Sobre ontem

Vencemos o primeiro turno, mas o fascismo-neoliberal é muito forte e está mais vivo do que nunca.

Estamos melhores do que há quatro anos, o Congresso Nacional piorou mas o PT e PSOL cresceram.

O salto alto acabou e agora é conquistar mais alguns votos para retirar o fascismo da chefia do Poder Executivo federal, por mais que essa ideologia esteja incrustada na cabeça daqueles que não se importam com a fome, a destruição do meio ambiente e a barbárie antliiluminista.

Um fascismo parte orgulhoso, parte envergonhado e que não aparece nas pesquisas.

Nunca foi fácil, mas a esperança vencerá o medo!

Um comentário sobre “Sobre ontem

  1. Sejamos justos conosco, à esquerda, observando que depois dos fatos dos últimos anos, poder econômico sem limites em suas ambições, judiciário instrumentalizado em função de interesses de ocasião, grande mídia comercial acrescido de uma sociedade iletrada, estamos muito fortes e seguiremos cada vez forte, na medida que a sociedade começa a perceber o buraco em que estão metendo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s