Não vivemos uma Democracia no Brasil

Muitos acham que vivemos uma Democracia no Brasil, desde o fim da ditadura militar que ocorreu entre o golpe de 1964 e 1985.

Como diz Celso Antônio Bandeira de Mello, no Brasil vivemos apenas uma Democracia formal, e ainda estamos construindo uma Democracia substancial. Sobre o tema também é leitura obrigatória Fábio Konder Comparato.

Por mais que vivamos no Brasil uma sociedade ocidental, nos termos de Antonio Gramsci, com uma sociedade civil organizada, ainda falta muito para que nossa Democracia participativa, nossa Democracia direta seja implementada de fato no Brasil. Efetivaremos a Democracia participativa em nosso país com o povo participando, de forma efetiva, de audiências/consultas públicas, propondo leis de iniciativa popular, exercendo o controle popular da Administração Pública, decidindo o futuro da Nação por meio de plebiscito, referendo e recall, pressionando os governos por meios de manifestações nas ruas e na internet.

E a Democracia representativa? Vivemos uma Democracia de fato no Brasil? Nossas eleições são democráticas? Nosso sistema eleitoral, com toda a tecnologia da Justiça Eleitoral com as urnas eletrônicas, é eficaz?

Não!

Viveremos uma verdadeira Democracia representativa no Brasil quando:

1. O Estado garantir educação de qualidade para todos os brasileiros, conforme manda nossa Constituição Social e Democrática de Direito de 1988;

2. Não existir mais apenas uma grande empresa de TV e outras duas ou três que dominem a comunicação;

3. Em nossas eleições não for o mais importante a quantidade de dinheiro do candidato, arrecadado de forma lícita ou ilícita, eleições em que o mercado, e não a sociedade civil, decide quem serão nossos governantes;

4. Não existirem mais canais de TV que, mesmo sendo concessões de serviços públicos, agem como verdadeiros partidos políticos ao mudar os destinos de várias eleições, como ocorreu nas eleições presidenciais de 1989 e como está acontecendo na eleição para prefeito de Curitiba em 2012;

5. Realmente o Estado no Brasil for laico e as religiões não interferirem mais em assuntos de interesse público;

6. Os governos não se utilizarem mais dos recursos, bens e servidores públicos para beneficiarem seus candidatos;

7. A legislação eleitoral, a Justiça Eleitoral e o Ministério Público eleitoral agirem pela isonomia nas eleições, não permitindo mais os abusos cometidos por governantes, candidatos, TVs, Igrejas, e ao mesmo tempo não mais agindo apenas para reprimir ações democráticas de cidadãos, blogs, etc., as vezes apenas para mostrar serviço;

8. O eleitor não mais aceitar voto de cabresto de coroneis dos velhos tempos e coroneis modernos, o que já foi pior, mais ainda existe;

9. O povo discutir e participar da política em seu dia-a-dia, e não apenas há alguns dias das eleições, quando isso ocorre;

10. O voto para um vereador for considerado tão importante quanto um voto para presidente da república.

Quem sabe um dia. Sou otimista, já foi pior, estamos melhorando!

Anúncios

4 comentários sobre “Não vivemos uma Democracia no Brasil

  1. Vale tudo por liberdade e justiça social.

    Na minha opinião:

    Quem tem sede de justiça, se tiver acesso a estas informações, vai mudar a forma de pensar!

    O brasileiro pode virar o jogo, com uma simples mudança na lei de imunidade e no foru privilegiado.

    Pois estas leis são retrogradas, e foram criadas pelos imperialistas escravocratas, que não aceitavam serem julgados da mesma maneira que o proletariado, ou seja, cidadão comum.

    Quando cito que com esta pequena mudança poderemos passar o país a limpo, logo aparece um oportunista mascarado tentando convencer os leitores, que esta lei de imunidade foi criada para se evitar injustiça!

    Ledo engano, falacias de gente mal intencionada e eu provo.

    Se esta lei tivesse sido criada para evitar injustiça, por qual motivo ela não foi estendida a toda sociedade, já que é o povo quem mais esta sofrendo com todo tipo de injustiças?

    O “fim da imunidade e do foru privilegiado” Para o Brasil, e para nosso povo, seria algo imensurável, pois sempre que aparece mudanças nas leis, estas leis são votadas e aprovadas por baixo do pano da noite para o dia, mas só servem para oprimir mais o cidadão!

