Ainda sobre o Reinaldo Azevedo da Veja

Reinaldo Azevedo e seu amigo, o tucano José Serra

Reinaldo Azevedo e seu amigo, o tucano José Serra

Muito dizem que não vale a pena falar sobre o que Reinaldo Azevedo, da revista Veja, falou sobre o arquiteto comunista Oscar Niemeyer, falecido na quarta-feira (5).

Disse que Oscar Niemeyer era metade gênio, metade idiota, por ser comunista.

Não, Reinaldo Azevedo não questionou o arquiteto Oscar. Por mais que, por incrível que pareça, ontem mesmo alguns questionaram até a qualidade das obras de Niemeyer. Teve gente, por exemplo, que falou mal do urbanismo de Brasília, esquecendo-se que o urbanista da capital federal foi Lúcio Costa.

Mas Azevedo chamou Oscar de idiota por ele ser comunista. Não percebe, o verdadeiro imbecil, que a visão política e social de Oscar está em praticamente todas as suas obras.

Não percebe Reinaldo o quanto as palavras e ideias de Oscar também eram belas, como as seguintes enviadas ao Blog do Tarso pela leitora Marilisa Fonseca de Lima Lange, do livro “Nas curvas do tempo” de Oscar Niemeyer:

“Nunca fui contra qualquer movimento de protesto. É preciso protestar. Uma palavra que seja, dita com coragem, na hora certa, só merece apreço. Muitas vezes, quando a miséria é demais e os homens a esquecem, a solução é reagir.”

“Dentro das minhas limitações de simples arquiteto, sinto com tristeza a situação do meu país. A miséria imensa que o cobre e o desprezo da burguesia multiplicando-a.”

“Eis que lhes devia dizer sobre a minha arquitetura feita com coragem e e idealismo, mas consciente de que o importante é a vida, os amigos, e esse mundo injusto que precisamos melhorar.”

Muitos dizem que não devemos divulgar a revista Veja e o próprio Reinaldo.

Discordo. Não acredito que apenas imbecis lêem a revista Veja. Claro, muitos imbecis lêem a Veja. Mas muitas pessoas continuam lendo a revista por costume, as vezes até costume de família. Alguns leitores não percebem o quanto a revista Veja representa apenas uma pequena parcela conservadora de ultra-direta do Brasil. Ainda acredito que essas pessoas que continuam lendo a Veja, quando se deparam com idiotices como as ditas pelo Reinaldo Azevedo, aos poucos vão deixar de assinar e comprar a Veja. A Veja já perdeu vários leitores para outras revistas, jornais e para a própria blogosfera. E a tendência é acabar. Ou se manter como a revista oficial de uma minúscula parcela da sociedade que acha que ainda está no período da monarquia ou do liberalismo do século XIX.

Para terminar, um sambinha composto por Oscar Niemeyer:

7 comentários sobre “Ainda sobre o Reinaldo Azevedo da Veja

  1. Acho o preconceito idiota. E acredito que todo idiota é preconceituoso. Quão mais inteligente não é a pluralidade de idéias, de opiniões? As demonstrações acima, de intolerância recíproca, acabam por esconder a relevância do assunto expondo apenas esta dispensável faceta dos envolvidos.

    Curtir

  2. Voto com relator. Reinaldo e Tarso, farinha do mesmo saco, só que de lados opostos. Cadê o ombudsman minha gente!!!!

    Curtir

  3. Pois o Reinaldo tem liberdade para declarar suas opiniões políticas acerca do Niemayer.

    Escolheu o momento errado, e paga por isto, seus inimigos aproveitam a brecha para atacar como podem.

    Não é porque ele morreu que tem que ser blindado, santificado. Deus o tenha, mas vamos ter Liberdade para julgar o seu legado e pensamento.

    Curtir

  4. “Um Homem não pode ser julgado pelas suas idéias e sim pelas suas ações.” Sendo assim, Niemeyer nunca será julgado.

    Curtir

  5. Não devemos comentar os impropérios do insignificante Azevedo ao gênio Niemeyer. O cara é apenas um chupa-ovo medíocre do patrãozinho… Dar atenção a esta besta quadrada é bater palmas para louco dançar!

    Curtir

    • O mais relevante neste caso é que o Tarso, para poder destilar seu veneno, ignora o texto do Reinaldo Azevedo, ignora o cerne da questão: a dicotomia entre a visão arquitetônica do gênio e a cegueira humanitária de quem defendeu a vida toda assassinos em massa. Outro ponto fundamental: o artigo é de 5 anos atrás e poderia ser questionado à época pelo próprio Niemeyer. Já está na hora de parar com críticas e acusações genéricas e apontar os fatos, os erros reais do Reinaldo e da Veja. Isto não é feito porque faltam argumentos e capacidade crítica a quem ama odiar a dupla. É verdade que já encontrei críticas pertinentes a eles, mas são raras, muito raras. Em geral são apenas um trololó para os desinformados de sempre.

      Curtir

Deixe uma resposta para Pedro Paulo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s