Manifesto dos Juristas em apoio à Dilma 13 será lançado em Curitiba na 4ª feira

Na quarta-feira (8), 19h, será lançado em Curitiba no Hotel Mercure o Manifesto dos Juristas, Professores Universitários e Estudantes de Direito em apoio à reeleição da Presidenta Dilma Rousseff (PT), que já tem a assinatura do Prof. Dr. Celso Antônio Bandeira de Mello, o maior jurista do Direito Administrativo brasileiro, assim como vários outros grandes juristas, advogados e professores de Direito do país.

O manifesto será divulgado na quarta no site: manifestojuristasdilma13.com.

Você quer conhecer o texto e assinar o manifesto? Envie nome completo e mini-currículo para o e-mail tarsocv@gmail.com.

O evento será uma reunião entre operadores do Direito para debater e organizar a campanha da presidenta em Curitiba.

Serviço:

Reunião Operadores do Direito – Agora é Dilma 13

Rua Alferes Angelo Sampaio, 1177. Quarta-feira (8 de outubro), 19h.

Mercure Curitiba Batel Hotel

7104_408148839337528_5042838490153945456_n-2

Anúncios

Marcelo Freixo vai votar Dilma 13

F

Marcelo Freixo é o heroi do filme Tropa de Elipe

Hoje (6) o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) declarou voto na presidenta Dilma Rousseff (PT) no segundo turno: “não admito a possibilidade de um retrocesso que eu entendo que possa haver com um governo tucano. Independente do que o partido vier a decidir, eu vou votar na Dilma no segundo turno”.

Freixo foi o deputado mais bem votado no Rio e recebeu 350 mil votos, em campanha apenas com doação de pessoas físicas. O personagem heroi do filme Tropa de Elite foi inspirado nele.

Operadores do Direito que apoiam Dilma em Curitiba vão se reunir na quarta

Captura de Tela 2014-10-05 às 15.21.18

Na quarta-feira (8) advogados, professores e estudantes de direito reunir-se-ão no Mercure Curitiba Batel Hotel, para debater e organizar a campanha da presidenta Dilma Rousseff (PT) 13 no segundo turno.

Nessa reunião será lançado o manifesto dos juristas, professores universitários e estudantes de Direito em apoio à Dilma 13. Caso queira assinar ou solicitar o texto do manifesto, favor enviar e-mail para tarsocv@gmail.com.

O manifesto será divulgado no site: manifestojuristasdilma13.com

Serviço:

Reunião Operadores do Direito – Agora é Dilma 13

Rua Alferes Angelo Sampaio, 1177. Quarta-feira (8 de outubro), 19h.

Mercure Curitiba Batel Hotel

PT continua sendo o maior partido da Câmara dos Deputados e o segundo do Senado

i047539_272

O Partido dos Trabalhadores continua sendo o maior partido na Câmara dos Deputados e o segundo no Senado Federal.

O PT tinha 88 deputados federais na Câmara dos Deputados e agora tem 70, tinha 13 senadores e agora tem 12. É o partido com mais deputados federais e o segundo em número de senadores.

O PMDB é o segundo em número de deputados federais (tinha 71 e agora 66) e o PSDB o terceiro (de 44 para 54).

No Senado Federal o PMDB é o primeiro (tinha 19 e agora 18), e o PSDB o terceiro (caiu de 12 para 10).

Mas claro que mesmo com esse número expressivo de deputados e senadores do PT e PMDB no Congresso nacional, um governo de coalização deve conquistar apoio de outros partidos para governar. É natural em uma democracia.

Militância digital do Paraná vai se reunir na 5ª feira para ajudar a reeleger Dilma 13

Dilma_e_Lula_2_turno

Atualizado às 15h50

Na quinta-feira (9) a militância digital do Paraná, com blogueiros progressistas e ativistas digitais vão discutir e organizar a campanha da presidenta Dilma Rousseff (PT) para o segundo turno.

