Site humorístico “Sensacionalista” ajuda em campanha contra a pedofilia

meninahome-640x410

A ONG Bandeiras Brancas fez uma campanha contra a pedofilia com Jornal Sensacionalista, em falsa notícia que dizia que uma menina de 12 anos havia posado nua para financiar sua viagem à Disney. No fim do texto havia um link para ver as fotos, que não existiam, mas ao sujeito clicar ele acabava fornecendo informações pessoais e o que aparecia era o nome e a foto de quem acessou a página atrás das grades e aviso de que ver crianças nuas na internet é crime.

Milhares de pessoas acessaram o link, infelizmente. Com o acesso às informações pessoais das pessoas, a campanha identificou milhares de homens que receberam um texto, sem acusações, dizendo que era doença e com a indicação de possíveis lugares para tratamento.

Anúncios

Senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) emite nota oficial

noticias-2014-08-1409367190

Nota Oficial

“Recebo a notícia desta investigação com tristeza e ao mesmo tempo com tranquilidade. Tristeza por ter meu nome envolvido em caso de corrupção. O maior patrimônio que eu tenho, construído ao longo destes anos é o meu nome e a minha trajetória pública em defesa do direito das pessoas e de uma sociedade com justiça social. E tranquilidade, porque eu não temo a investigação e terei condições de provar que nada tenho com este esquema que atacou a Petrobras. A investigação é oportunidade de esclarecimento dos fatos e espero que seja a forma de acabar com o julgamento antecipado.

Não conheço e jamais mantive contato com Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef. Reafirmo minha disposição de colaborar com todo o processo investigatório”.

Senadora Gleisi Hoffmann (Partido dos Trabalhadores do Paraná)

 

Brasileiro censurado pela Justiça é destaque no exterior

img.php

O brasileiro Ricardo Fraga foi proibido há dois pelo Poder Judiciário do Brasil de usar as redes sociais para protestar contra a construção de edifícios residenciais pela Mofarrej Empreendimentos e foi destaque no site internacional que luta pela liberdade de expressão, ARTIGO 19, veja aqui. #FragaQuerPostar #FragaWantsToPost