Jornal Nacional da TV Globo esconde entrevista de Dilma com blogueiros progressistas

O Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão escondeu na sua edição de hoje a entrevistada dos blogueiros progressistas com a presidenta Dilma Rousseff (PT).

Dilma defendeu a democratização da mídia, com o controle econômico de TVs e rádios, o que afetará o monopólio/oligopólio inconstitucional da Rede Globo no Brasil.

Anúncios

Datafolha: Dilma caminha para vitória já no 1º turno

14269875

No Datafolha divulgado agora (26) a presidenta Dilma Rousseff (PT) subiu três pontos percentuais (de 37% para 40%), Marina Silva (PSB, ex-PT, ex-PV, futura Rede Sustentabilidade) despencou três pontos (30% para 27%), e o senador tucano Aécio Neves (PSDB) um para cima (17% para 18%).

Mesmo se existir segundo turno, a presidenta ganha também com 47% (subiu 3) contra 43% de Marina (despencou 3).

Foram entrevistadas 11.474 pessoas em 402 municípios, com registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) BR-00782/2014.

14269879

Datafolha: Requião diminui 2 pontos a diferença para Richa no 2º turno

Roberto-Requião-e-Beto-Richa

Na pesquisa divulgada hoje (26) do Datafolha que mostra que a rejeição contra Beto Richa (PSDB) no Paraná subiu dois pontos, e está maior do que a rejeição contra Gleisi Hoffmann do PT, aponta também que no segundo turno a diferença entre Richa e Roberto Requião (PMDB) caiu dois pontos, era 51% a 36% e agora é 51% a 38%.

E há suspeita de que o Datafolha esteja aumentando os números de Richa.

Datafolha: sobe 2 pontos rejeição contra Beto Richa no Paraná, que é mais rejeitado do que Gleisi do PT

Na pesquisa Datafolha/RPC TV/TV Globo para o governo do estado do Paraná Beto Richa (PSDB), o candidato oficial da reeleição, aparece com 45%, o senador Roberto Requião (PMDB) tem 30% e Gleisi Hoffmann (PT) 10%.

No segundo turno Richa teria 51% e Requião 38%.

A estratégia da Folha é tentar garantir a eleição de Richa no primeiro turno. Hoje mostrou em seu site que a primeira dama do Paraná é amada por todos, o que é uma mentira.

Requião tem rejeição de 26% (tinha 25%), a rejeição a Richa subiu 2 pontos e agora é 20% e a rejeição a Gleisi caiu um ponto e foi para 19%.

O Datafolha ouviu 1.333 eleitores entre quinta (25) e sexta-feira (26), com margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou menos, registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com os números PR-00039/2014 e BR-00782/2014.

Dilma foi entrevistada pelos blogueiros progressistas #BlogsComDilma #DilmaEaNovaMídia

Captura de Tela 2014-09-26 às 17.22.29

Atualizado em 27.09.2014

A presidenta Dilma Rousseff (PT) concedeu hoje (26), no Palácio do Alvorada, sua primeira entrevista a blogueiros. Participaram da entrevista meus amigos do movimento dos blogueiros progressistas Renato Rovai (Blog do Rovai e Revista Fórum), Altamiro Borges (Blog do Miro), Conceição Oliveira (Blog da Maria Frô), Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania), Conceição Lemes (Viomundo), Miguel do Rosário (O Cafezinho), Paulo Moreira Leite (Brasil 247) e Kiko Nogueira (Diário do Centro do Mundo). A entrevista  foi solicitada pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé e pela Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação (Altercom).

Altamiro Borges (Blog do Miro) perguntou para Dilma sobre a democratização da mídia. Dilma respondeu citando a Constituição que impede o monopólio e o oligopólio e que cabe sim a regulação da mídia, contra o poder financeiro nesses meios. E que os blogs e a internet são importantes para a liberdade de expressão.

Conceição Lemes (Viomundo) perguntou sobre a saúde, e a presidenta respondeu muito bem, no sentido de que muito foi feito, como por exemplo o Programa Mais Médicos, mas claro que há muito a fazer, e ela fará. Conceição também perguntou sobre as OS – organizações sociais. Dilma disse que já foi totalmente contrárias às OSs, mas hoje não é inimiga e deu a entender que talvez seja possível a OS apenas para laboratórios. Concordo: fomentar laboratórios mas não privatizar hospitais via OS como fazem os neoliberais-gerenciais.

Renato Rovai (Blog do Rovai e Revista Fórum) pergunta sobre as manifestações de junho de 2013 e da violências das polícias. Dilma fez suas propostas para a segurança pública.

Paulo Moreira Leite (247) perguntou sobre o sistema carcerários e Dilma apresentou suas propostas.

Miguel do Rosário (Cafezinho) perguntou sobre o trem-bala Rio-São Paulo. Dilma respondeu que tentou fazer a licitação mas foi deserta. Por causa dos efeitos da crise do Euro o processo está suspenso e por enquanto está sendo prioridade para a logística de produtos.

Kiko Nogueira (Diário do Centro do Mundo) perguntou sobre a polêmica que causou seu discurso na ONU e a mantira da velha mídia na divulgação da fala da presidenta.

Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania) perguntou sobre o desemprego e Petrobras e as mentiras que se fala na mídia sem contraponto.

Conceição Oliveira (Blog da Maria Frô) faz uma pergunta emocionada, com uma mensagem de um retirante nordestino agradecendo a presidenta. Questionou sobre a dificuldade do governo federal de dialogar e se comunicar com o povo que apoia o governo.

