Parabéns Dr. Rosinha e Rosane Ferreira, os únicos Deputados Federais do Paraná que votaram contra o novo Código Florestal

Deputada Rosane Ferreira (PV) e Dr. Rosinha (PT) em evento do Curso de Direito da Universidade Positivo

Celso Nascimento da Gazeta do Povo questiona Beto Richa sobre o mistério do helicóptero e do Banco BTG-Pactual

Hoje na Gazeta do Povo

Olho vivo

Mistérios 1

Passadas já quase três semanas do acontecimento, nem todos os mistérios que cercaram a viagem que o governador Beto Richa fez a São Paulo no último dia 4 foram esclarecidos. Foi nesse dia que o helicóptero de prefixo PP-JFR, com Richa a bordo, quase se espatifou no aeroporto de Campo de Marte, pondo em perigo a vida também do hábil piloto que conseguiu fazer a aterrissagem forçada e dos outros dois passageiros, um deles identificado como sendo o senhor Luiz Abi – presença não confirmada pelo governo.

Mistérios 2

O helicóptero levaria o governador e seus acompanhantes para uma reunião no banco BTG-Pactual. Com a pane, o trecho foi percorrido de carro. Mas o que teria ido fazer o governador no Pactual? Este banco é o mesmo que, em 2008, foi pivô de uma crise na Paranaprevidência que culminou na destituição do seu à época diretor-financeiro que, desobecendo orientação superior, aplicou nele R$ 50 milhões do fundo previdenciário. A ordem era de aplicar apenas em papéis e bancos oficiais.

Mistérios 3

Por coincidência, a acidentada maratona paulista aconteceu dias antes de a Paranaprevidência ter sido autorizada a voltar a operar com fundos de bancos privados até o montante de 30% de seus recursos, de acordo com lei federal recentemente aprovada. Por cautela, o conselho de administração da Paranaprevidência limitou em apenas 15% a aplicação em fundos de renda variável, compostos de ações sujeitas ao sobe e desce das bolsas. A parcela autorizada, no entanto, representaria algo entre R$ 800 milhões a R$ 1 bilhão.

Mistérios 4

A Paranaprevidência anunciou que abrirá licitação para contratar uma consultoria financeira para assessorá-la na escolha de instituições e fundos privados para os quais destinará seus investimentos. Mas já que não há mais impedimentos legais nem restrições superiores, não é improvável que recursos dos servidores públicos sejam novamente canalizados para o Pactual.

Mistérios 5

Desse conjunto de informações emergem alguns mistérios: a) Quem eram e que papel teriam os assessores que Beto Richa levou à reunião com o Pactual? b) O encontro teria servido para reabrir as portas da Paranaprevidência ao banco? c) Se não era este o assunto, qual outro interesse do estado teria levado o governador a procurar justamente esse banco? Nenhuma das fontes oficiais consultadas soube (ou quis) esclarecer esses mistérios.

TCE/PR: Gabriel Léger impetrou Mandado de Segurança contra Valdir Rossoni

O Procurador do Ministério Público de Contas do Paraná, Dr. Gabriel Guy Léger, impetrou Mandado de Segurança nº 783384-1 a fim de que o prazo de cinco dias para as inscrições da eleição para Conselheiro do Tribunal de Contas, bem como o prazo de impugnações, sejam efetivamente respeitados, notadamente considerando que o Ato do Presidente nº 06/2011, assinado por Valdir Rossoni, foi publicado no Diário Oficial do Estado de 05 de maio, mas circulou efetivamente apenas na manhã de sexta-feira, dia 06. No entendimento de Léger o encerramento das inscrições já na terça-feira, dia 10 de maio, foi precoce e ofende o disposto no artigo 3º da Resolução nº 05/2010-ALEP. O Procurador, também candidato, pede que se defina previamente se a votação será aberta ou fechada. O Desembargador Jonny de Jesus Campos Marques determinou a manifestação da Assembléia, no prazo de 10 dias.

Traiano confessa que Ivan Bonilha é o único candidato do Governo Beto Richa

Ademar Traiano, Beto Richa, Ivan Bonilha e Nelson Garcia conferindo as últimas do Blog do Tarso

O líder do Governo Beto Richa na Assembleia Legislativa do Paraná, Deputado Estadual Ademar Traiano (PSDB), confessou que o candidato oficial do Governo Beto Richa é o Procurador-Geral do Estado, Ivan Bonilha, para conselheiro do Tribunal de Contas. Traiano também confessou que o Governo está pressionando o deputado estadual Nelson Garcia (PSDB), para que desista da disputa. Garcia já avisou que não renunciará.

Pergunto novamente: onde está a independência do Poder Legislativo frente ao Poder Executivo? E se o candidato governista vencer, como ficará a independência do Tribunal de Contas frente ao Poder Executivo?

Coluna do Esmael

ONGs destruíram a agricultura na África, acusa Aldo Rebelo

Definitivamente, o Código Florestal deverá dominar a cena política nesta semana. O deputado Aldo Rebelo (PCdoB), relator do projeto que deverá ser votado nesta terça na Câmara, foi na jugular das ONGs ambientalistas. Em missiva endereçada à presidenta Dilma Rousseff, o parlamentar disse que “… já quebraram a agricultura africana e mexicana, com as consequências sociais visíveis. Não podemos permitir que o mesmo aconteça no Brasil”.

Aldo defendeu-se da acusação de que o relatório finalizado por ele “anistia” a desmatadores.

“A verdade é que a “anistia” existente e que está em vigor é a assinada pelo ministro Carlos Minc e pelo presidente Lula em junho de 2008 e renovada em dezembro de 2009, no Decreto 7.029/09”, esclareceu à presidenta.

Segundo o deputado comunista, na mesma carta a Dilma, “ONGs internacionais para cá despachadas pelos países ricos e sua agricultura subsidiada pressionam para decidir os rumos do nosso País.”

  Continuar lendo

Ex-Presidente da Petrobrás durante a Gestão FHC faz parte da Câmara de Gestão do Governo Dilma

Ex-Presidente da Petrobrás Henri Reichstul

Em recente blogada informei que Jorge Gerdau chefiará os trabalhos da Câmara de Gestão e Planejamento do Governo Dilma.

A Federação Única dos Petroleiros encaminhou à Presidenta Dilma Rousseff carta em protesto contra nomeação do ex-presidente da Petrobrás Henri Reichstul para a Câmara de Políticas de Gestão, Desempenho e Competitividade criada pelo governo.

Leia a íntegra do documento:

Continuar lendo