50 min de desespero: vídeo do massacre dos professores em Curitiba

Protesto-Professores-Daniel-Castellano-30-3931-kgFD-U10988540636EiH-1024x683@GP-Web

Veja o vídeo exclusivo do Blog do Tarso com os 50 minutos iniciais do Massacre do Centro Cívico em Curitiba, sem cortes, desde o exato momento que começou a barbárie no dia 29 de abril de 2015, exatamente às 14h56:

Filmado pelo autor do Blog do Tarso, o advogado e professor Tarso Cabral Violin, que foi ferido logo no início.

O filme mostra cenas chocantes de desespero e tristeza de professores, servidores, estudantes e cidadãos. Queriam simplesmente acompanhar e pressionar os deputados contra a votação de um Projeto de Lei proposto pelo governador Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa do Paraná. Projeto que confisca dinheiro dos servidores no fundo de previdência para pagar a conta do governo irresponsável que quebrou o Estado.

Relato completo do vídeo:

14h26min do dia 29 de abril de 2015 (quarta-feira): ao sermos informados pelo caminhão de som da APP-Sindicato que os deputados não aceitaram o pedido dos senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT) de arquivamento do projeto, é iniciado o Massacre do centro Cívico.

01min17: sou atingido pelo estilhaço de uma bomba, apenas por estar filmando a manifestação e tentando ser observador para que os direitos fundamentais fossem garantidos.

8min: manifestante ferido com bala de borracha próximo à única ambulância existente.

12min: ambulância não consegue sair do Massacre, por causa de ônibus da PM.

15min07: momento de esperança, sessão da Assembleia Legislativa suspensa.

16min30: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

20min37: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

22min: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

23min: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

26min10: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

33min: senadora Gleisi discursa, informando que a negociação junto com Requião continua. Bombas continuam e ela pede para pararem.

37min26: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

40min30: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

42min: deputado Toninho (PT) discursa.

46min: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

47min: bombas jogadas próximas à Prefeitura de Curitiba, em manifestantes simplesmente parados.

49min05: cadeirante tenta fugir do massacre

Anúncios

2 comentários sobre “50 min de desespero: vídeo do massacre dos professores em Curitiba

  1. Nós professores deveríamos incentivar nossos alunos a compor poemas e redações e pesquisas sobre a vida de cada um desses deputados-Judas Iscariotes. Cada um deve ter sua vida estudada. Quem eram seus pais, avós e irmãos. Deveríamos fazer os alunos estudarem em quantos escândalos e negociatas estiveram metidos, quantos crimes cometeram e depois, num aula de cidadania, virem todos no Ministério Público, protocolar suas redações e seus trabalhos, pedindo aos ilustres “procuradores” que procurem fazer justiça e honrar seus salários processando esses facínoras, covardes e corruptos que mancham o nome da Assembléia legislativa. Isso pode ser feito tanto no ensino fundamental , como no médio e como no superior e pós graduação. Vamos estudar a vida desses bandidos, exigir que sejam processados pelos vários crimes que cometeram mas que estão encobertos pela ineficiência do ministério público e do judiciário, quando o criminoso é um desses que se creem donos do estado ou de algumas de suas regiões. A memoria do povo é curta porque nós não escrevemos essas memórias nem nos ocupamos de sua conservação. Chega de chororô contra essa quadrilha. Temos é que fazê-los perder seus mandatos JÁ, IMEDIATAMENTE, ou então IMPEDIR QUE VOLTEM À ASSEMBLEIA SENÃO VÃO CONTINUAR TRAINDO O POVO E APUNHALANDO-O PELAS COSTAS. Chega de passividade e de nos limitarmos a ficar nos blogs xingando esses bandidos.É preciso TRABALHAR PARA QUE PERCAM OS MANDATOS. Senão o Beto continuará a fazer o que quiser, pois transformou a Assembléia num cassino e num bordel. Vamos fazer isso nas aulas de Português, de Direito, de Estudos Sociais, de sociologia, de História, etc. Por favor difunda essa ideia Tarso!

    Curtir

  2. Está dando fora do ar pelo Dropbox. Seria possível subi-lo no youtube ou vimeo?
    Nem que fosse repartido em pequenos trechos. Grato!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s