Dilma conseguiu responder todas as perguntas, várias delas com críticas ao governo, sem interrupções mal-educadas como nas entrevistas da velha imprensa.

Veja a entrevista completa:

Dilma vai regular a mídia em seu segundo mandato #BlogsComDilma #DilmaEaNovaMídia

Captura de Tela 2014-09-26 às 16.04.52

A presidenta Dilma Rousseff (PT) está concedendo, no Palácio do Alvorada, sua primeira entrevista a blogueiros. Participam da entrevista Renato Rovai (Blog do Rovai e Revista Fórum), Altamiro Borges (Blog do Miro), Conceição Oliveira (Blog da Maria Frô), Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania), Conceição Lemes (Viomundo), Miguel do Rosário (Cafezinho), Paulo Moreira Leite (247) e Kiko Nogueira (Diário do Centro do Mundo). A entrevista  foi solicitada pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé e pela Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação (Altercom).

Altamiro Borges (Blog do Miro) fes a primeira pergunta para Dilma sobre a democratização da mídia. Dilma respondeu citando a Constituição que impede o monopólio e o oligopólio e que cabe sim a regulação da mídia, contra o poder financeiro nesses meios. E que os blogs e a internet são importantes para a liberdade de expressão.

Portanto, Dilma vai regular a mídia de forma econômica no seu segundo mandato.

Segundo as pesquisas Dilma pode vencer a eleição ainda no primeiro turno.

Assista aqui a entrevista ao vivo.

O ódio a Dilma, ao Lula e ao PT

Automóveis por todo o país de mais de R$ 100 mil destilam todo o seu ódio ao PT, à Dilma e ao Lula

Automóveis por todo o país, que custam mais de mais de R$ 100 mil, cujos donos destilam todo o seu ódio ao PT, à Dilma e ao Lula

O ódio contra a política, contra os partidos políticos, contra o Estado Social, Republicano e Democrático de Direito, contra o PT, contra a Dilma e contra o Lula aumentam a cada diz no Brasil por parte do mercado financeiro, da velha mídia e das elites econômicas.

O problema é que essa reduzida parcela da sociedade tem grande poder de influência sobre a classe média e até mesmo em certa parcela das camadas populares. Esse poder já foi maior, pois a TV Globo já teve mais poder sobre a informação e os patrões já tiveram mais poder sobre o voto de seus empregados.

Somente com a radicalização da democracia republicana é que o Brasil vai continuar no caminho certo do desenvolvimento nacional sustentável, com um desenvolvimento social, econômico, jurídico, ético e ambiental.

Mesmo com toda essa campanha de ódio a presidenta Dilma Rousseff (PT) vai vencer a sua tentativa de reeleição, talvez ainda no primeiro turno, segundo as últimas pesquisas. Será essencial que nos primeiros dias de seu novo governo Dilma sinalize para uma democratização da mídia como determina a Constituição, uma reforma eleitoral que diminua o poder financeiro nas eleições e uma reforma tributária que implemente a tributação das grandes fortunas, imposto alto de transmissão causa mortis e doação e imposto alto de transmissão intervivos, assim como o fim da tributação sobre o consumo.

O Blog do Tarso defende o fim dos falsos consensos, com um intenso debate político no dia-a-dia de nossas vidas. Mas sem ódio. As elites financeiras e políticas não vão perder espaço e poder sem dissenso. Mas cabe à esquerda e a centro-esquerda saber lidar com esse ódio de forma pacífica, mas quando necessário endurecer no discurso, sem perder a ternura jamais!

Manifestante em junho de 2013 com ódio ao PT e à política

Manifestante em junho de 2013 com ódio ao PT e à política

 

queima-e1384886862453

Manifestantes em junho de 2013 queimam bandeira do PT

 

Hiago 100 Caos, militante do movimento Hip Hop que cantava músicas com mensagens de paz e esperança, que como coloborador do PT em Curitiba foi assassinado por um sujeito que odeia a política os cavaletes e o PT, depois de um senhor da classe alta curitibana chutar um cavalete de Gleisi Hoffmann (PT) e Dilma Rousseff (PT)

 

Marina Silva (PSB, ex-PT, ex-PV, futura Rede Sustentabilidade) também com discurso de ódio ao PT nos últimos dias

Marina Silva (PSB, ex-PT, ex-PV, futura Rede Sustentabilidade) também com discurso de ódio ao PT nos últimos dias

 

Fernando Collor de Mello fez discurso de ódio contra Lula e o PT em 1989

Fernando Collor de Mello fez discurso de ódio contra Lula e o PT em 1989

 

Os tucanos Alvaro Dias, Aécio Neves e Beto Richa com discurso de ódio ao PT nos últimos dias

Os tucanos Alvaro Dias, Aécio Neves e Beto Richa com discurso de ódio ao PT nos últimos dias

 

Vestindo rosa, mulheres no RS defendem Aécio e a família e pedem: "fora PT"  Mulheres do grupo "Família Esperança" apoiam Aécio Neves (PSDB) e Ana Amélia (PP-RS) e querem "Fora PT!" Vinícius Segalla/UOL

Elite branca gaúcha, um grupinho de 30, que se autodenominam “Família Esperança”, algumas são filiadas ao PP (ex-PDS, ex-ARENA) e Solidariedade (advindos do PFL), que defendem Aécio Neves (PSDB) e Ana Amélia (PP) e têm ódio do PT, ódio de Dilma e ódio de Lula, gritam: “Fora PT!”. Foto de Vinícius Segalla/UOL