O Massacre do Centro Cívico em Curitiba

IMG_3482 IMG_3472 IMG_3175 IMG_3180 Atualizado dia 03.05.2015, às 00h22 Hoje foi um dia histórico no Paraná. Foi o dia em que a Polícia Militar, subordinada ao governador Beto Richa (PSDB) e ao secretário de segurança Fernando Francischini (Partido Solidariedade), agrediu violentamente estudantes, professores, servidores e cidadãos que queriam acompanhar a votação de uma Lei dentro da Assembleia Legislativa do Paraná. Queriam evitar que os deputados estaduais votassem um projeto que retira dinheiro da previdência dos servidores, para os cofres do Estado que passam por dificuldades graves, depois de mais de quatro anos de governo. Infelizmente logo após os deputados votaram sim por 31 a 20.

A favor: Alexandre Curi (PMDB), Alexandre Guimarães (PSC), André Bueno (PDT), Artagão Jr. (PMDB), Bernardo Ribas Carli (PSDB), Claudia Pereira (PSC), Cobra Repórter (PSC), Cristina Silvestri (PPS), Dr. Batista (PMN), Elio Rusch (DEM), Evandro Jr. (PSDB), Felipe Francischini (SD), Fernando Scanavaca (PDT), Francisco Bührer (PSDB), Guto Silva (PSC), Hussein Bakri (PSC), Jonas Guimarães (PMDB), Luiz Carlos Martins (PSD), Luiz Claudio Romanelli (PMDB), Marcio Nunes (PSC), Maria Victoria (PP), Mauro Moraes (PSDB), Missionário Ricardo Arruda (PSC), Nelson Justus (DEM), Paulo Litro (PSDB), Pedro Lupion (DEM), Plauto Miró (DEM), Schiavinato (PP), Tiago Amaral (PSB), Tião Medeiros (PTB) e Wilmar Reichembach (PSC).

Contra: Adelino Ribeiro (PSL), Ademir Bier (PMDB), Anibelli Neto (PMDB), Chico Brasileiro (PSD), Evandro Araújo (PSC), Gilberto Ribeiro (PSB), Gilson de Souza (PSC), Marcio Pacheco (PPL), Marcio Pauliki (PDT), Nelson Luersen (PDT), Nereu Moura (PMDB), Ney Leprevost (PSD), Palozi (PSC), Pastor Edson Praczyk (PRB), Péricles de Mello (PT), Professor Lemos (PT), Rasca Rodrigues (PV), Requião Filho (PMDB), Tadeu Veneri (PT) e Tercílio Turini (PPS).

Não votaram: Cantora Mara Lima (PSDB), Paranhos (PSC) e Ademar Traiano (PSDB).

Assim como o ex-governador Alvaro Dias (hoje no PSDB), cujo governo espancou os professores em 1988, Richa entrará para a história de forma negativa. Eu, como advogado, professor universitário, presidente da Associação dos Blogueiros e Ativistas Digitais do Paraná – ParanáBlogs e autor do Blog do Tarso, estava na Praça Nossa Senhora da Salete simplesmente para filmar as manifestações e acompanhar para verificar se os direitos fundamentais dos manifestantes seriam assegurador. Fui atingido por um estilhaço de uma bomba que, se tivesse acertado dois centímetros para o lado, teria me cegado. Foram centenas de feridos. Veja o vídeo com o início do Massacre, que mostra o exato momento em que fui atingido por estilhaços de uma bomba, que poderia ter me cegado se tivesse acertado dois centímetros para o lado. Clique aqui.

O vídeo de 50 minutos está aqui.

Blog do Tarso transmite ao vivo a Batalha da Assembleia na TV 15

Choque de Gestão. Foto de Leandro Taques

Choque de Gestão. Foto de Leandro Taques

Acompanhe agora as manifestações e votação na Assembleia Legislativa do Paraná do pacote que vai retirar dinheiro das aposentadorias dos professores públicos.

A transmissão é da Rede TV 15, do senador Roberto Requião (PMDB).

Clique aqui.

Imperdível: “Cara, foi excelente!” “Foi?”

Captura de Tela 2015-04-29 às 01.05.04

Ontem (28), o dia que vai ficar para a história do Paraná, em que a Polícia Militar agrediu professores em greve em Curitiba, também vai ficar na história por uma gafe.

No final de uma entrevista arranjada na TV Educativa do Paraná, chamada de e-Paraná, o jornalista Denian Couto falou para o governador Beto Richa, sem saber que estava ainda sendo gravado:

“- Cara, foi excelente!”

E o “patrão” logo respondeu em tom inseguro:

“- Foi?”

Veja o vídeo clicando aqui.

Isso demonstra o quanto é necessária uma democratização da mídia no Brasil, com mais TVs realmente públicas, e não chapa-brancas.

Como pode alguém que se diz jornalista se prestar a esse papel?