    Então, acham que os políticos vão ceder a tal mudança na lei , ou seja, aceitar assim tão fácil a vontade do povo, mesmo, que em uma democracia deva prevalecer o direito e a vontade da maioria?

    Não é por ignorância; mas é por oportunismo; pois a lei de imunidade só serve para acobertar os políticos corruptos, e o foru privilegiado facilita a negociação de sentenças por cargos e promoções, para acobertar os integrantes das quadrilhas, que estão organizadas dentro do desgoverno.

    E mais, a lei de imunidade esta totalmente na contra mão de direção da constituição, onde cita que todos tem direitos iguais perante a lei.

    Esta lei de imunidade esta totalmente na contra mão da democracia, pois em uma verdadeira democracia, deve prevalecer a vontade e o direito da maioria.

    Se a maioria souber disso, vai aceitar que os políticos tenham imunidade, enquanto pregam democracia?

    Isso é um absurdo, coisa de hipócrita e demagogo!

    Vou citar um exemplo; Joaquim Barbosa foi promovido de juiz a ministro, e tem muita gente o idolatrando; mas Lula o chefe dos mensaleiros que o promoveu de caso pensado, permanece impune!

    Fizeram um teatrinho, “CPI”, que só deu mais despesas aos cofres públicos para iludir o povo! Assim como tantas outras CPIS.

    Enfim; veja se algum mensaleiro devolveu um centavo do valor surrupiado!

    E quando Joaquim Barbosa ia julgar os bois de piranha, a mídia lhe dava o maior respaldo!
    Mas agora que ele passou a distribuir prisões domiciliares, tudo esta acobertado; a mídia que o tornou um ídolo para os desinformados, se calou, e poucos estão sabendo como vem funcionando a verdadeira Justiça brasileira!

    Para estes mensaleiros e outros bandidos que roubaram bilhões, e se tornaram bilionários da noite para o dia, o crime compensou, pois os bandidos vão ter ferias renumeradas, em suas mansões que foram compradas com as verbas publicas! Sangue e suor da população!

    Verbas que poderiam serem investidas, em segurança, em melhores salários para os aposentados, em educação, saúde, moradia.

    Imagine todos mensaleiros adoecendo ao mesmo tempo; estão, ou não estão nos menosprezando, abusando do nosso raciocino, da nossa inteligencia?

    Até o cidadão mais inocente do mundo, aquele que nenhum crime cometeu, quer estar no lugar destes bandidos sofrendo, ou seja, gozando estas punições em suas mansões, com ferias renumeradas, cinema, sauna, piscina, e toda espécie de mordomia.

    Até quando vamos aceitar ser ludibriados por este ministério publico vendido, e por estes políticos corruptos e canalhas?

    Para quem não sabe: Prisão domiciliar

    Modalidade em que a pessoa fica recolhida a sua casa em vez de ser internada na penitenciária ou casa de detenção. O tempo da prisão domiciliar é computado na execução da pena.
    qualquer duvida acesse: http://www.jusbrasil.com.br/topicos/321121/prisao-domiciliar

    Com o fim da imunidade; seja politico quem quiser, se não acha justo ser politico sem ter imunidade, vai carpir café, troca de lugar com o policial, com o professor; mas se quer ser politico, terá que ser honesto; e se roubar devera ser julgado por quem o elegeu, ou seja devera ser julgado por um juri popular, e se condenado devera ser punido e devolver o valor surrupiado.

    Isso sim seria justiça!

    Nos EUA não existe esta lei de imunidade para acobertar corrupto.

    O corrupto sabe o risco que corre, se for pego é punido e devolve o valor surrupiado!
    Chega de aceitar mudanças nas leis só para oprimir o cidadão comum, precisamos de justiça!

    Enfim quem realmente quer mudança leia. e se estiver de acordo, assine e ajude a divulgar!

    Abaixo assinado pelo fim da imunidade

    http://www.jusbrasil.com.br/topicos/321121/prisão-domiciliar

    ESTE É O PRIMEIRO PASSO PARA TERMOS UM PAÍS DEMOCRÁTICO, COM DIREITOS IGUAIS E JUSTIÇA SOCIAL! O resto não passa de lorotas, promessas fantasiosas que não nos levam a nada.

    Curtir

    • Concordo plenamente com você, acho que temos sim q reivindicar nossos direitos, e ter a democracia que logo ja diz o nome ” poder do povo” e isto esta mais para ” poder dos políticos”, noto que infelizmente minha geração não está nem um pouco interresada em nosso país, e nem muito menos no que acontece nele.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s