ObsCena 2016

Anúncios

7 comentários sobre “ObsCena 2016

  1. Pingback: ObsCena 2016 — Blog do Tarso | O LADO ESCURO DA LUA
  2. Ôi. Violin. Bom Dia. Naturalmente que algumas pessoas não estão simpáticas à sua candidatura, e até tentarão jogar lodo nela para que vc escorregue. Mas vc já é um adulto passarinho e baterá asas por cima de qualquer maldição. Assim espero e estou com o dedo nun bom fósforo pra acender uns rojões e relampejar os céus nos dias de seus clareares. Boa sorte, combativo e digno companheiro.

    Curtir

    • O mané esse post nem é sobre isso Tarso já perdeu a eleição não tinha chance alguma com as idéias comunas dele na republica do Moro. Agora ele tá com inveja que moro ganhou premio e ele não e ainda fica postando foto do Moro no blog. Coisa para divã.

      Curtir

  3. E as fotos do lula e Aécio juntos??? Nada. .. Já sei qual o problema na foto. Somente homens brancos. Nenhum anão. nenhum pardo. Nenhuma mulher. E ainda aparece o hiper capitalista. Quanto preconceito num mesmo pedaço de papel colorido. E ainda quer cargo publico…… Triste povo.

    Curtir

    • Boa análise imagética, EDSON LUIZ! Uma imagem não tem sentido em si mesma como um texto escrito e fechado. Uma fotografia é aberta. Quem dá interpretação a imagem fotográfica é o fotógrafo que faz o recorte imagético e, depois, quem olha a imagem sem texto.
      Esse suposto bate-papo da foto acima pode ter durado alguns segundos, congelado pela máquina e dito como se fosse um bate-papo (ou “amizade”).
      Só trouxa de não entende dos significados simbólicos de uma única foto, cai nesse papo-furado da esquerda TRUCULENTA.
      Pode ser que quem se aproximou de Moro tenha sido o Aécio, “entrão” que ele é, como político — natural entre eles, políticos.
      Outras milhares de narrativas seriam possíveis. A sua, Luiz, é super bacana, tipificando a leitura ideológica e clichê da esquerdalha atual.
      E no fotojornalismo, o redator e o fotógrafo terão que criar sempre uma legenda, ao pé da foto, para a imagem ser publicada em um jornal (repare), dando interpretação. Uma foto sem legenda não é nada no fotojornalismo. Essa fotografia acima poderia ter outras legendas possíveis escolhidas pelo redator.
      E mesmo que pudesse ser classificada como FOTOJORNALISMO, seria uma fotografia de péssima qualidade, no mínimo medíocre (no sentido de mediana). Não tem nada de mais nessa fotografia, e absolutamente nada, nadinha de brilhante ou sui-generis.

      Ponto final.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s