Vídeo imperdível de uma estudante secundarista: uma lição de cidadania

Na Assembleia Legislativa, estudantes defendem legitimidade das ocupações

A convite do deputado Tadeu Veneri (PT), estudantes secundaristas participaram ontem (26) da sessão plenária da Assembleia Legislativa para defender a legitimidade das ocupações nos colégios estaduais contra a reforma do ensino médio proposta pelo governo Temer na Medida Provisória 746.

Ana Júlia Pires Ribeiro, do Colégio Estadual Senador Manoel Alencar Guimarães, criticou a campanha de desmoralização e ofensas contra os estudantes das ocupações. Ela disse que é um “insulto” afirmar que os alunos são doutrinados politicamente. “Sabemos pelo que estamos lutando. Nossa única bandeira é a educação. Somos um movimento apartidário, de estudantes para estudantes. Estamos ocupando pela educação. Não estamos ocupando para fazer baderna, para fazer brincadeira”.

A adolescente de 16 anos defendeu que a reforma no ensino médio seja amplamente debatida pela sociedade, e não através de MP. “A gente sabe que o país precisa de uma reforma no ensino médio, e no sistema de educação como um todo. Mas uma reforma que tenha sido debatida, feita pelos profissionais da educação, com conversa, em que todos estejam de acordo. Se colocamos esta reforma da MP 746 em prática, estaremos fadados ao fracasso”.

Aluna do Colégio Estadual Santa Felicidade, Nicoly Moreira do Nascimento, de 15 anos, ressaltou que os estudantes das ocupações estão lutando contra o retrocesso e o desmonte no ensino público. “Estamos lutando por algo que já deveria ser nosso por direito, para que não haja retrocesso no ensino público. Estamos defendendo educação de qualidade, que forme uma geração de críticos, de pensadores, e não apenas números”.

Veneri reiterou o apoio aos estudantes das ocupações que estão lutando por um ensino melhor. “As meninas estão de parabéns, falam com a emoção de quem está vivendo o movimento. A escola é transitória, mas o que os estudantes aprendem é permanente. E as ocupações mostram que, a despeito de muitas críticas, eles estão aprendendo sobre cidadania”.

Líder da oposição, Requião Filho (PMDB) parabenizou as adolescentes pela iniciativa. “Que aula! Que orgulho dessas meninas que se mostraram conhecedoras do tema e da realidade. Se depender delas, o Brasil tem um futuro promissor, apesar dos políticos que hoje comandam o nosso estado e nosso país. Devemos ter orgulho do movimento Ocupa Paraná, que está formando cidadãos de senso crítico”.

O parlamentar falou ainda que a violência nas escolas do Paraná não é novidade e mencionou diversas ocorrências e homicídios nos últimos anos por falta de segurança e atenção do governo Richa. “A violência é uma realidade. Ver o governo estadual, que acabou com o projeto Patrulha Escolar, dizer que a violência nos colégios é fruto das ocupações chega a ser risível. A violência nos colégios é fruto do abandono da educação pelo atual governo”.

img_12866

Anúncios

5 comentários sobre “Vídeo imperdível de uma estudante secundarista: uma lição de cidadania

  1. o Petê e seus SATÉLITES (UJS PCdoB etc.) estão infiltrados em todos os lugares. O PT deseja profundamente enganar…
    E Dilma estava é aqui: Um produto a ser vendido e consumido. Apenas isso. E haja publicidade! Veja. Eis:
    “não há marketing ou propaganda capaz de ESCONDER a grave realidade do Brasil”
    ¡HÁ SIM! Claro que há! Eis: há a Lavagem Cerebral.
    DANONINHO, PT, LULA, DILMA, PSEUDO-INTELECTUAL:
    O PT ainda continua perfeitamente astuto e sutil, quase invisível em seu ilusionismo. Pratica qualquer NARRATIVA para estar no poder. Narrativas publicitárias que USURPAM o pensamento, mentes. Vigilância e controle ideológico. Dentro das Universidades, nas ruas, botons, autoadesivos, blogs espertalhões, artistas puxa-sacos, discursos manipuladores, «lavagem cerebral».
    “””Golpe”””, e fascistas com toda certeza, são clichês publicitários, frases-prontas, imagens estereotipadas e montadas a priori (nessa altura, provavelmente, recomendadas por algum marqueteiro, tal qual João Santana. Semelhante a ele. Senão, ele próprio): frases clichês tais quais: “Danoninho vale por um bifinho”.
    ===================================================
    Mia, bebe leite, tudo indica que é um gato; mas o PT afirma: é um cão.
    ==================================================

    Curtir

  2. …e de novo retorno ao marquês de pombal, um ponto negro numa escala que inicia no memento que alguém sórdido percebeu que subtraindo o conhecimento de seus próximos, poderia ele, o infame, ser dono dos tronos e das masmorras. E esta escala tende-se ao infinito…ou não. Não se este próximo for domesticado a lavar privadas ou roupas nas beiradas dos já fadados defuntos rios, varrer diuturnamente as ruas vilipendiadas por outros asseclas do desleixo e descaso, assarem-se nos foros de fazimento de carvão como única oportunidade de comer o pão que o diabo amassou . SIM, se ele- que é Eu, você, ele- e todas as pessoas desse verbo feliz, conhecermos, habitarmos, embebermos-nos da preciosa, santificante, excelsa, libertadora graça servida na taça dos deuses: o livro, a escola, o professor, o eterno doutor neófito, LIBERTO DAS AMARRAS E DAS VENDAS.

    Curtir

  3. As vãs tentativas de manipulação pela esquerda agora tentam usar crianças para seus fins sabe-se lá quais. Rejeitadas nas urnas, as idéias esquerdais agora querem os colégios impedindo quem quer estudar. Claro que nenhum esquerdista mais de pote está dormindo em colégio, e sim em confortáveis apes nas areas vip da cidade. Mas vale aproveitar o ingenuo movimento das crianças para tirar uma casquinha.

    Curtir

  4. Se luta pela educação então tome rumo e vá a Brasília protestar ou coisa que o valha! A reforma da educação é FEDERAL, NÃO ESTADUAL E MUITO MENOS MUNICIPAL! O que o Estado tem a ver com isso? Para esse tipo de doutrinada, vandalizar, quebrar, machucar, ferir e matar é perfeitamente normal e justificável desde que atenda seus interesses. Só querem direitos, deveres nenhum!

    Curtir

  5. Sempre houve os lacaios; e há e haverá. Mas o homem é eterno e sua integridade é seu braço e seu pensamento. Há e haverá os cúmplices sonâmbulos dos traidores e tiranos. Contudo, um homem -HOMEM- sozinho constrói sua alavanca e direciona o caminho, a cidade o mundo e o universo. Não ouvirei os alardeadores do absurdo e da ignorância. Quero sentir o perfume da liberdade e a pujança da outra mão na minha, na sua, na do outro Eu, numa corrente que n ão se quebra e nem termina. Que depõe legitimamente os usurpadores.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s