde às 18h ocorrerá a transmissão de cargo.

A bicicletada não ocorrerá apenas se estiver ocorrendo um dilúvio às 17h.

Mas a previsão é de que não esteja chovendo!

Até lá!

O mensalão, as elites e o povo – Luiz Carlos Bresser-Pereira

300px-Bresser_Pereira

Depois do fracasso da aventura neoliberal, as elites se prendem ao velho moralismo liberal

O fato político de 2012 foi o julgamento pelo Supremo Tribunal Federal do processo do mensalão e a condenação a longos anos de prisão de três líderes do Partido dos Trabalhadores com um currículo respeitável de contribuições ao país.

O que significou, afinal, esse julgamento? O início de uma nova era na luta contra a corrupção no Brasil, como afirmaram com tanta ênfase elites conservadoras, ou, antes, um momento em que essas elites lograram afinal impor uma derrota a um partido político que vem governando o país há dez anos com êxito?

Havia um fato inegável a alimentar o processo e suas consequências políticas. O malfeito, a compra de deputados e o uso indevido do dinheiro público existiram. Mas também é inegável que, em relação aos três principais líderes políticos condenados, não havia provas suficientes -provas que o direito penal brasileiro sempre exigiu para condenar. O STF foi obrigado a se valer de um princípio jurídico novo, o domínio do fato, para chegar às suas conclusões.

Se, de fato, o julgamento do mensalão representou grande avanço na luta pela moralidade pública, como se afirma, isso significará que a Justiça brasileira passará agora a condenar dirigentes políticos e empresariais cujos subordinados ou gerentes tenham se envolvido em corrupção. Acontecerá isso? Não creio.

Como explicar que esse julgamento tenha se constituído em um acontecimento midiático que o privou da serenidade pública necessária à justiça? Por que transformou seu relator em um possível candidato à Presidência (aquele, na oposição, com maior intenções de votos segundo o Datafolha)? E por que, não obstante sua repercussão pública, o Datafolha verificou que, se a eleição presidencial fosse hoje, tanto Dilma Rousseff quanto o ex-presidente Lula se elegeriam no primeiro turno?

Para responder a essas perguntas é preciso considerar que elites e povo têm visão diferente sobre a moralidade pública no capitalismo.

Enquanto classes dominantes adotam uma permanente retórica moralizante, pobres ou menos educados são mais realistas. Sabem que as sociedades modernas são dominadas pela mercadoria e pelo dinheiro.

Ou, em outras palavras, que o capitalismo é intrinsecamente uma forma de organização econômica onde a corrupção está em toda parte. O Datafolha nos ajuda novamente: para 76% dos brasileiros existe corrupção nas obras da Copa.

Hoje, depois do fracasso da aventura neoliberal no mundo, as elites, inclusive a classe média tradicional, estão desprovidas de qualquer projeto político digno desse nome e se prendem ao velho moralismo liberal.

Já os pobres, pragmáticos, votam em quem acreditam que defende seus interesses. Não acreditam que elites e o país se moralizarão, mas, valendo-se da democracia pela qual tanto lutaram, votam nos candidatos que lhes inspiram mais confiança.

Não concluo que a luta contra a corrupção seja inglória. Ela é necessária, e sabemos que quanto mais desenvolvido, igualitário e democrático for um país, mais altos serão seus padrões morais. Terem havido condenações no julgamento do mensalão representou avanço nessa direção, mas ele ficou prejudicado porque faltou serenidade para identificar crimes e estabelecer penas.

Ontem, na Folha de S. Paulo

Lei dos meios – Vladimir Safatle

ley-medios-argentina-brasil

Nas últimas semanas, a Argentina voltou ao noticiário brasileiro devido aos imbróglios relativos à aplicação da chamada “Lei dos meios”, responsável pela nova regulamentação dos serviços de comunicação. Alguns viram, no caráter antimonopolista da Lei, a expressão de uma sanha estatal visando limitar a liberdade de expressão, principalmente devido à arquirrivalidade entre o governo Kirchner e o maior grupo de mídia do pais: o grupo Clarín.

No entanto, há um debate importante que deve ser feito de maneira desapaixonada. Ele passa pela resposta à pergunta: “Precisamos ou não de leis que restrinjam a concentração da propriedade de canais de comunicação?”. Ou seja, podemos afirmar que a concentração da mídia não afeta necessariamente o funcionamento da democracia? Continuar lendo

O Blog do Tarso acaba de completar dois anos de vida!

ddt_wasnerblog_aniversario_2anos_02

No dia 1.1.11 o Blog do Tarso foi criado com o intuito de discutir a Política, o Direito e a Administração Pública, sempre com o lema: “ácido, mas sem perder a ternura jamais”.

Obrigado pelos mais de um milhão e quinhentos mil acessos nesses dois anos. Mais de um milhão e trezentas mil visitas apenas em 2012.

Obrigado a todos que acessaram, divulgaram, criticaram, curtiram, compartilharam, seguiram, retuitaram e colaboraram com o Blog do Tarso nesses 2 anos de vida.

Um feliz ano de 2013!

Feliz Ano Novo! Um ótimo 2013!

John Lennon

Happy Xmas (War Is Over)

So this is christmas
And what have you done
Another year over
And new one just begun
And so this is christmas
I hope you have fun
The near and the dear one
The older and the young
A very merry christmas
And a happy new year
Let’s hope it’s a good one
Without any fear
And so this is christmas (war is over…)
For weak and for strong (…if you want it)
The rich and the poor one
The world is so wrong
And so happy christmas
For black and for white
For the yellow and red one
Let’s stop all the fight
A very merry christmas
And a happy new year
Lets hope it’s a good one
Without any fear
And so this is christmas
And what have we done
Another year over
And new one just begun…
And so happy christmas
We hope you have fun
The near and the dear one
The older and the young
A very merry christmas
And a happy new year
Let’s hope it’s a good one
Without any fear
War is over
If you want it
War is over
Now

*****************************

Feliz Natal (A Guerra Acabou)

Então é natal
E o que você tem feito?
Um outro ano se foi
E um novo apenas começa
E então é natal
Espero que tenhas alegria
O próximo e querido
O velho e o Jovem
Um alegre Natal
E um feliz ano novo
Vamos esperar que seja um bom ano
Sem sofrimento
E então é natal (e a guerra terminou…)
Para o fraco e para o forte (…se você quiser)
Para o rico e para o pobre
O mundo é tão errado
E, então, feliz natal
Para o negro e para o branco
Para o amarelo e para o vermelho
Vamos parar com todas as lutas
Um alegre Natal
E um feliz ano novo
Vamos esperar que seja um bom ano
Sem sofrimento
E então é Natal
E o que nós fizemos?
Um outro ano se foi
E um novo apenas começa…
E então Feliz Natal
Esperamos que tenhas alegria
O próximo e querido
E velho e o jovem
Um alegre Natal
E um feliz ano novo
Vamos esperar que seja um bom ano
Sem sofrimento
A guerra acabou , se você quiser
A guerra acabou , se você quiser
A guerra acabou , se você quiser
A guerra acabou , se você quiser

John-Lennon-Happy-XmasRough-127822