Governo Beto Richa privatizou os concursos públicos no Paraná e gerou caos

23 mai

Captura de Tela 2013-05-23 às 10.38.35

Por Tarso Cabral Violin – advogado, professor de Direito Administrativo e autor do Blog do Tarso

Durante a gestão do ex-governador e atual senador Roberto Requião (PMDB), entre 2003 e 2010, o Estado do Paraná contratava universidades públicas-estatais para a elaboração e aplicação dos concursos públicos na área de educação, como a Universidade Estadual de Londrina e Universidade Federal do Paraná.

Eis que o atual governo Beto Richa (PSDB) resolveu privatizar os concursos públicos no Estado e contratou a Pontifícia Universidade Católica do Paraná para organizar o concurso público para professores e pedagogos no presente ano.

O concurso ocorreu nesse domingo (19.05.2013) em 14 cidades do Paraná e foi um caos.

Dos 94 mil inscritos em todo o Paraná, apenas dos que realizariam a prova na sede da PUCPR em Curitiba, mais de 2 mil cidadãos tiveram problemas nas suas inscrições por causa de problema no sistema da internet.

Mas o problema não foi apenas esse. As reclamações dos professores que realizaram a prova são desde o conteúdo da prova, metodologia, desorganização e falta de estrutura no dia da prova, falta de informações, problemas no ensalamento, entre outros relatados ao APP-Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná e divulgados pela mídia.

A falta de informação ou informações desencontradas levaram centenas de candidatos a ficarem de fora dos prédios da PUCPR de Curitiba e não conseguiram realizar a prova. A manifestação desses atrapalhou os demais candidatos. Há cenas na TV que mostram até candidatos-professores sendo agredidos por seguranças da PUCPR (veja o vídeo, clique aqui).

Em face aos vícios no edital e na realização da prova, entendemos que é caso de nulidade do concurso público em tela, para que milhares de candidatos não sejam prejudicados.

Além disso a realização de processos administrativos, sejam eles licitações, processos administrativos disciplinares – PAD ou mesmo concursos públicos não podem ser terceirizados para a iniciativa privada. São atividades-fim do Estado indelegáveis, que devem ser realizadas por servidores públicos concursados.

Defendemos não apenas a educação pública, gratuita e universal, mas também que os concursos públicos sejam realizados por entidades públicas-estatais. Acreditamos que seja uma falácia o discurso neoliberal de que a iniciativa privada seja necessariamente eficiente e a Administração Pública e os servidores públicos obrigatoriamente ineficientes.

Vários exemplos concretos confirmam que o que falta à Administração Pública é a tão desejada profissionalização da função pública, sem uma política neoliberal-gerencial de precarização, como exige nossa Constituição Social e Democrática de Direito de 1988.

Anulação do concurso público e a realização de novo certame, a ser realizado por uma Universidade Pública e Estatal. É o que desejamos!

About these ads

8 Respostas para “Governo Beto Richa privatizou os concursos públicos no Paraná e gerou caos”

  1. Val Frei 23/05/2013 às 16:59 #

    Muito curioso que não se fale nada sobre os órgãos “públicos” que elaboram essas provas… pois em sua maioria são Fundações- “A entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado,
    sem fins lucrativos, criada em virtude de autorização legislativa,
    para o desenvolvimento de atividades que não exijam execução
    por órgãos ou entidades de direito público, com autonomia
    administrativa, patrimônio próprio gerido pelos respectivos
    órgãos de direção e funcionamento custeado por recursos da
    União e de outras fontes”
    “A mão privada no Estado, hipocrisia pouca é bobagem…”

    • Tarso Cabral Violin 23/05/2013 às 17:03 #

      Sou contrário às fundações privadas de apoio às universidades

    • Gabriel M. Ferreira 23/05/2013 às 20:41 #

      Há um equívoco histórico neste post. Favor corrigi-lo.

      Governo Richa começou em 1 de janeiro de 2011.

      Concurso de 2009 da COPEL (pública) foi feito pela FAE (privada, faculdade particular), este concurso foi cancelado por erros (notícia neste link http://editalconcurso.blogspot.com.br/2009/11/concurso-da-copel-realizado-pela-fae-e.html).

      O concurso então foi refeito pela PUC-PR em 2010 (também privada).

      Tudo isso no período do Governador Requião.

    • ELOANA 24/05/2013 às 11:02 #

      FAÇO DE SUAS PALAVRAS A MINHA .. SE O BETO RICHA PRECISAR DE VOTOS DE PROFESSORES PARA SE ELEGER .. COITADO…. TA PERDIDO.. .. ESSE CONCURSO DEVE SER CANCELADISSIMOOOOO… SE TIVESSE SIDO BEM ELABORADO.. NÃO TERIA TANTAS QUESTÃO PARA ENTRARMOS COM RECURSO

  2. Marco Lane 26/05/2013 às 9:54 #

    Durante a gestão do ex-governador e atual senador Roberto Requião (PMDB), entre 2003 e 2010, o Estado do Paraná contratava universidades públicas-estatais para a elaboração e aplicação dos concursos públicos na área de educação, como a Universidade Estadual de Londrina e Universidade Federal do Paraná.

  3. Elvis Santos da Rocha 17/07/2013 às 9:46 #

    Vejam bem quem foi bem no concurso não quer anulação do concurso, pois não vi nada de anormal no edital, porque já fiz mais de 50 provas entre vestibular para cursos técnicos no interior de São Paulo, concursos públicos Municipais, Estaduais e Federais, ENEM, fui várias vezes agraciado entre colocações e premiado, com bolsa, várias fundações públicas ou particulares, o edital estava claro, e todos os meus dados estavam corretíssimos, nada a reclamar.
    Nesta vida de concursos aprendi a estudar não só a matéria do edital e sim o conteúdo do edital que é primordial…

Trackbacks/Pingbacks

  1. Professor Luís Roberto Barroso, um ministro de esquerda no STF | SCOMBROS - 23/05/2013

    […] Governo Beto Richa privatizou os concursos públicos no Paraná e gerou caos […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.873 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: