Vem para o Facebook e Twitter para discutir o debate!

O Blog do Tarso está comentando o debate no Twitter e Facebook.

Anúncios

Recomendo voto na Professora Josete 13613 e voto Gustavo Fruet 12

Doutor Rosinha, Professora Josete, Tadeu Veneri e Gustavo Fruet

O Blog do Tarso vem divulgando os votos de personalidades, professores, advogados e formadores de opinião de Curitiba para prefeito e vereador.

O deputado federal Doutor Rosinha, um dos mais atuantes e combativos na Câmara dos Deputados, recomenda voto na Professora Josete 13613 para vereadora, salientando que em uma eleição difícil como essa, ele acha de suma importância a recondução da Josete, pela atuação na Câmara, principalmente no Caso Derosso, e ainda declara voto em Gustavo Fruet 12.

Wilson Ramos Filho (Xixo) vai votar para vereador na legenda 13 (PT) e para prefeito no 12 de Gustavo Fruet (PDT); João Bonifácio Cabral Junior votará Vitório Sorotiuk 13131 (PT) e Gustavo Fruet 12; André Passos vota Roseli Isidoro 13213 (PT) e Gustavo Fruet 12; Samir Namur vai votar para vereador na Xênia Mello 50069 e para prefeito no Bruno Meirinho 50 (PSOL); Maicon Guedes votará em Jonny Stica 13000 (PT) e Gustavo Fruet 12; Cláudia Moreira recomenda voto na Professora Josete 13613 (PT) e Gustavo Fruet 12; Tadeu Veneri vai votar no Professor Paixão 13500 (PT) e Gustavo Fruet 12; Cristiane Pereira de Andrade vota Bernardo Pilotto 50500 (PSOL) e Bruno Meirinho 50; Nasser Ahmad Allan vota PT 13 e Gustavo Fruet 12; Tania Mandarino vota PT 13 e Gustavo Fruet 12; Nabylla Fiori vota Wagner 50100 e Bruno Meirinho 50; Mário Cândido vota Sesóstris 13285 e Gustavo Fruet 12; Emmanuel Appel vota André Machado 13130 (PT) e Gustavo Fruet 12; José Carlos Sucupira vota 15 e Rafael Greca 15; Cristiano Dionísio votará na legenda 12 para vereador e Gustavo Fruet 12; Jaime José Bilek Iantas vota Vitório Sorotiuk 13131 e Gustavo Fruet 12; Thea Tavares vota Roseli Isidoro 13213 e Gustavo Fruet 12; Claudinho “Ahnão” Castro vota na legenda do PV 43 para Gustavo Fruet 12; Ludimar Rafanhim vota Professora Josete 13613 e Gustavo Fruet 12; José Affonso Dallegrave Neto vota Alaor Valente 23400 e Gustavo Fruet 12; Marcelo Jugend vota Pedro Paulo 13.111 e Gustavo Fruet 12; Gabriel Merheb Petrus vota Roseli Isidoro 13213 e Gustavo Fruet 12; Márcia Magalhães vota Mario Celso Jr e Gustavo Fruet 12; Márcio Kieller vota Eustáquio Moreira 13121 e Gustavo Fruet 12; Adriano Rima vota Professora Josete 13613 e Gustavo Fruet 12.

Você é uma personalidade em Curitiba? É um professor, um líder em seu segmento, um formador de opinião? O Blog do Tarso está divulgando o voto de personalidades da capital para os cargos de prefeito e vereador de Curitiba. Envie seu mini currículo (com sua foto, se desejar), o nome, número e partido dos seus candidatos a vereador e prefeito, e a justificativa de voto. Voto na legenda para vereador, nulo ou branco também vale. Se quiser enviar o santinho digital de seu candidato, fique a vontade. Favor enviar para o e-mail tarsocv@gmail.com.

O Blog do Tarso adverte: votar em Luciano Ducci (PSB) e nos vereadores da Lista Proibida faz mal para Curitiba!

