Fruet terá 60 dias para articular a eleição de um aliado para o ICI

Sede do ICI: instituto recebeu R$ 128,4 milhões da prefeitura no ano passado. Foto de André Rodrigues/Gazeta do Povo

Sede do ICI: instituto recebeu R$ 128,4 milhões da prefeitura no ano passado. Foto de André Rodrigues/Gazeta do Povo

Hoje na Gazeta do Povo

Conselho do Instituto Curitiba de Informática tem 10 membros e só 4 foram indicados pelo atual prefeito. Ontem, conselheiros de Fruet tomaram posse e pediram acesso a dados

EUCLIDES LUCAS GARCIA

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) terá os próximos 60 dias para tentar conhecer mais de perto a situação do Instituto Curitiba de Informática (ICI), considerado uma das “caixas-pretas” da administração municipal. Nesse período, ele também vai buscar articular a eleição de um aliado para a presidência da instituição. Ontem, na posse dos quatro representantes indicados pelo pedetista para participar da gestão do ICI, o atual presidente da entidade, Renato Rodrigues, colocou o cargo à disposição.

Entidade não governamental responsável por uma série de serviços de informática utilizados pela prefeitura, o ICI recebeu somente no ano passado R$ 128,4 milhões em contratos com a administração da capital. Além disso, o instituto armazena uma série de informações estratégicas para a gestão municipal, relativas a tributos, folha de pagamento, consultas médicas, entre outras. A aplicação dos recursos, porém, é alvo de questionamentos pelo Tribunal de Contas do Estado (TC), que diz não ter recebido dados sobre os contratos mantidos durante a gestão anterior.

Em meio a essa polêmica, Fruet trabalha nos bastidores para colocar alguém de sua preferência no comando do ICI. Formado por dez representantes do poder público e de segmentos da iniciativa privada, o conselho deliberativo da entidade é quem elegerá o próximo presidente. No entanto, o pedetista está em desvantagem, uma vez que ele indicou apenas quatro desses membros. Os outros seis estão no cargo desde a gestão do ex-prefeito Luciano Ducci (PSB).

A data da eleição ainda não foi definida. A tendência é que o pleito ocorra em no máximo dois meses, período durante o qual o atual presidente do ICI vai permanecer no cargo.

Caixa-preta

Fruet também enfrenta dificuldades para ter acesso a informações sobre o funcionamento do ICI. O pedetista alega que solicitou os dados à gestão de Ducci durante o período de transição, mas não teve os pedidos atendidos.

Ontem, os conselheiros indicados pelo novo prefeito entregaram à direção da entidade um documento requisitando acesso a uma série de informações para “avaliar os serviços prestados pela instituição à administração municipal”. Entre os dados solicitados, estão a estrutura de funcionários do ICI, com nomes e salários; cópia dos contratos com a prefeitura, incluindo o nome das empresas prestadoras de serviço; e custos de operação e manutenção da rede de fibra ótica da prefeitura.

Antes de assumir o mandato, Fruet afirmou que pretende fazer uso do ICI durante a sua gestão, mas quer dar mais transparência aos dados colhidos pelos sistemas, além de acompanhar de perto os serviços contratados.

Anúncios

Um comentário sobre “Fruet terá 60 dias para articular a eleição de um aliado para o ICI

  1. O problema do ICI não é ser uma O.S. o problema é ter sido criado para prestar os serviços de tecnologia da informação da PMC e ao decorrer dos anos ter terceirizado esses serviços para tres empresas do mesmo empresário, e não ter ficado com a propriedade de nenhum dos softwares desenvolvidos, pois o ICI não tem desenvolvedores. Ocorre então que hoje o ICI não tem nada de software, as empresas contratadas sim, então, quando o ICI diz que presta serviço para prefeituras no Brasil todo, tem que recorrer às empresas pois a propriedade intelectual e a base de competência está nas empresas. Desta forma quem ganha dinheiro é…. tanã….. Agora se o ICI tivesse sido levado como previsto, criando os softwares, até mesmo contratando alguém para desenvolvê-los, mas ficando com a propriedade intelectual, hoje, o Prefeito poderia dar com o pé na bunda das empresas terceirizadas e a PMC continuaria funcionando…. porém como foi conduzido, se romper os contratos a empresa retira os softwares de sua propriedade e finish him…..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s