Governo Beto Richa prendeu estudantes com antiácidos no Massacre de Curitiba

14238

Segundo estudantes que foram presos e agredidos no Massacre do Centro Cívico em Curitiba, no dia 29 de abril de 2015, eles foram presos portando vinagre e antiácidos efervescentes usados para suavizar as ações dos sprays de pimenta e das bombas de gás lacrimogêneo.

Além disso uma estudante teve que ficar nua e foi xingada por policiais, dentro da sede do governo Beto Richa, o Palácio Iguaçu.

O Ministério Público estão investigando se o governador Beto Richa (PSDB) e o secretário de segurança Fernando Franscischini praticaram improbidade administrativa, com desrespeito aos direitos de manifestação e gastos elevadíssimos de recursos públicos na repressão de manifestantes e deixando em descoberto outras regiões de Curitiba e do Paraná.

Anúncios

3 comentários sobre “Governo Beto Richa prendeu estudantes com antiácidos no Massacre de Curitiba

  1. Houve excessivo abuso da autoridade, violência despropositada contra cidadãos ordeiros, improbidade administrativa revelada nos excessivos gastos da PM e uma falta muito grande de capacidade de administrar o governo do estado. GREVE GERAL para correr com Beto Richa!

    Curtir

  2. Estranho não? De repente os policiais enraivecidos partiram, sem qualquer motivo, para cima dos ordeiros professores, que disciplinadamente, se postavam onde determinado pelas autoridades… Sabe de nada inocente!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s