Beto Richa faz campanha em horário de trabalho

Beto Richa fazendo campanha em horário de trabalho. Foto de Walter Alves / Gazeta do Povo

A Gazeta do Povo de hoje fez uma denúncia grave, com provas: o governador do Paraná Beto Richa (PSDB) fez campanha para Luiz Carlos Setim (DEMO) para prefeito de São José dos Pinhais, passeando ontem, em plena quarta-feira, com o candidato exatamente às 16h, ou seja, durante o horário de trabalho. Ele estava com adesivo do candidato. Lembremos que ele não está licenciado, ou seja, está recebendo sua remuneração, paga por todos nós paranaenses.

Talvez com medo de uma represália do governador, com corte de verbas publicitárias, a matéria da Gazeta informa que a presidenta Dilma Rousseff participou durante a tarde de ontem de comício para Patrus Ananias (PT) em Belo Horizonte. Mas a informação da Gazeta é incorreta, por Dilma participou do comício apenas depois das 19h.

A pergunta que fica: o que o Ministério Público eleitoral fará contra Beto Richa? E se fizer, vai pedir aplicação de multa de R$ 5.000,00 para o governador? E vergonhoso, quando lembramos que ao editor-presidente do Blog do Tarso, Tarso Cabral Violin, foi aplicada multa de R$ 106 mil pela divulgação de duas simples enquetes.

Não vivemos uma Democracia no Brasil

Muitos acham que vivemos uma Democracia no Brasil, desde o fim da ditadura militar que ocorreu entre o golpe de 1964 e 1985.

Como diz Celso Antônio Bandeira de Mello, no Brasil vivemos apenas uma Democracia formal, e ainda estamos construindo uma Democracia substancial. Sobre o tema também é leitura obrigatória Fábio Konder Comparato.

Por mais que vivamos no Brasil uma sociedade ocidental, nos termos de Antonio Gramsci, com uma sociedade civil organizada, ainda falta muito para que nossa Democracia participativa, nossa Democracia direta seja implementada de fato no Brasil. Efetivaremos a Democracia participativa em nosso país com o povo participando, de forma efetiva, de audiências/consultas públicas, propondo leis de iniciativa popular, exercendo o controle popular da Administração Pública, decidindo o futuro da Nação por meio de plebiscito, referendo e recall, pressionando os governos por meios de manifestações nas ruas e na internet.

E a Democracia representativa? Vivemos uma Democracia de fato no Brasil? Nossas eleições são democráticas? Nosso sistema eleitoral, com toda a tecnologia da Justiça Eleitoral com as urnas eletrônicas, é eficaz?

Não!

Viveremos uma verdadeira Democracia representativa no Brasil quando:

1. O Estado garantir educação de qualidade para todos os brasileiros, conforme manda nossa Constituição Social e Democrática de Direito de 1988;

2. Não existir mais apenas uma grande empresa de TV e outras duas ou três que dominem a comunicação;

3. Em nossas eleições não for o mais importante a quantidade de dinheiro do candidato, arrecadado de forma lícita ou ilícita, eleições em que o mercado, e não a sociedade civil, decide quem serão nossos governantes;

4. Não existirem mais canais de TV que, mesmo sendo concessões de serviços públicos, agem como verdadeiros partidos políticos ao mudar os destinos de várias eleições, como ocorreu nas eleições presidenciais de 1989 e como está acontecendo na eleição para prefeito de Curitiba em 2012;

5. Realmente o Estado no Brasil for laico e as religiões não interferirem mais em assuntos de interesse público;

6. Os governos não se utilizarem mais dos recursos, bens e servidores públicos para beneficiarem seus candidatos;

7. A legislação eleitoral, a Justiça Eleitoral e o Ministério Público eleitoral agirem pela isonomia nas eleições, não permitindo mais os abusos cometidos por governantes, candidatos, TVs, Igrejas, e ao mesmo tempo não mais agindo apenas para reprimir ações democráticas de cidadãos, blogs, etc., as vezes apenas para mostrar serviço;

8. O eleitor não mais aceitar voto de cabresto de coroneis dos velhos tempos e coroneis modernos, o que já foi pior, mais ainda existe;

9. O povo discutir e participar da política em seu dia-a-dia, e não apenas há alguns dias das eleições, quando isso ocorre;

10. O voto para um vereador for considerado tão importante quanto um voto para presidente da república.

Quem sabe um dia. Sou otimista, já foi pior, estamos melhorando!