Entenda porque defendemos a neutralidade na internet

Recomendo os dois vídeos acima. O governo Lula defendia e o governo Dilma defende a neutralidade na internet, mas o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo (PT), após sofrer pressão das grandes empresas, não quer que a neutralidade seja fixada na Lei do Marco Civil da Internet, mas fique para decisão “técnica” da ANATEL. Veja a matéria que o ministro divulgou em seu twitter, clique aqui.

O problema é que a ANATEL, como uma agência reguladora, por causa dos mandatos dos seus diretores que extrapolam o próprio mandato do presidente da república, não é imparcial, ele defende, normalmente, os interesses das grandes empresas, e não os interesses dos cidadãos. É o famoso “risco da captura” das agências reguladoras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s