Filha de Chico Mendes votará em Dilma e não em Marina Silva

angela-mendes

Por Angela Mendes

Ok, alguns amigos me pediram uma posição sobre a candidatura da Marina e a menção que ela fez ao meu pai como sendo ele da “elite”.
Vamos lá, eu respeito e admiro muito a Marina pela sua trajetória de vida, pelo esforço pessoal com que venceu todas as dificuldades impostas à ela como o analfabetismo, doenças e toda espécie de discriminação, até pelo modo com que consegue envolver a todos com seu discurso ecologicamente correto e bem acabado, mas pra mim isso não basta pra governar um Brasil como o de hoje, tenho muitas dúvidas, de todos os tipos, Marina pra mim ainda é um enorme ponto de interrogação, pra começar: desistiu do PT (utopia do passado) quando poderia ter resistido como fazem hoje tantos PTistas históricos mesmo não tendo o mesmo espaço que a elite que tenta dominar o partido, não resistiu à pressão enquanto ministra quem me garante que vai resistir à pressões ainda mais forte se eleita presidente? Com tantas concessões feitas pela cúpula do PSB, aliás todas as concessões possíveis, penso eu que será que tramam as cabeças pensantes desse partido caso consigam eleger Marina? Terá ela realmente liberdade pra governar? Não sei, como será esse mandato em rede, apenas com os melhores? Quem são esses melhores e quais critérios serão utilizados pra escolha desses “melhores”? minhas dúvidas são pra Marina, mas minhas esperanças são pra companheira Dilma, que ela consiga, se eleita, continuar melhorando o Brasil, com uma política que tem problemas mas que não admite dúvidas.
Ah, quanto ao fato do Chico ser da elite, considero que foi apenas uma infeliz comparação, nem precisa de todo esse mimimi.

30 comentários sobre “Filha de Chico Mendes votará em Dilma e não em Marina Silva

  1. Ângela Mendes disse tudo ou quase tudo sobre Marina Silva. Foi muito sóbria, não quis comentar a infeliz referência de Marina Silva a seu pai, o mártir Chico Mendes que nunca foi devidamente referenciado o Brasil. As dúvidas dela, são as minhas certezas, suas alianças não me deixam enganar.

    Curtir

    • A clareza de seu raciocínio sobre a Marina fica invalidada quando ele a Dilma como capaz de solucionar os problemas do pais. Parece q não conhece a realidade do pais q vive e os malefícios do atual governo

      Curtir

      • Sim, ela é capaz! Mas não é sozinha que conseguirá, precisará de bons Deputados e Senadores, e nós precisamos elegê-los bem. Dilma deixou um pouco a desejar no seu governo em alguns pontos, mas com certeza tem plena capacidade de governar e melhorar nosso país por mais 4 anos. Coisa que nossa querida Marina, demonstra não ter, a começar pela sua falta de apoio inclusive no próprio PSB, falta de projetos claros, falta de quase tudo que um presidente precisa ter.

        Curtir

  2. É comum eleitores justificarem o voto em Marina Silva para presidente nas Eleições 2014 afirmando que ela representaria uma “nova forma de fazer política”. Abaixo, sete razões pelas quais essa afirmação não faz sentido:

    1. Marina Silva virou candidata fazendo uma aliança de ocasião. Marina abandonou o PT para ser candidata a presidente pelo PV. Desentendeu-se também com o novo partido e saiu para fundar a Rede — e ser novamente candidata a presidente. Não conseguiu apoio suficiente e, no último dia do prazo legal, com a ameaça de ficar de fora da eleição, filiou-se ao PSB. Os dois lados assumem que a aliança é puramente eleitoral e será desfeita assim que a Rede for criada. Ou seja: sua candidatura nasce de uma necessidade clara (ser candidata), sem base alguma em propostas ou ideologia. Velha política em estado puro.