Estão convida@s tod@s @s ativistas, militantes, cidadãos e pessoas que querem que o Brasil siga avançando e melhorando as condições de vida de seu povo. Tod@s que querem mais Democracia, mais Liberdade de Expressão, Justiça Social e Econômica, Desenvolvimento Social e Econômico Sustentável, mais Saúde, mais Educação, mais Segurança, mais BRASIL. #tamojunto #Dilma13

Vãõ~participar também militantes da Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC

Será na APP-Sindicato, 19h, na avenida Iguaçu, 880, Rebouças, Curitiba/PR, Brasil.

Estão todos convidados.

Veja a lista dos deputados federais eleitos do Paraná

congresso_nacional1

1- Christiane Yared PTN
2- Alex Canziani PTB
3- Valdir Rossoni PSDB
4- Joao Arruda PMDB
5- Takayama PSC
6- Delegado Francischini SD
7- Luciano Ducci PSB
8- Zeca Dirceu PT
9- Dilceu Sperafico PP
10- Hermes Frangão Parcianello PMDB
11- Giacobo PR
12- Marcelo Belinati PP
13- Osmar Serraglio PMDB
14- Sandro Alex PPS
15- Ricardo Barros PP
16- Enio Verri PT
17- Nelson Meurer PP
18- Luiz Nishimori PR
19- Rubens Bueno PPS
20-Evandro Roman PSD
21- Luiz Carlos Hauly PSDB
22- Edmar Arruda PSC
23- Aliel Machado PCdoB
24- Alfredo Kaefer PSDB
25- Leandre PV
26- Sergio Souza PMDB
27- Assis do Couto PT
28- Toninho Wandscheer PT
29- Diego Garcia PHS
30- Leopoldo Meyer PSB

Curiosidades:

Osmar Bertoldi teve 81.789 votos, muito mais do que outros eleitos, e não se elegeu, por causa do quopciente eleitoral.

Leopoldo Meyer se elegeu com apenas 59.974 votos.

Não se reelegeram REINHOLD STEPHANES (PSD), NELSON PADOVANI (PSC), ANGELO VANHONI (PT), OLIVEIRA FILHO (PRB), PEDRO GUERRA (PSD) e ANDRE ZACHAROW (PMDB).

Outros ex-deputados também não se elegeram, como os pmdbistas Rodrigo Rocha Loures e Rafael Greca.

Dr. Rosinha não tentou a reeleição e vai fazer falta.

Paraná votou em uma Assembleia Legislativa ainda mais governista

Bancada do PT atual. De sete para três

Bancada do PT atual na AL-PR. De sete para três

Um dos motivos do governador Beto Richa (PSDB) ter sido reeleito ainda no primeiro turno de ontem (5) foi por culpa de praticamente não existir oposição na Assembleia Legislativa do Paraná.

Na atual legislatura faziam oposição pouquíssimos deputados, e ainda de forma muito amena.

Apenas os deputados do PT faziam oposição e fiscalizam de fato o Poder Executivo e o governo Richa, sendo que alguns de forma bastante tímida.

Anibelli Neto, Gilberto Martin e Kielse, todos do PMDB, assim como Rasca Rodrigues (PV) e Pastor Edson Praczyk (PRB), faziam oposição apenas em determinadas situações.

O problema é que dos 7 deputados do PT apenas 3 se reelegeram: Professor Lemos, Tadeu Veneri e Péricles Mello. Veja a lista completa aqui.

Elton Welter e Luciana Rafagnin não se reelegeram.

Enio Verri e Toninho Wandscheer tentaram a Câmara Federal, se elegeram, mas não conseguiram eleger seus candidatos para a AL. Note-se que eram os que faziam a oposição mais “light” ao governo Richa.

Anibelli e Rasca se reelegeram, Gilberto Martin e Kielse não. Mas foi eleito Requião Filho (PMDB), que fará oposição.

Com isso, de 7 a 11 ou 12 oposicionistas, na próxima legislatura haverá apenas entre 3 e 7 deputados estaduais oposicionistas.

Momentos tristes para a Democracia e Administração Pública paranaense na legislatura de 2015-2018.