Governar para os pobres e para a classe-média e romper com as elites financeiras

dilma-oficial

Nas manifestações de hoje participaram menos de um por cento dos brasileiros e em sua maioria foram compostas por ricos e membros da classe média-alta.

Mesmo assim a presidenta Dilma Rousseff (PT) deve se utilizar desse movimento para ajustar seu governo no rumo da manutenção das conquistas sociais para os miseráveis e pobres e para a ampliação de conquistas para a classe-média.

Para isso a saída é o rompimento com o mercado financeiro.

Taxação das grandes fortunas e aumento substancial do imposto de transmissão de bens intervivos, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos da América, o que seria uma ação junto aos estados e municípios.

Aumento substancial da educação e saúde públicas, estatais, universais e gratuitas, como manda a Constituiçao de 1988, a exemplo de Cuba e vários países europeus, o que desoneraria a classe-média do pagamento de escolas particulares e planos de saúde.

Aumento substancial do investimento junto aos estados e municípios no transporte público e em ciclovias, para diminuir o trânsito de automóveis nas ruas e reduzir os gastos da classe-média com transporte motorizado individual.

Incentivo, fomento e desoneração ainda maior para micros, pequenas empresas e cooperativas.

Um escalonamento da cobrança do Imposto de Renda com isenção total para também a classe-média-média, e aumento do pagamento por milionários e ricos.

Ações que seriam realizadas junto com o Parlamento, estados, municípios, brasileiros pobres, classe-média e pequenos empresários. Os milionários, ricos, bancos, Rede Globo, Veja e velha mídia seriam contrários, mas Dilma teria amplo apoio da sociedade, que cobraria nossos parlamentares e o Poder Público nesse sentido.

Isso não é revolução, é reforma. Uma reforma que já correu nos países desenvolvidos no século passado e que é o mínimo que se pretende de um governo de centro-esquerda.

Anúncios

8 comentários sobre “Governar para os pobres e para a classe-média e romper com as elites financeiras

  1. olha tarso investir em micros eu concordo,na educação,transportes saude se for bem investido tambem mas sabe o que vai acontecer se aumentar a taxa para os ricos?eles vão pegar suas posses e sair do brasil,um termo conhecido como fuga de celebros,e a nossa economia seria impactada.e não achoque a classe media media deva parar de pagar imposto de renda pois nos perderiamos muito na arrecadação,mesmo se os ricos forem idiotas e ficarem aqui.

    Curtir

  2. A elite petista é capitalista, por meios próprios, como os concorridos consultores José Dirceu e Antônio Palocci ou por vias indiretas, como Aluízio Mercadante, Lula e seus filhos prodígios. Portanto, nada do que você escreve será feito pelo PT. Já teve 12 anos, incluindo 8 do melhor presidente das galáxias e nada. Discurso, como sempre, dissociado da prática.

    Curtir

    • Guaratubino, vc já reparou que nenhum membro da “elite petista” está nos escândalos do Banestado, Privataria, Trensalão e agora o Suiçalão….porém todos eles estão recheados de tucanos gordos que o PIG e você por tabela, ignoram solenemente.

      Curtir

  3. Caro Tarso, essa é a ultima vez que olho seu blog ou me manifesto. Isso foi conselho de alguns amigos, inclusive petistas e de esquerda que também acham que você fala sozinho. Olha, depois de quinze de março, hoje, não há o que falar, acho que em breve você será conhecido como o “ultimo defensor do governo Dilma”…e sem cargo…isso é realmente admirável, agora, ler o que voce escreve, te levar a sério…acho que nem a Dilma…BYE BYE, FUI…NUNCA MAIS !!!!

    Curtir

  4. Isso mesmo Tarso, inclusive o imposto sobre grandes fortunas que foi prometido e tributaria os grandes capitais a favor do povo foi instituido.
    Ah esquece… ja foram 12 anos e partidão do povo deve ter esquecido…

    Curtir

  5. Tarso, adicionalmente às suas propostas, a presidenta e sua coalizão precisam se comunicar melhor com a população e mostrar que queremos caminhar para os padrões de uma sociedade escandinava. Trabalho em uma empresa européia e meus contatos no exterior possuem uma imagem muita boa do Brasil, de que finalmente está atacando a corrupção e suas mazelas seculares, mas a elite o PIG distorcem isso porque não é do interesse deles e infelizmente eles acabam contaminado a população e o ambiente de negócios e da economia nacional como um todo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s