    2. A chapa de Marina Silva está coligada com o que de mais atrasado existe na política. Em São Paulo, o PSB apoia a reeleição de Geraldo Alckmin, e é inclusive o partido de seu candidato a vice, Márcio França. No Paraná, apoia o também tucano Beto Richa, famoso por censurar blogs e pesquisas. A estratégia de “preservá-la” de tais palanques nada mais é do que isso, uma estratégia. Seu vice, seu partido, seus apoiadores próximos, seus financiadores e sua equipe estão a serviço de tais candidatos. Seu vice, Beto Albuquerque, aliás, é historicamente ligado ao agronegócio. Tudo normal, necessário até. Mas não é “nova política”.

    3. As escolhas econômicas de Marina Silva são ainda mais conservadoras que as de Aécio Neves. A campanha de Marina é a que defende de forma mais contundente a independência do Banco Central. Na prática, isso significa deixar na mão do mercado a função de regular a si próprio. Nesse modelo, a política econômica fica nas mãos dos banqueiros, e não com o governo eleito pela população. Nem Aécio Neves é tão contundente em seu neoliberalismo. Os mentores de sua política econômica (futuros ministros?) são dois nomes ligados a Fernando Henrique: Eduardo Giannetti da Fonseca e André Lara Rezende, ex-presidente do BNDES e um dos líderes da política de privatizações de FHC. Algum problema? Para quem gosta, nenhum. Não é, contudo, “uma nova forma de se fazer política”.

    4. O plano de governo de Marina Silva é feito por megaempresários bilionários. Sua coordenadora de programa de governo e principal arrecadadora de fundos é Maria Alice Setúbal, filha de Olavo Setúbal e acionista do Itaú. Outro parceiro antigo é Guilherme Leal. O sócio da Natura foi seu candidato a vice e um grande doador financeiro individual em 2010. A proximidade ainda mais explícita no debate da Band desta terça-feira. Para defendê-los, Marina chegou a comparar Neca, herdeira do maior banco do Brasil, com um lucro líquido de mais de R$ 9,3 bilhões no primeiro semestre, ao líder seringueiro Chico Mendes, que morreu pobre, assassinado com tiros de escopeta nos fundos de sua casa em Xapuri (AC) em dezembro de 1988. Devemos ter ojeriza dos muito ricos? Claro que não. Deixar o programa de governo a cargo de bilionários, contudo, não é exatamente algo inovador.

    5. Marina Silva tem posições conservadoras em relação a gays, drogas e aborto. O discurso ensaiado vem se sofisticando, mas é grande a coleção de vídeos e entrevistas da ex-senadora nas quais ela se alinha aos mais fundamentalistas dogmas evangélicos. Devota da Assembleia de Deus, Marina já colocou-se diversas vezes contra o casamento gay, contra o aborto mesmo nos casos definidos por lei, contra a pesquisa com células-tronco e contra qualquer flexibilização na legislação das drogas. Nesses temas, a sua posição é a mais conservadora dentre os três principais postulantes à Presidência.

    6. Marina Silva usa o marketing político convencional. Como qualquer candidato convencional, Marina tem uma estrutura robusta e profissionalizada de marketing. É defendida por uma assessoria de imprensa forte, age guiada por pesquisas qualitativas, ouve marqueteiros, publicitários e consultores de imagem. A grande diferença é que Marina usa sua equipe de marketing justamente para passar a imagem de não ter uma equipe de marketing.

    7. Marina Silva mente ao negar a política. A cada vez que nega qualquer um dos pontos descritos acima, a candidata falta com a verdade. Ou, de forma mais clara: ela mente. E faz isso diariamente, como boa parte dos políticos dos quais diz ser diferente.

    Há algum mal no uso de elementos da política tradicional? Nenhum. Dentro do atual sistema político, é assim que as coisas funcionam. E é bom para a democracia que pessoas com ideias diferentes conversem e cheguem a acordos sobre determinados pontos. Isso só vai mudar com uma reforma política para valer, algo que ainda não se sabe quando, como e se de fato será feita no Brasil.

