Entrevista com Tarso no Viomundo

Tarso (Blog do Tarso) e Azenha (Viomundo) participaram de mesa sobre democratização da mídia no #2ParanáBlogs em 2013, com André Vieira, Roberto Requião e Conceição Oliveira (Maria Frô)

O site Viomundo, do qual são editores os respeitados jornalistas Luiz Carlos Azenha e Conceição Lemes, publicaram uma entrevista com o advogado e professor universitário Tarso Cabral Violin, autor do Blog do Tarso, sobre o Crowdfunding Eu Tarso pela Democracia para arrecadar R$ 200 mil para o pagamento das duas multas aplicadas pela Justiça Eleitoral a pedido do grupo do governador Beto Richa (PSDB) e do ex-prefeito de Curitiba e atual deputado federal,m Luciano Ducci (PSB).

Veja a matéria e entrevista completa realizada por Conceição Lemes aqui.

Captura de Tela 2015-11-30 às 00.45.47

Viomundo abraça campanha de crowdfunding do Tarso

Captura de Tela 2015-11-12 às 16.02.35

O Viomundo, um dos sites mais acessados e respeitados do Brasil, entrou na campanha Eu Tarso pela Democracia, em defesa da liberdade de expressão e para arrecadação de R$ 200 mil para pagamento de uma multa confiscatória absurda.

Luiz Carlos Azenha, jornalista, escritor e blogueiro, editor do Viomundo, e Conceição Lemes, editora do Viomundo e responsável pelo Blog da Saúde (é a mais premiada repórter de saúde do Brasil), já haviam assinado o manifesto dos comunicadores, blogueiros, jornalistas e internautas em apoio à liberdade de expressão, à Democracia e à campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) de Tarso Cabral Violin, que precisar pagar multa de R$ 200 mil nos próximos dias.

Captura de Tela 2015-11-12 às 16.03.48

O Viomundo incluiu em local de destaque no site um banner com a logo da campanha e link para o site Eu Tarso pela Democracia.

Já assinaram o manifesto dos comunicadores e internautas Paulo Henrique Amorim, Luis Nassif, Iroel Sánchez (Cuba), o senador Roberto Requião, a ex-Ministra da Cultura Ana de Hollanda, o ex-Ministro-Chefe da Secretaria de Comunicação
Franklin Martins, Dilma Bolada, entre vários outros blogueiros, jornalistas, ativistas digitais e internautas.

Tarso, advogado, professor e autor do Blog do Tarso, recebeu, injustamente e de forma totalmente desarrazoada, a pedido do grupo político do governador Beto Richa (PSDB), duas multas do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, por causa de duas simples enquetes, no valor que hoje já está em aproximadamente R$ 200 mil reais. Mais informações no site eutarsopelademocracia.com.br.

Se você é um internauta, ativistas digital, blogueiro, jornalista ou comunicador, assine também o manifesto dos comunicadores, blogueiros, jornalistas e internautas.

Contribua aqui, pois Tarso terá que arrecadar em alguns dia R$ 200 mil.

E o mais importante: solicitamos que cada blog, site e ativista digital do Brasil inclua um banner da campanha, faça um post, compartilhe, pois por mais que já tenhamos atingido 17% da arrecadação em duas semanas, ainda falta muito a ser arrecadado.

Dilma e as organizações sociais – OS

dilma___1

A presidenta Dilma Rousseff (PT) não privatizou a saúde, educação e a cultura por meio de organizações sociais – OS.

Dilma apenas se utilizou de OS no Plano Inova Empresa ao criar a OS Empresa Brasileira para Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que visa fomentar o processo de cooperação entre empresas nacionais, principalmente pequenas e médias, e instituições tecnológicas ou instituições privadas sem fins lucrativos voltadas a pesquisa e desenvolvimento (P&D).

O problema é que o MEC e MCTI também querer burlar concurso público por meio de OS e privatizar a educação.

Dilma concedeu ontem (26) entrevista com os blogueiros progressistas Renato Rovai (Blog do Rovai e Revista Fórum), Altamiro Borges (Blog do Miro), Conceição Oliveira (Blog da Maria Frô), Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania), Conceição Lemes (Viomundo), Miguel do Rosário (O Cafezinho), Paulo Moreira Leite (Brasil 247) e Kiko Nogueira (Diário do Centro do Mundo).

Conceição Lemes (Viomundo) perguntou sobre a saúde e as OSs (aproximadamente 1h01min). Dilma disse que não defende as OSs em geral, porque tanto a gestão pública quanto privada podem ser eficientes ou ineficientes. Ela informou que já foi totalmente contrária às OSs, mas hoje não é inimiga e deu a entender que talvez seja possível a OS apenas para laboratórios.

Minha posição: OSs podem ser utilizas para fins de fomento, desde que a saúde público-estatal seja a regra. E OS não pode ser utilizada para fins de privatização/terceirização de hospitais com o intuito de burla ao concurso público, licitações e responsabilidade fiscal.

Veja a entrevista completa: