Secretário “Sogra Fantasma” de Beto Richa consegue Foro Privilegiado no TJ. Manifestação marcada para sexta

Captura de Tela 2013-06-26 às 23.30.05

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), escolheu o senhor Ezequias “Sogra Fantasma” Moreira como novo Secretário Especial do Cerimonial e Relações Internacionais do Paraná. Ezequias é o pivô do escândalo da sogra fantasma. Ele admitiu publicamente que desviou recursos dos cofres da Assembleia Legislativa do Paraná. A sogra de Ezequias, Verônica Durau, possuía cargo em comissão na AL por 11 anos e ela mesmo admitiu que jamais trabalhou lá. Seus salários eram depositados na conta de Ezequias, que depois do escândalo devolveu R$ 530 mil aos cofres públicos. Foi condenado por ato de improbidade administrativa e ainda responde na Justiça pelo crime de desvio de dinheiro público. Richa já defendeu Ezequias citando a Bíblia: “perdoar o pecador e não o pecado”. Ezequias já foi assessor de Richa quando ele era deputado estadual e prefeito de Curitiba, e já fazia parte do governo Richa como diretor da Sanepar, com salário de R$ 30 mil mensais. Por causa disso a Gazeta do Povo chamou Beto Richa de imoral e paladino da impunidade.

Depois de perder em primeira instância, Ezequias conseguiu hoje uma liminar que o concede foro privilegiado, ou seja, só poderá ser julgado pelo Tribunal de Justiça. Isso por ele ser agora um Secretário de Estado!

Por causa desse absurdo está sendo organizado um movimento contrário ao patrimonialismo, nepotismo, corrupção, privatização, clientelismo e precarização da Administração Pública estadual, uma manifestação a ser realizada na próxima sexta-feira (05), às 18h, na Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 1541, Ecoville, Curitiba (rápida Champagnat-Ecoville, na frente da panificadora Spazio Di Pani).

Pela destituição do secretário e contra as privatizações que ocorrem no Estado, que podem gerar mais corrupção.

Participe, divulgue: há um evento criado no Facebook, clique aqui.

 

2 comentários sobre “Secretário “Sogra Fantasma” de Beto Richa consegue Foro Privilegiado no TJ. Manifestação marcada para sexta

  1. CNJ investiga presidente do TJ

    O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Clayton Camargo, está sob investigação do Conselho Nacional de Justiça. Segundo o jornalista Lauro Jardim, que assina o blog “Radar on-line”, o CNJ abriu um procedimento contra ele para investigar um suposto tráfico de influência na tentativa de emplacar seu filho, deputado estadual Fábio Camargo, no Tribunal de Contas do Estado.

    Segundo o jornalista, quem também se enrolou no Conselho foi a filha de Clayton, a juíza Vanessa Camargo. “O procedimento contra a magistrada foi aberto para apurar atos ilícitos de quando ela era titular da Vara de Falências e nomeava seu irmão Fábio para gerir massas falidas sob sua tutela”.

    Lauro Jardim conclui a nota dizendo que “quem acompanha de perto os casos da família Camargo não tem dúvida de que os dois procedimentos são apenas o início de uma série que deve ser aberta pelo corregedor Francisco Falcão”.

    Curtir

  2. Aproveitem para se manifestar contra o “jacuzismo” do genro fantasma, pelo seu cabelinho pintado, que tá a coisa mais triste do mundo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s