    Aécio tem objetivos claros. Quer resgatar as bandeiras históricas do PSDB, fala em enxugamento do Estado, moralização da máquina pública, melhora da economia e o fim do que considera um assistencialismo com a população mais pobre. Dilma também faz política calcada em propósitos claros: manter e aprofundar o conjunto de medidas do governo petista que estão reduzindo a desigualdade social no País.

    Se você, entretanto, não gosta da plataforma de Dilma ou da de Aécio e quer fortalecer “uma nova forma de fazer política”, esqueça Marina e ouça Luciana Genro (PSOL) e Eduardo Jorge (PV) com mais atenção.

    De Marina Silva, espere tudo menos a tal “nova forma de fazer política”. Até agora a sua principal e quase que única proposta é negar o que faz diariamente: política.

    Lino Bocchini

    Curtir

    • A questão é que ninguém quer uma nova proposta…o pessoal primeiro quer se livrar de PT e PSDB…é o junho de 2013 renovando em out 2014, pensavam que a copa tinha apagado o ódio que o povo tá dos políticos e tudo que está aí, agora não adianta vir com tese, trata-se de um fenômeno, que irá acontecer, queiram ou não os analistas…agora, o que vai dar depois, aí é outra estória…mas se Lula mereceu uma chance, porque Marina não ?

      Curtir

      • De que adianta mudar o presidente se os deputados que serão eleitos serão os mesmo atuais ou de mesma índole destes?

        Curtir

      • Não há se comparar Marina a Lula. A aversão a Lula na primeira eleição foi orquestrada pela direita, através da mídia. Todos nos lembramos dos pronunciamentos de “economistas”, empresários, artistas e toda uma corja que confessou abandonar o Pais se Lula fosse eleito. Marina é um tiro no escuro. A história será outra muto torturante, eventual governo marina que quer governar com os melhores. Mas, quais os melhores? Os banqueiros, os grandes grupo financeiros e outros que tais? “o que vai dar depois, ai é outra estória” é muito arriscado!

        Curtir

    • Tudo isso é menor do que o Lula apertando a mão do Maluf pela eleição do Hadad. Vai se catar Juca! Tá desesperado!!!

      Curtir

    • JUBA, suas palavras são o retrato da Marina e da situação do País. Mas tem muita coisa mais que a Marina vai ter que explicar aos eleitores como por exemplo, se eleita qual o tratamento que o Itaú vai ter no seu governo? O Itaú tem uma multa de 18 Bilhões de reais para pagar à Receita Federal e aposta tudo na Marina para resolver o calote!

      Curtir

      • Sugiro que ela pergunte ao Lula e ao Dirceu, porque eles conhecem muito bem o pessoal da FEBRABAN! Até parece que o PT/Lula/Dilma nenhuma contribuição receberam – e depois retribuíram, claro! – dos bancos!
        Caso saiba, divulgue aqui os bancos que, não só doaram, como abarrotaram de dinheiro as últimas campanhas do PT. Ou vai dizer para mim que o PT não recebe agradinho das “zelites”?!

