Beto Richa vai se vingar dos curitibanos?

betodiasemcarro1

Para quem anda de Ferrari e Harley Davidson, não tem problema aumentar a passagem do ônibus.

Com o intuito do prefeito Luciano Ducci (PSB) conseguir se reeleger, o governador Beto Richa (PSDB) concedeu com o dinheiro do povo do Paraná um grande subsídio financeiro para Curitiba, de R$ 26,3 milhões, para que a passagem de ônibus não sofresse aumento no início de 2012. O custo real da tarifa seria de R$ 2,87, mas com o subsídio do governo do Paraná foi possível manter a tarifa em R$ 2,60.

Mas agora Beto Richa sinaliza que não vai manter o subsídio. Qual o motivo? Ele foi um dos grandes derrotados nas eleições para prefeito de Curitiba. O curitibano não votou em seu candidato, Ducci, que ficou em terceiro lugar e nem foi para o segundo turno.

Agora que Luciano Ducci perdeu, Beto quer vai parar de enviar o subsídio para Curitiba a partir de abril de 2013. A passagem de ônibus vai ter que subir. E ele, assim, poderá se vingar do povo morador de Curitiba, que rejeitou Ducci.

Mal sabe Beto Richa que quando ele tentar a reeleição em 2014, sua chapa vai esquentar. Curitiba é determinante para que um candidato ao governo vença as eleições, e do jeito que seu governo vai mal, e ainda com seu boicote contra Curitiba, é possível que ele não tenha nem 30% dos votos em Curitiba.

Por favor 2014, chega logo!

2 comentários sobre “Beto Richa vai se vingar dos curitibanos?

  1. Pingback: FATOS & FOTOS
  2. Prezado Tarso,

    É um lendo engano pensar que proprietários de ferraris, harleys não serão afetados pelo aumento da passagem em Curitiba. Afinal, a já alta tarifa de Curitiba tem ensejando a redução de usuários com o consequente aumento dos congestionamentos em Curitiba, sem esquecer dos prejuízos ao meio ambiente. Aumentá-la ainda mais ensejará uma queda ainda maior no número de passageiros, agravando ainda mais o chamado ciclo vicioso do Transporte.
    Ademais, o subsidio não é única medida, é na verdade um remédio para a consequência e não para a grande causa que precisará ser considerada e sanada pelo futuro prefeito que a queda de qualidade, de eficiencia do serviço de transporte em nossa cidade. afinal, Curitiba está parada no tempo, utilizando modelo que foi pensado há mais de 20 anos, adotando, com muito atraso, medidas importantes como o desalinhamento das estações/ultrapassagens de canaletas (proposta que, aliás, já constava no plano de Vanhoni na eleição de 2000 e que já existe com sucesso em Bogotá há mais de uma década) e deixando de utilizar medidas como a adoção de novas estações (a quem interessa manter tubos que fazem os passageiros ficarem como sardinhas e se baterem nos embarques e desembarques?), a utilização de portas mais funcionais sem tampas como a dos ligeirinhos que somente retardam o serviço e o oneram os custos.
    Enfim, além do subsídio, há muito o que se fazer!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s