        Curtir

    • Entendo que quando ela afirmou que Chico Mendes era da elite, não foi uma infeliz colocação. Ela estava num debate político. Já que ela se pousa como defensora do meio ambiente, a luta de Chico Mendes era uma oportunidade impar para ela engrandecer o seu discurso. Mas, ela preferiu agradar a elite que a cerca, a do agronegócio, a dos banqueiros, a dos empresários. Então, preferiu prejudicar a verdadeira identidade de Chico Mendes para querer iludir os eleitores e, usando o nome dele, justificar as suas más companhia elitistas. Ela já deu muitos furos, tem se revelado uma traiçoeira de carteirinha. Se fosse só o furo com o PT, a gente até perdoaria, até porque a maioria que tem traído o PT tem sido prejudicada pela militância histórica do partido, que não perdoa os traidores. Mas ela traiu as CEBs, traiu o PV, onde queria se impor e pousar de estrela. O principal, traiu a sua origem, os minifundiários da agricultura familiar e sustentável. O errar é humano, mas perseverar no erro é burrice. Agora foi atrás dos Usineiros, justamente os latifundiários destruidores da natureza. Aqueles que conseguem títulos de propriedades rurais por meios fraudulentos, praticam a conhecida grilagem de terras, expulsam os pequenos proprietários e posseiros a balas, praticam o genocídio das tribos nativas. Confessou ser pessoa traidora, manipulada pela elite, traidora das suas origens. Deve ser responsabilizada legalmente pelo que afirmou, notoriamente, no debate. A memória de Chico Mendes deve ser preservada e não pode deixar passar em branco, porque foi ferida com as palavras dela, a Politiqueira, Marina. Portanto, afirmo que estou ao dispor da família dele para que a agressora seja responsabilizada legalmente pelo ato doloso que cometeu. Não simplesmente um simples equívoco ou ato falho, Ela agiu conscientemente até de forma premeditada. Salienta-se que ela não perguntada sobre Chico Mendes. Portanto, não houve provocação por parte dos debatedores. Ela agiu voluntariamente e tomou iniciativa própria.
      .

      Curtir

      • Uma só pergunta em debate!?! Não viu o debate na band? Acho que aconteceu exatamente o inverso! Uma só resposta dela “retirou o chão de Dilma e Aécio”

        “O problema do Brasil não é sua elite, mas a falta de elite. Não tenho preconceito contra a condição econômica e social de quem quer que seja. Quero combater essa visão de apartar o Brasil, de combater a elite. Essa visão tacanha de combater as pessoas com rótulo. Precisamos fazer o debate envolvendo ideias, empresários, trabalhadores, juventudes, empreendedores sociais. Com pessoas de bem de todos os setores, honestas e competentes.”

        Curtir

  3. É engraçado a forma como hoje e sempre falaram do ‘mártir’ que foi Chico Mendes. Quem o fez assim foi a própria imprensa, as grandes empresas e revolucionários fajutos da época. Pessoas que até hoje LUCRAM encima do nome desse xapuriense. Seus feitos devem ser reconhecidos, mas creio que ‘endeusar’ a pessoa de CM e daí colocar que sua filha não votará em Marina já é demais. Grandes coisas ela não votar em Marina. As gerações que sucederam a CM não tem a visão que ele tinha, nem sua família defende mais o que ele defendia. Marina sim, a gente sabe o que ela defende!! Qual a contribuição da filha de CM dentro do que realmente interessa nesse jogo político? Nenhuma! E o que importa é que Marina defende até hoje o que Chico defendia.

    Curtir

    • A Marina Silva defende hoje o que seus assessores lhe ditam e são todos do grupelho que assessorava FHC. Marina Silva é uma marionette muito espertinha, tão espertinha que o Edir Macedo quer distância dela.

      Curtir

      • Edir Macedo quer distância dela?!?! Que ótima notícia!!!
        E quanto a falar o que os assessores ditam, se eu não me engano, houve um corre-corre não palácio do alvorada para “municiar” – ou será treinar?! – a candidata Dilma para o debate. Engraçado, a regra do jogo só vale para uma das partes!!! Parece que está chegando o desespero…

        Curtir

  4. É engraçado a forma como hoje e sempre falaram do ‘mártir’ que foi Chico Mendes. Quem o fez assim foi a própria imprensa, as grandes empresas e revolucionários fajutos da época. Pessoas que até hoje LUCRAM encima do nome desse xapuriense. Seus feitos devem ser reconhecidos, mas creio que ‘endeusar’ a pessoa de CM e daí colocar que sua filha não votará em Marina já é demais. Grandes coisas ela não votar em Marina!. As gerações que sucederam a CM não tem a visão que ele tinha, nem sua família defende mais o que ele defendia. Marina sim, a gente sabe o que ela defende!! Qual a contribuição da filha de CM dentro do que realmente interessa nesse jogo político? Nenhuma! E o que importa é que Marina defende até hoje o que Chico defendia.

    Curtir

  5. É incrível como essa ficha do Chico Mendes é articulada. Qual será o grau de instrução dela? Foi ela que escrever a resposta à Marina ou algum ghost writer colocado ao seu dispor.

    Curtir

  6. Jesus nos ensinou: “Não vim derrogar as Leis, mas dar-lhes cumprimento”. Agora vem Marina querendo ser mais que Jesus,com suas idéias mirabolantes, que só se concretizarão mediante muitos milagres e dos grandes: em seu mundo utópico não existe “briga” de classes, portanto, em seu governo, indígenas, pequenos proprietários de terras, quilombolas, mineradores, garimpeiros, madeireiros,grileiros, usineiros e latifundiários do agro-negócio, os pobres, a classe média e a burguesia conseguirão muito bem viver em paz! Como, não sei…talvez derrogando as leis da evolução…aí todos vão se transformar da noite para o dia em anjos e deixarão de brigar por seus direitos! Outro milagre que terá de fazer: para escolher só gente boa para compor seu governo, todos terão de trazer, de nascença, uma estrela na testa, senão como saber quem é quem, não é mesmo? A não ser que seja paranormal e enxergue a aura de cada um, mas não é, e nem sua religião admite essas coisas. Para por em prática o que está prometendo, terá que passar por cima do Congresso e do Judiciário, convencendo-os de que suas pretensões são boas para o povo, embora firam a Constituição e sejam desfavoráveis aos interesses dos grandes empresários,como os do Itaú, do Santander, do Bradesco,da Natura,do Grupo Opportunity do Daniel Dantas, do Agro-negócio, etc, e, consequentemente, dos políticos eleitos por eles. Outro milagre que terá de fazer : o de evitar a recessão, o arrocho salarial, a inflação galopante, o desemprego em massa, a miséria, a fome, o aumento das desigualdades sociais, a revolta,as greves, as manifestações ,a volta do FMI, etc, ao querer abaixar os juros, dar independência ao BC,diminuir o número de ministérios, que poderiam ajudá-la a governar este nosso imenso e complicado rincão,diminuir a intervenção do Estado na Economia, virar as costas para o BRICS, o Mercossul, uma vez que, estando do lado do Tio Sam e dos magnatas, estará indubitavelmente contra aqueles. O fantasma da era Collor quer voltar através de Marina!!Socorro!!

    Curtir

  7. Angela Mendes com todo respeito que Marina merece, penso que não votará porque conhece bem quem é Marina, que a cada quatro anos navega em partidos diferentes em busca do poder e, ainda quer pousar de boa moça com a nova “política” que prega abertamente. Com certeza essa candidata não leva em conta sua própria trajetória política que desenhou ao longo dos anos. Ela quer o poder a qualquer custo, bem maquiavélica!!!!!
    Vamos votar 13.

    Curtir

  8. OS CANDIDATOS QUE AÍ ESTÃO, INFELIZMENTE ESTÁ MAS QUERENDO SE APARECER,É O CASO DO CANDIDATO DO PV,OS DEMAIS NÃO TÊM FORÇA POLÍTICA,ENTÃO RUIM POR RUIM SÓ SOBRA DILMA,SE NÃO QUISER VOTAR NELA,ANULA SEU VOTO É O QUE ESTOU PENSANDO FAZER,POIS SE ATINGIR 51% DOS VOTOS NULOS Á ELEIÇÃO É ANULADA E O TRE CONVOCARÁ NOVA ELEIÇÃO COM NOVOS NOMES,SÓ ASSIM QUE GENTE MANDA UM MONTE DESSES PICARETAS EMBORA,PENSE NESSA HIPÓTESE.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s